Cbc- um caso de sucesso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1071 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2010
Ler documento completo
Amostra do texto
CASO CBC – COMPANHIA BRASILEIRA DE CONFECÇÕES
Fonte: NORONHA, José Maria. Administrador, Professor da UNESA.

Em 1974, Cláudio Barros, gerente de uma das mais conceituadas lojas de modas da capital, demitiu-se do cargo para associar-se a Marcel, imigrante francês recém chegado ao país, que trazia uma grande experiência da indústria parisiense de confecções, conhecendo profundamente todas asfases técnicas desta indústria, desde a modelagem, corte, costura, até a passadoria. Com os limitados recursos que ambos dispunham, montaram uma pequena oficina de confecções, que logo evoluiu para a produção em série. Cláudio encarregava-se das funções comerciais e administrativas da modesta indústria, enquanto Marcel incumbia-se de todos os problemas da produção. Artesão por vocação, Marcel tinhagrande aptidão para a mecânica, a ponto de inovar adaptações especiais que permitiam mais produtividade das máquinas e equipamentos existentes na indústria. O mercado consumia rapidamente toda a produção, deixando-lhes lucros compensadores. A empresa florescia. O tino administrativo e comercial de Cláudio, aliado ao tirocínio técnico de Marcel, haviam constituído uma feliz complementação. EnquantoCláudio revelava-se um líder autoconfiante e bastante sagaz, Marcel vivia completamente absorvido pela indústria, adquirindo novas máquinas, adaptando outras, estudando processos e operações, com o objetivo de baixar os custos e aumentar a capacidade de produção. Tinha, entretanto, pavor à burocracia, à rotina administrativa e a tratar de conflitos surgidos nas relações de trabalho. Em poucosanos a empresa transformou-se numa das maiores indústrias de confecções do país, empregando quase 500 pessoas, e distribuindo os seus produtos por todo o território nacional. Em 1978, a empresa transformou-se em sociedade anônima, com a denominação social de CBC - Companhia Brasileira de Confecções. Cinco cargos de diretoria foram oferecidos aos funcionários que mais se destacaram - notadamente pelafidelidade - sendo-lhes concedida, ainda, a oportunidade de participar no capital da empresa como pequenos acionistas. E foi assim que um modelista, um vendedor, dois contadores e um bacharel em Direito foram guinados à direção, nos cargos de, respectivamente, Diretor Técnico, Diretor Comercial, Diretor Industrial, Diretor Financeiro e Diretor Administrativo. Completavam a diretoria, Cláudio comoDiretor Presidente e Marcel como Diretor Superintendente. A situação econômico-financeira da empresa era bastante sólida. Possuía uma fábrica nova, em prédio próprio, e grande reputação junto a fornecedores e estabelecimentos de crédito, além de excelente receptividade por parte dos lojistas e consumidores. A situação pessoal dos sócios majoritários era, também, bastante próspera.

As relaçõesentre os Diretores eram amigáveis e cordiais com todos, seguindo as orientações do Diretor Presidente. A equipe dirigente, constituída pelos sete diretores, era "a família CBC". A palavra final era emitida pelo Diretor Presidente, o líder inconteste. Cláudio não encorajava os seus colegas de diretoria a cultivar a arte de analisar alternativas e tomar decisões. Cabia exclusivamente a ele a tomadade decisões; aos demais, cabia executá-las fielmente. A empresa crescia no espaço e avançava no tempo. Os dirigentes e sua empresa sentiam-se igualmente eternizados. Nunca houve qualquer preocupação séria pela sucessão, quer no nível de presidência, quer nos demais níveis diretivos. Justifica-se: o presente exigia dedicação total, o futuro acenava com mais programas de expansão. Nessascircunstâncias, seria inoportuno cogitar-se de planos de aposentadoria ou sequer admitir a hipótese de que a fatalidade pudesse ceifar vidas no quadro diretivo da CBC. Ninguém poderia prever que "a família CBC” não fosse perpetuar-se através dos tempos. A vitalidade, a combatividade e o arrojo dos diretores aí estavam para atestar sua perenidade. Enfim, a Empresa ia de vento em popa e todos estavam muito...
tracking img