Distrofia muscular

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5575 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCLEROSE MÚLTIPLA

FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTONIO CARLOS - FUPAC FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE TEÓFILO OTONI - MG

ESCLEROSE MÚLTIPLA

ARTIGO: Avaliação da fisioterapia sobre o equilíbrio e a qualidade de vida em pacientes com esclerose múltipla AUTORES: Iclaikovski Farias Rodrigues, Mariângela Braga Pereira Nielson, Andresa Rosane Marinho Trabalho realizado na Escola Superior deCiências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (EMESCAM) e Associação Capixaba de Portadores de Esclerose Múltipla do Estado do Espírito Santo (ACAPEM-ES)

Acadêmicos: Angélica Meira, Claudinéia Neves Monteiro, Hebiane Rocha, Helen Samara Imbuzeiro Campos, Izabella Jardim, Mateus Espindola dos Santos, Tamillys Ramos Dias

Professora: Paloma Disciplina: Citologia e Histologia Curso:Fisioterapia Período: 2º período

TEÓFILO OTONI – MG OUTUBRO - 2012

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO ................................................................................................... 4 DESCRIÇÃO DA DOENÇA ............................................................................... 5 ASPECTOS GENÉTICOS .................................................................................. 6Distrofia muscular pode ser herdada de três formas: ............................... 6 A Herança Recessiva Ligada ao X ............................................................... 7 Critérios Da Herança Recessiva Ligada ao X ............................................. 8 PRINCIPAIS TIPOS DE DISTROFIA MUSCULAR ......................................... 10 DMD – Distrofia Muscular de Duchenne................................................... 10 DMB - Distrofia Muscular de Becker ......................................................... 11 DMC – Distrofia Muscular de Cinturas ...................................................... 11 DMS - Distrofia Muscular de Steinert ........................................................ 12 FSH - Distrofia Muscular Fácio-Escápulo-Umeral:................................... 13 CMD - Distrofia Muscular Congênita ......................................................... 14 DME - Distrofia de Emery-Dreifuss ............................................................ 15 COMO OBTER O DIAGNÓSTICO ................................................................... 16 TRATAMENTO PARA DISTROFIA MUSCULAR............................................ 17 CONCLUSÃO.................................................................................................. 19 ANEXOS .......................................................................................................... 20 REFERÊNCIAS ................................................................................................ 22

INTRODUÇÃO “Eu pensei que a humanidade já estava infringida demales suficientes... e não parabenizo o Senhor pelo novo presente que a humanidade ganhou”. Esse pronunciamento dramático foi feito por Guillaume Duchenne, neurologista francês que primeiro escreveu a doença em 1868. Referia-se a descrição histórica de uma particular doença neuromuscular progressiva e destrutiva, afetando principalmente meninos. Por um século a doença seria conhecida como umadistrofia. Depois da observação de Duchenne, essa condição seria conhecida e comumente chamada como Distrofia Muscular de Duchenne. Outros médicos neurologistas pioneiros escreveram sobre este tipo de doença como o cirurgião escocês Charles Bell e também por distinguir nervos sensoriais de motores. Edward Meryon, nascido por volta de 1807, também escreveu sobre a Distrofia Muscular de Duchenne,analisando texturas musculares de meninos afetados pela doença após a morte. Ele observou a destruição das fibras musculares, um fato que na época Duchenne não notou. Ainda assim, a descrição de Duchenne foi a mais completa e a mais acurada até hoje. Duchenne também foi notável por ressaltar a importância de se estudar a doença em indivíduos vivos. Hoje mais de trinta formas diferentes de Distrofias...
tracking img