Envolvimento emocional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (252 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA – UNOESC













O ENVOLVIMENTO EMOCIONAL PARA A EQUIPE DE ENFERMAGEM: Realidade ou Mito?O referido artigo tem como objetivo analisar o que os profissionais de enfermagem pensam a respeito do envolvimento emocional com o paciente. A enfermagem é aequipe de saúde que mais presta assistência ao pacientes internados, pois é a que mais permanece em contato com o mesmo.
A relação enfermeiro-paciente se faznecessária para se obter confiança e vínculo, e de acordo com TRAVELBEE (1979), o profissional necessita se envolver emocionalmente se deseja estabelecer uma relação com o pacienteou qualquer outro ser humano. E também STEFNELLI (1982) diz que o envolvimento emocional é um aspecto vital na relação terapêutica.
Apesar de o envolvimentoemocional ser “considerado” uma condição básica para estabelecer uma relação, na enfermagem existe uma política do não envolvimento.
Se o profissional de enfermagem gerarum envolvimento emocional com o paciente, isso pode acarretar em vários prejuízos tanto para o paciente quanto para o profissional, por exemplo, pode-se dar mais atençãopara um único paciente, o que irá atrapalhar o desenvolvimento do trabalho da enfermagem, e oferecendo mais dedicação a esse paciente, dependendo do estado dele, pode afetar oestado emocional do profissional também.
Conclui se que o enfermeiro, ou profissional de enfermagem, deve possuir uma relação com o paciente, porém com limites.Sendo assim não se recomenda envolver emocionalmente com o paciente, pois quanto mais envolvido menos profissional será e mais destrutivo será o crescimento do profissional.
tracking img