Estudo de caso: americanas.com

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1069 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Estudo de Caso: Americanas.com
Multa ao site Americanas por atrasos pode chegar a R$ 3 milhões
Segundo o órgão, site pode chegar a ter vendas suspensas no País caso não solucione problemas com atrasos nas entregas
Luis Ushirobira/EXAME.com
Centro de distribuição da B2W em São Paulo: problemas com os dois pilares do negócio —logística e tecnologia
São Paulo ‐ O site de comércio eletrônicoAmericanas.com poderá receber, em última instância, uma multa de até R$ 3 milhões ou ter suas vendas suspensas no País caso não solucione os problemas com atrasos nas entregas, disse Juliana Pereira, diretora do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), órgão ligado ao Ministério da Justiça. Segundo ela, o portal de vendas, pertencente a B2W, tem dez dias corridos, a partir dorecebimento da notificação enviada nesta quinta‐feira pelo departamento, para prestar esclarecimentos sobre os atrasos. "Se os esclarecimentos não forem suficientes, abriremos um processo administrativo no DPDC. A empresa está sujeita a várias sanções, conforme o código de defesa do consumidor, que vão da suspensão das vendas do site no País à multa em até R$ 3 milhões", afirmou. Juliana evitou, porém, darprazos para a decisão de um eventual processo no DPDC: "A notificação é realizada no contexto de uma averiguação preliminar, inaugurada com esta notificação. Vamos aguardar a resposta antes de instaurar o processo", explicou.

.

A notificação do departamento solicita à empresa informações sobre a quantidade de entregas não realizadas nos últimos dois meses, detalhadas por Estados, e o tempomédio de espera entre a compra e a entrega dos produtos. "Se o Tribunal de Justiça (do RJ) tomou a decisão de suspensão das vendas, nós queremos explicações para averiguar se os problemas existentes no Rio de Janeiro se repetem em outros Estados", disse. "O comércio eletrônico cresce, o que é coerente com as novas tecnologias, mas não pode ferir os direitos do consumidor."
O Tribunal de Justiçado Rio de Janeiro (TJRJ) determinou no início deste mês o bloqueio de R$ 860 mil das contas bancárias da Americanas.com, a pedido do Ministério Público do Estado. A decisão, publicada no Diário Oficial do Rio de Janeiro dia 7 de junho, foi tomada depois que o órgão apresentou novos documentos que denunciavam o descumprimento, por parte da loja virtual, de uma liminar que suspendia as vendas paraos consumidores do Estado do Rio até que fossem regularizadas as entregas em atraso. Segundo a assessoria de imprensa do TJRJ, a B2W ainda está dentro do prazo para solicitação de recurso desta decisão. Até o momento, a empresa não se pronunciou sobre o assunto.
Na avaliação da analista de consumo da Ativa Corretora, Júlia Monteiro, estes processos evidenciam que existem erros de planejamento,associados a gargalos operacionais que não devem ser solucionados no curto prazo. "O impacto no resultado geral da empresa é diminuto, contudo ressaltamos a deterioração da marca relacionada a uma crise no atendimento e no pós‐venda." Segundo ela, estes problemas podem resultar numa perda de participação de mercado da empresa, que está inserida num setor extremamente competitivo.Fonte:http://exame.abril.com.br/negocios/empresas/noticias/multa‐ao‐site‐americanas‐poratrasos‐ pode‐chegar‐a‐r‐3‐milhoes
Procon de Maringá multa Americanas.com
19 JUNHO 2011 5 PITACOS

No mês passado, o Procon de Maringá multou a loja onlineAmericanas.com em R$ 2.433,24 por ter vendido a um consumidor maringaense um televisor de 42 polegadas, em dezembro de 2010, e não ter entregue o produto no prazo combinado.O consumidor chegou a cancelar a compra, mas o dinheiro não foi devolvido até hoje, passados mais de seis meses do negócio. O site recorreu da multa. A loja virtual vem tendo problemas em todo o país, e recentemente no Rio de janeiro a desembargadora Helda Lima Meirelles, da 5º Vara Cível do Tribunal de Justiça, decidiu aumentar a multa aplicada à loja online: o valor da punição saltou de 20...
tracking img