A luta pelo direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2691 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
“A Luta pelo Direito”. Rudolf Von Ihering
1 “O fim do direito é a paz, o meio que se serve para consegui-la é a luta. Enquanto o direito estiver sujeito as ameaças da injustiça-e isso perdurará enquanto o mundo for mundo ele não poderá prescindir da luta. A vida do direito é a luta: luta dos povos, dos governos, das classes sociais, dos indivíduos”.
Ihering logo nos expõe a idéia de seupensamento principal, penso que este parágrafo em si seria necessário para compreendermos a essência do pensamento do autor, é uma síntese da obra ou quem sabe até a sua fonte, o que importa é o poder da introdução que está nos insere de forma dialética ao opúsculo, nos indagando a importância da luta pelo direito, para a paz e para conosco na sua forma prática, o direito não é uma simples idéia, éuma força viva, um trabalho árduo, sem tréguas.
A paz sem luta e o gozo sem trabalho são utopias de um paraíso que reina em tempos de paz entre as nações, são apenas aparências. Concordo com o autor, pois estes elementos só se conseguem com luta e trabalho, há uma necessidade prática para chegarmos a nossos objetivos sociais e pessoais.
A história do direito é imbuída de lutas, e conflitossangrentos, as renovações das idéias do direito são sempre um movimento difícil, de um lado o direito histórico e de outro o direito da renovação, rejuvenescido, é sempre um processo árduo impor novas idéias perante o tradicional, o costume, defendidos pela escola de Savigny. Penso que a evolução do direito é sempre penosa de lutas e sangue, mas se faz necessária, já que tantas injustiças anteslegitimadas pelos Estados já foram extintas, como a escravidão, o despotismo cruel, o povo deve lutar pela igualdade e liberdade, não somente pelo direito, mas pelo econômico e social se ferirem os direitos humanos, com mesmo fervor.
A luta da qual falamos é de essencial importância para criar vínculos com o cidadão de algo valioso para com estes, pois custaram dispêndios como vidas e longasjornadas em busca do objetivo, o que cria um ato de cuidado e amor a esta conquista que agora os é incumbida a zelo. Acredito que neste país levamos muito pouco em conta as conquistas do passado, devemos manter viva essa chama reiteradamente para concomitantemente reacender o espírito de luta pelos nossos direitos tendo como norte à justiça, e o objetivo de uma nação melhor.
2 O direitoobjetivo e o subjetivo produzem lutas de maior ou menor expressão, como as internacionais e as privadas, ambas de mesma importância ao direito em sentido de luta. O direito privado no processo civil chegará ao ponto crucial do direto subjetivo do titular, e suas ações e interesses que o colocam numa indagação de defender a paz e privar do direito ou defender o direito em favor da paz, deve-se pesar odispêndio no processo e o valor do objeto, parece matemática fácil mais devemos levar em conta um fator determinante que é o valor moral, do objeto julgado. O individuo vê cegamente a necessidade de recuperar bem inestimável, a sua dignidade, ele não luta pelo valor material, mas sim pelo valor moral em si, a afirmação da sua própria pessoa e o sentimento de justiça, uma questão de caráter, quepenso estar exercendo seu valor mais fecundo e correto de direito, pois o caráter, a moral não tem preço, não se compram, se defendem e se resguardam, já que a violação imbuída de omissão equivale ao suicídio interior.
Acontece que há também pessoas que preferem se omitir do seu direito subjetivo.E expresso minha opinião de desprezo a esta atitude, de submissão a injustiça e renuncia moral de suapersonalidade, ou seja, concordo fielmente(e não teria como não concordar) com Ihering, mas devemos levar em conta fatores externos como ameaças a família, ou a pessoa de ameaças violentas fisicamente que impedem a luta pelo seu direito, nestes casos isento de repudio estes indivíduos, pois não podemos ser tão radicais em casos de risco de vida, salvo estes casos o pensamento da Ihering é regra....
tracking img