O Que Se Entende Por Relacao Juridica E Quais Sao Os Seus Elementos Trabalhos Escolares e Acadêmicos Prontos

  • Estudante

    respostas das referidas questões devem estar baseadas no livro texto em tela, nos textos complementares e nas aulas ministradas.   1. O que você entende por teoria? Comentar, exemplificar e explicar sua importância. 2. O que é Direito? Comentar e exemplificar.  3. Qual a importância da Constituição...

      871 Palavras | 4 Páginas  

  • Fontes do direito

    Centro de ciências jurídicas e sociais – CCJS Curso de direito Período: 1º Turno: Matutino Disciplina: Introdução ao Direito ATIVIDADE CURRICULAR SOBRE FONTES DO DIREITO. 1: O que se entende por relação jurídica e quais são os seus elementos? R: Relação Jurídica vem a ser o vinculo...

      2770 Palavras | 12 Páginas  

  • Direito trabalhista

    Art.1- Quais os elementos fundamentais, obrigatórios, para a caracterização de empregado?Quais os elementos acidentais ou facultativos?Os fundamentos são: pessoalidade, subordinação, onerosidade e permanência. Pessoalidade: decorre da subordinação, a prestação de trabalho é intuitu personae, o CT é firmado...

      2810 Palavras | 12 Páginas  

  • questionario de civil

    2. O que se entende por “direito subjetivo”? R: Direito subjetivo, é a faculdade individual de agir de acordo com o direito objetivo. Consiste numa relação jurídica que se estabelece entre um sujeito ativo (titular desse direito) e um sujeito passivo, ou vários sujeitos passivos, que são responsáveis...

      3051 Palavras | 13 Páginas  

  • Habermas

    RESUMO TRABALHO TRAVESSONI- HABERMAS DIREITO E DEMOCRACIA- ENTRE FATICIDADE E VALIDADE Habermas busca a reconstrução da autocompreensão das ordens jurídicas modernas. Com os conceitos da teoria do discurso, Habermas toma os direitos humanos e a soberania popular como as duas fontes de legitimação do direito...

      2741 Palavras | 11 Páginas  

  • Direito

     8. A Ordem Jurídica A ordem jurídica se nos apresenta, em um primeiro momento, como o direito positivo, mais especificamente, a lei posta com vistas ao bem comum. Sendo assim, estudar-se-á neste tópico a norma jurídica e as relações jurídicas. 8.1. Norma Jurídica Este estudo visa entender...

      1903 Palavras | 8 Páginas  

  • Subordinação Juridica

    obtinham proteção além de bens de consumo. Por sua vez, já na Idade Moderna, o empregado, ainda que subordinado ao empregador, suas relações de trabalho são influenciadas pelos ideais de liberdade e igualdade, que serviram como base para a Revolução francesa,ao proclamar a igualdade de todo o povo e, por...

      9610 Palavras | 39 Páginas  

  • |Módulo incidência

    proprietário, titular do domínio útil ou possuidor de bem imóvel. | |- Critério espacial: na zona urbana do município de São José dos Cedros. | |- Critério temporal: em 1º de janeiro de cada ano. ...

      2355 Palavras | 10 Páginas  

  • Introdução ao direito

    1. O que se entende por Fontes do Direito? “Fontes do direito” é uma expressão figurada ou, se quisermos, um caso de analogia metafórica. Em sentido próprio, “fonte” é o ponto em que surge um veio de água. É o lugar em que ele passa do subsolo à superfície, do invisível ao visível. De certa forma...

      4053 Palavras | 17 Páginas  

  • questoes tge

    constituído e que funciona de acordo com ordem normativa própria. Daí, diz Kelsen, "o Estado é a comunidade criada por uma ordem jurídica nacional" (em contraposição a uma ordem jurídica internacional). Finalmente, Estado designa uma forma complexa e organizada de sociedade civil, a sociedade política. 99)...

      4424 Palavras | 18 Páginas  

  • Direito

     O que se entende por sociedade? Pode se considerar como uma sociedade um conjunto qualquer de pessoas, ainda que numeroso? Quais os elementos necessários para que um grupo de pessoas possa ser reconhecido como sociedade? Que correntes de pensamento procuraram conceituar sociedade? Que correntes...

      775 Palavras | 4 Páginas  

  • O que é relação jurídica?

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO FACULDADE DE DIREITO DIREITO CIVIL I O QUE É RELAÇÃO JURÍDICA? Cuiabá-MT 2014 INTRODUÇÃO Neste trabalho, buscamos definir o conceito de relação jurídica através de seus requisitos básicos, usando sempre que possível o método da exemplificação. ...

      1889 Palavras | 8 Páginas  

  • Resumo direito do consumidor

    Lei n° 78, 22 e 23 de 10/2/78 – Proteção ao crédito e as cláusulas abusivas. Finalidade do Direito do consumidor: - Vulnerabilidade (fática; jurídica e técnica) Código brasileiro de direito do consumidor (Lei n° 8078/90) - Origem constitucional (art. 5°, XXXII, art. 170, V e ADCT art. 48). -...

      1462 Palavras | 6 Páginas  

  • Teoria do Ordenamento Jurídico

    FILOSOFIA DO DIREITO São Paulo 2008 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA PUC-SP GISELE MASCARELLI SALGADO SANÇÃO NA TEORIA DO DIREITO DE NORBERTO BOBBIO DOUTORADO EM FILOSOFIA DO DIREITO Tese apresentada à Banca Examinadora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, como exigência...

      112507 Palavras | 451 Páginas  

  • DIREITO

    possuidor de bem imóvel. - Critério espacial: na zona urbana do município de São José dos Cedros. - Critério temporal: em 1º de janeiro de cada ano. Consequente: - Critério Pessoal Sujeito Ativo: Fazenda Municipal de São José dos Cedros. Sujeito Passivo: proprietário de imóvel, titular do domínio...

      2676 Palavras | 11 Páginas  

  • CONSUMIDOR

    Explicações sobre a relação jurídica de consumo Na relação jurídica de consumo, temos três elementos básicos para que ela exista. São eles o consumidor, o sujeito ativo; fornecedor, que é o sujeito passivo e o objeto em questão, este pode ser o fornecimento de um produto ou a prestação de um...

      644 Palavras | 3 Páginas  

  • Direito

    extinguir uma relação jurídica? 2. O consiste uma relação jurídica? 3. Quando uma relação social será considerada jurídica? 4. Quais são os elementos constitutivos da relação jurídica? 5. Quem pode ser sujeito da relação jurídica? 6. Qual o conteúdo da norma jurídica? 7. O legislador...

      872 Palavras | 4 Páginas  

  • TGP resumo

    “ação” é uma palavra equívoca, ou seja, possui mais de um significado. Em que pese haver divergências quanto ao seu conceito, e principalmente em relação às conseqüências da teoria da ação adotada pelo Código de Processo Civil, que analisaremos abaixo, pode-se definir ação, de acordo com as lições da...

      4167 Palavras | 17 Páginas  

  • Questionario

    QUESTIONARIO DIREITO 1-O que você entende por Responsabilidade Civil? R: É um dever de reparação econômica em virtude de uma conduta normalmente ilícita ( contra a lei),que causa prejuízos a alguém. 2- A Responsabilidade Civil é embargada em duas teorias, quais são? R: Teoria de culpa e a Teoria de...

      871 Palavras | 4 Páginas  

  • Liberdade de imprensa

    acontecimento de origem natural ou humana que gere conseqüências  jurídicas. Ao lado da norma e do valor, o fato é elemento constitutivo do próprio direito. "O fato jurídico, estribado no direito objetivo, dá azo a que se crie a relação jurídica, que submete certo objeto ao poder de determinado sujeito....

      1034 Palavras | 5 Páginas  

tracking img