5 Fases do luto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1431 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Levando em consideração que a velhice é uma questão biológica, social, existencial e principalmente cultural, podemos entender que o processo de envelhecimento é marcado pelos diferentes modos em que se pode encarar esta experiência, algumas pessoas envelhecem mais rápido do que os outros e nem todas as pessoas vivem este mesmo processo e uma mesma forma, pois o envelhecimento está ligado àscondições materiais e simbólicas que vão identificar cada indivíduo na sociedade.
Esta representação social de velhice no contexto da sociedade contemporânea mostra como essa construção especifica própria da modernidade acarreta a elaboração da diferença entre os momentos do ciclo de vida (infância, juventude e velhice) são etapas singulares de uma mesma trajetória de vida como uma etapa da queimplica uma diversidade de sentidos e significados culturais, decorrentes das particularidades dos contextos sociais em que os indivíduos estão inseridos. A afirmação social que decorre dessa realização recoloca novamente a questão da convivência, sejam em clubes, praças, ou nos conhecidos “programas para terceira idade”, que organizam o consumo de serviços e equipamentos a grupos cada vez maisnumerosos.

Ao colocarmos esta condição social em relação ao documentário “Umas velhices”, identificaram as diferentes formas como cada idoso presente no filme encarou esta experiência. Esta elaboração que estes indivíduos possuem de sua velhice será influenciada por suas vivências anteriores na juventude, por exemplo, e estas lembranças ficam mais fortes nesta fase de sua vida, relembrarquem ele foi, o que fez e como fez, faz com que no fundo revivam, mesmo que na memória, estes momentos em que puderam ser muito mais do que podem ser hoje, pelo fator do corpo principalmente e de como era o tempo “antigamente”. Ao mesmo tempo em que relembrar o passado os fazem reviver também os fazem pensar em como vão viver de agora em diante, já que as condições não são mais mesmas, muitos passama vida inteira planejando algo grandioso que o fará quando envelhecer e quando se dá por conta que este tempo se foi, as frustrações podem começar a partir daí, e também de outros pontos em como vivenciar o luto de seu corpo, mente e família.










Luto


“O trabalho de luto consiste, assim, num desinvestimento de um objeto, ao qual é mais difícil renunciar na medida emque uma parte de si mesmo se vê perdida nele (Mannoni, 1995)”.
De acordo com Freud (1916), o trabalho de luto se realiza, de forma que toda libido é retirada das ligações com objeto amado, à realidade mostra que esse objeto não existe mais. Porém as pessoas nunca abandonam de boa vontade uma posição libidinal, nem mesmo na realidade quando encontra um substituto. Existe um período consideradonecessário para a pessoa enlutada passar pela experiência da perda. Esse período não pode ser artificialmente prolongado ou reduzido, uma vez que o luto demanda tempo e energia para ser elaborado.
A cinco fases do luto, são: Negação, raiva, barganha, depressão e aceitação. Cada fase representa um estado que a pessoa pode se encontra quando, por exemplo, recebe a noticia sobre a sua saúde quetalvez não possa haver um futuro como ela planejará.
A primeira fase é a negação. Ela é uma defesa temporária, sendo que são casos raros que ela persista até o final da vida. Ela parcialmente é substituída por uma aceitação parcial.
Como tratada no filme, o homem que nega que está envelhecendo, tomando remédios, saindo com mulheres mais jovens, falando sobre a geração saúde é um exemplode negar a mudanças de seu corpo e a sua finitude.
A segunda fase é a raiva. A negação já é substituída, quando não há mais como mantê-la, surgindo sentimentos como ressentimento, raiva, revolta e inveja. Ela acaba sendo projetada em todo o ambiente, ás vezes, sem muita explicação. Não há tanta expectativa e entusiasmo. Porém, é importante para o psicólogo tolerar essa raiva do paciente,...
tracking img