Efolio b

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 43 (10691 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de janeiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
PROBLEMAS FUNDAMENTAIS DA ÉTICA
Objectivos gerais

O objectivo geral deste capítulo consiste em apresentar os problemas fundamentais da Ética, tal como eles se apresentam no mundo contemporâneo. No final do capítulo, deve estar apto a entender, de modo crítico, os tópicos que integram o Quadro II.

Quadro II – Problemas fundamentais da Ética

• •

A consciência é, sempre, uma consciênciade valor. O ser humano recusa a indiferença ante o mundo em que está inserido e ante aquilo que o rodeia.

• • • • •

A liberdade afirma-se no exercício de auto-determinação de cada pessoa. A finalidade superior da reflexão moral visa a obtenção da felicidade, na dignidade. Cada um de nós está obrigado a responder à seguinte questão: o que devo fazer? O progresso moral não pode ser reduzidoao progresso histórico. Se o progresso histórico cria condições para a existência do progresso moral, ele não gera, por si só, o progresso moral.



Se a Ideologia é fundamental para expressar os anseios dos diferentes grupos sociais, ela é perniciosa ao tentar emascarar a realidade sócio-político-económico-mental.

A consciência moral e o mundo

A imagem da vida humana que se nos impõe àconsciência reflexiva pode ser captada em várias estruturas que, em síntese, podem ser reduzidas a duas fundamentais:

► a estrutura empírica, que abrange os elementos a descobrir na experiência simples, e que dão a conhecer a corporeidade do ser humano. Trata-se de elementos como o sexo, a idade, o corpo, propriamente dito, tanto no seu aspecto físico, quanto na manifestação da sua diacronia;►o âmbito em que se constroem os projectos existenciais, que é um sinal da não-

-

indiferença do ser humano perante o mundo, e é reflexo de um confronto permanente com a situação em que está inserido, dando-nos conta da estrutura moral que suporta as suas decisões morais.

Cada ser humano constitui uma unidade que tenta conhecer, a partir da sua situação, a sua própria existência,verificando que todas as suas atitudes serão avaliadas a partir de si mesmo, pois nele inter-relacionam-se natureza e carácter, inteligência e moralidade. Devemos reter que tanto o conhecimento, quanto a valoração estão, sempre, a par na contextura do cogito, que se manifesta sempre como um quero que se assume, de acordo com Louis Lavelle, como uma consciência que é sempre consciência de valor 1 .Cf. LOUIS LAVELLE, Traité des Valeurs, 2.ª ed., Paris, Presses Universitaires de France, 1991, Tomo I (Théorie Générale de la Valeur), p. 518.
1

Só através de uma fenomenologia existencial é possível esclarecer as questões que se relacionam com a explicação do fundamento da acção moral 2 . Assim,

► é preciso distinguir na consciência humana a dimensão em que esta se revela comorepresentação da realidade daquela perspectiva em que se assume como possibilidade de apreciação dessa mesma realidade – na captação do mundo, há realidades que são, como afirma Risieri Frondizi, “qualidades estruturais” 3 .

► a assunção da atitude axiológica sugere que a consciência humana vivencia o sentimento da existência dos valores, cuja natureza constitui um tema controverso na história da Axiologia:ao aceitamos que a criação de valores resulta de uma actividade efectiva da consciência, o argumento do interesse ou do desejo perfila-se como elemento primordial do acto valorador. Não é legítimo iludir um certo carácter ontológico com que os valores se apresentam – assim, não poderá confundir-se a valoração com os valores, posto que parece ser possível admitir uma certa transcendência dosvalores, visto que estes terão de existir para ser captados.

► estamos em condições de abordar uma consequência importante para a análise da consciência como núcleo revelador da natureza da liberdade humana: é neste poder da consciência, função de cada eu pessoal, que reside o carácter da sua natureza, ou seja, a razão determinante que revela o sujeito como pessoa, manifestando-se, deste modo, a...
tracking img