• o brincar na educação infantil
    educação infantil e o trabalho fundamentado nas crianças com o brincar proporciona o desenvolvimento e aprendizagem. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BOMTEMPO, Edda. Brincar, fantasiar, criar e aprender. In: OLIVEIRA, Vera B. (Org.). O brincar e a criança do nascimento aos seis anos. 7. ed. Petrópolis...
    4161 Palavras 17 Páginas
  • Educação
    . Uma criança é criança porque brinca. Se não consegue brincar, não está bem; se seus pais não a deixam brincar, eles também não estão bem.Se o brincar é pobre de imaginação ou fixo em algum objeto, a criança não está conseguindo fantasiar a partir de suas necessidades de elaboração e, ainda nesse...
    2099 Palavras 9 Páginas
  • O brincar no desenvolvimento da aprendizagem
    ; latas secas e limpas; garrafa plástica; pedaço de pano etc. Todo e qualquer material cria para a criança uma possibilidade de fantasiar e brincar. • É interessante que o professor providencie para que as crianças tenham espaço para brincar (área livre), e que possam mexer no mobiliário, montar...
    5286 Palavras 22 Páginas
  • Projeto de pesquisa
    partir deste contexto surge o interesse em compreender como as brincadeiras auxiliam na aprendizagem e desenvolvimento cognitivo de crianças da Educação Infantil, pois o brincar é comunicação e expressão, é agir, entreter-se, elaborar teorias, criar, fantasiar, inventar, explorar, construir, sentir...
    2126 Palavras 9 Páginas
  • Jogos na educação
    , o fantasiar e o criar, que é reproduzido no seu cotidiano através do brincar. Em suas brincadeiras eles refletem seus desejos e sua realidade, o que facilita o processo de aprendizagem da criança, pois facilita a construção da reflexão, da autonomia e da criatividade, possibilitando uma relação...
    4047 Palavras 17 Páginas
  • Pedagogia
    infantil, para isso o professor deve oferecer materiais dos mais simples aos mais complexos, podendo estes brinquedos ou jogos serem fabricados ou serem brinquedos e jogos confeccionados com material reciclado. Todo e qualquer material cria para a criança uma possibilidade de fantasiar e brincar...
    11479 Palavras 46 Páginas
  • Ludicidade
    , compreendidas. Brincando de casinha, de medico, de escolinha, de roda, de amarelinha, de bolinhas de gude ou de pião, a criança se relaciona com seus companheiros, e com eles, num movimento partilhado, dá sentido ás coisas da vida. O Brincar é sem duvida, uma forma de aprender, mas vai muito além. Brincar...
    5098 Palavras 21 Páginas
  • Brincar: a organização do espaço no desenvolvimento da criança
    desenvolvimento da aprendizagem e que valoriza o desejo de aprender, tendo a criança como um ser integral. Para Winnicott (ANO) o brincar é um ato universal e próprio da saúde infantil. Já Piaget vai mais além, dentre seus estudos relacionados ao desenvolvimento da aprendizagem um se destaca, a Zona...
    1934 Palavras 8 Páginas
  • Projeto em libras
    permitiram-nos observar que o ato de brincar espontâneo proporciona a manipulação de materiais, a imaginação, a exploração de circunstâncias vividas ou imaginadas, onde a criança torna-se capaz de não só imitar a vida como também de transformar e aprender a lidar com o mundo, formando assim sua...
    5460 Palavras 22 Páginas
  • O brincar faz parte da infância
    ) alerta que sobre a importância do afeto “a sua importância é primordial, pois considera o alimento afetivo tão imprescindível, como os nutrientes orgânicos”. Ultrapassando as emoções e sentimentos, o aspecto afetivo proporciona ao impulso que a criança almeja aprender, buscando novos conhecimentos...
    6445 Palavras 26 Páginas
  • Aprender Brincando: O Lúdico nas séries iniciais.
    criar e de divertir. Prazer em explorar, extravasar, relacionar-se consigo e com o outro. Essas são apenas algumas contribuições da relação existente entre o humano, o brincar e o criar. 3 CONSIDERAÇÕES FINAIS Toda a Pesquisa realizada acerca do Aprender Brincando: o lúdico nas...
    3945 Palavras 16 Páginas
  • Professores
    instrumentos ou símbolos para representar o que está ausente, ela passa do simples ato repetição para atribuição de significados á suas ações, a partir da imitação, a criança assimila a realidade é onde começam a brincar de faz de conta, são capazes de fantasiar e criar buscando assimilar a realidade da...
    3572 Palavras 15 Páginas
  • Tcc Pedagogia
    , com um irmão ou um vizinho, com outras crianças, em grupos pequenos ou mais numerosos, brincar é a atividade própria da infância. É através do jogo e da brincadeiras que ela vai aprender quais são as regras que regulam as relações entre as pessoas do seu grupo, o papel que casa uma desempenha De...
    5474 Palavras 22 Páginas
  • Ludicidade em ação: uma necessidade na educação física escolar.
    Pedagogia (UCDB), Licenciada em Educação Física (UFMS), Docente do Curso de Educação Física (UCDB) Professora orientadora RESUMO O brincar é a forma mais livre da criança alcançar o lúdico, pois a criança inventa, cria e utiliza gestos que antes não tinha vivenciado ainda, então é uma maneira...
    4627 Palavras 19 Páginas
  • Apostila de educação infantil
    . Entretanto observa-se que ao proporem, os professores se vêem diante dos ditames institucionais e acabam desenvolvendo suas práticas educativas, brincadeiras pautadas na expectativa de brincar para aprender conteúdos escolares, ou seja, estes não consideram a capacidade criadora das crianças durante...
    5763 Palavras 24 Páginas
  • Ludicidade e Infancia
    intelectual de todo o ser humano. No brincar temos a oportunidade de assimilar os diversos espaços: trabalho, aprender, brincar, fantasiar... ALVES, Rubem nos relata em um de seus livros que o “Professor bom é aquele que transforma matéria em brinquedo e seduz o aluno brincar. Depois de seduzido...
    7970 Palavras 32 Páginas
  • O lúdico e a aprendizagem
    : pedaço de madeira; papel; folha seca; tampa de garrafa; latas secas e limpas; garrafa plástica; pedaço de pano etc. Todo e qualquer material cria para a criança uma possibilidade de fantasiar e brincar.       2.1 - BRINCAR É IMPORTANTE ... POR QUÊ? Para a professora CUNHA (1994...
    7091 Palavras 29 Páginas
  • O LÚDICO: INVESTIGANDO A LUDICIDADE PARA O GOSTO DA LITERATURA INFANTIL
    aspectos: o primeiro deles é o prazer de brincar livremente, o segundo o de poder fantasiar, viver e criar um mundo imaginário, utilizando o lúdico como método de brincar. O lúdico é reconhecido como elemento essencial para o desenvolvimento de várias habilidades, em especial a percepção da criança...
    14342 Palavras 58 Páginas
  • O jogo como recurso pedagógico
    ; folha seca; tampa de garrafa; latas secas e limpas; garrafa plástica; pedaço de pano etc. Todo e qualquer material cria para a criança uma possibilidade de fantasiar e brincar. EXEMPLOS: * Jogo da memória; * Bingo; * Pescaria; * Quebra- cabeça; * Pega- pega...
    2861 Palavras 12 Páginas
  • Relatório de Estágio
    ".  Compartilhando da opinião acima, a brinquedoteca é um espaço preparado para estimular a criança a brincar, possibilitando o acesso a uma grande variedade de brinquedos, dentro de um ambiente apropriado e especialmente lúdico. É um lugar onde tudo convida a explorar, a sentir, a experimentar e a fantasiar...
    2646 Palavras 11 Páginas