Comportamento organizacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 49 (12242 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Gestão Hospitalar
Tecnológico

O tecnólogo em Gestão Hospitalar atua no planejamento, organização e gerenciamento de um hospital, seja público, seja privado, e de clínicas médicas, laboratórios de análises clínicas, spas e casa de repouso para idosos. Como tem conhecimentos na área de políticas públicas de saúde e administração, pode trabalhar para manter a infraestrutura, determinar o melhoruso para o espaço físico e ainda definir o número de médicos, enfermeiros e especialidades que o local poderá atender. É de sua responsabilidade o planejamento da manutenção preventiva dos equipamentos médicos, o controle dos estoques de materiais, a limpeza e até a destinação dos resíduos hospitalares. Também pode agir em campanhas de saúde para o controle de epidemias. Outros locais de trabalhopodem ser farmácias e empresas de seguro hospitalar.

O mercado de trabalho
O tecnólogo em Gestão Hospitalar é cada vez mais requisitado para ocupar vagas administrativas na área de saúde porque está apto a lidar com o complexo dia a dia de um hospital ou uma clínica, que envolve estoque, folha de pagamento, manutenção, entre outras demandas. Segundo a Federação dos Hospitais e CasasBeneficentes de São Paulo, a área de saúde tem se profissionalizado e, embora os médicos ainda ocupem os cargos de direção em grande parte dos hospitais, já há maior conscientização da necessidade de gerentes e assistentes com conhecimento específico. "Com a contínua evolução tecnológica, que busca cada vez mais mão de obra especializada e gerencial, exigindo qualidade e controle de custos, o gestorhospitalar supre essa demanda de mercado tão específica, pois é um profissional preparado com toda a bagagem administrativa e de saúde", diz Vera Vieira, coordenadora do curso de Gestão Hospitalar da Fac. Anhanguera de Osasco, em São Paulo. As regiões Sudeste e Sul são as que concentram a maior parte das vagas. Além dos hospitais, laboratórios de análises clínicas, policlínicas e casas de saúde paraidosos são os locais que mais contratam esses profissionais, que passam a trabalhar junto à gerência e na administração do negócio. As empresas de seguro hospitalar, por sua vez, procuram pelo tecnólogo para atuar na venda dos planos. A expectativa nos próximos anos é que o setor público seja um grande empregador, graças à profissionalização da gerência de postos de saúde e policlínicas.

Salárioinicial: R$ 1.500,00 (fonte: prof. Lucas Padilha, da Estácio).
O curso
Durante o curso, os alunos têm aulas nas áreas de saúde e de administração. No primeiro ano, a maior parte da grade curricular é composta de matérias de exatas. Estudam-se matemática, estatística, contabilidade, custos hospitalares, economia, orçamentos hospitalares, informática em saúde e logística empresarial. Já o segundoano é destinado a formar um profissional focado nos problemas de saúde da população. Para isso, há aulas de políticas públicas de saúde e de humanização, epidemiologia e qualidade e hotelaria hospitalar. Outras disciplinas são legislação em saúde e marketing e análise de mercado. A maior parte das escolas exige o trabalho de conclusão de curso.

Duração média: 2 anos e meio.
O I Fórum  deFacility Management no ambiente hospitalar aconteceu dia 26 de abril,  no Cenesp, em paralelo ao IV Congresso INFFRA. O evento teve como presidente de mesa o engenheiro Jorge Alberto Lopes Fernandes,  que há nove anos é diretor de Infra-estrutura e Logística do InCor – Instituto do Coração de SP. Ele, que inclusive passou a ocupar recentemente a diretoria Comercial, sendo também Consultor de Processos eServiços no Segmento Saúde, abriu o dia de palestras e debates dizendo que sonhar é fundamental. E o Fórum faz parte de um sonho dele e de Léa Lobo – da segunda a esta quarta edição do Congresso INFRA.

Foi possível notar do Ambiente Hospitalar: quanto mais se trabalha na saúde, mas se percebe a problemática. É visível o aumento de custos no core business, porém, o que vem de novo, chega para...
tracking img