Comportamento organizacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1424 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de
Comportamento Organizacional
Seiji Uchida




Cód. 640453
Leandro Augusto Thomaz



















Sumário


1 Objetivo 3
2 Premissas 4
3 Cenário 6
4 O Resultado 8
5 O que deveria ter sido feito (no meu entendimento) 9
6 Conclusão 10


Objetivo



Escolher uma situação onde você viveu, participou ou observou um problema de gestão depessoas. Descrever estes problema de forma mais detalhada possível e dizer como foi conduzida esta situação naquela época. A partir de assuntos discutidos em sala de aula dizer como foi ou como você lidaria com esta situação.

















































































PremissasAntes de iniciar o relato da gestão, existem algumas informações e premissas de processos da Mercedes-Benz importantes para entendimento dos acontecimentos, a saber:


Em meados dos anos 90, a Mercedes-Benz do Brasil terceirizou todo seu departamento de TI. Naquela época qualquer empregado da empresa relacionado a TI foi contratado pela empresa terceira. Em 2004 aMercedes-Benz identificou um forte problema: todos seus profissionais de TI, inclusive os analistas de negócios, que detinham todo o know-how dos sistemas e processos eram terceiros. Portanto nesta mesma época a Mercedes-Benz entrou em um acordo com a empresa terceira e recontratou alguns profissionais gerando novamente a área de TI da companhia com seus respectivos funcionários.


Muitosprofissionais da empresa terceira não foram recontratados e na época isto ocasionou sérios problemas como por exemplo: desmotivação de terceiros, desligamentos, etc. Porém sempre havia uma esperança de contratação pontual quando houvesse uma nova vaga por um desligamento de algum funcionário da Mercedes-Benz.


A Regra do RH para contratação de novos funcionários de escritório, chamadosmensalistas, é clara : primeiramente a vaga é aberta internamente para todos os colaboradores da Mercedes-Benz. Caso não consiga preenchê-la, o que é muito difícil pois o RH muitas vezes força a contratação interna, a situação para aprovação do “Board” e somente após esta aprovação é que se pode iniciar um processo de contratação externa resultando assim na possibilidade de um terceiro já alocado na empresaser contratado.










Todo funcionário analista TI da Mercedes-Benz possui uma equipe terceira onde um dos terceiros é considerado um “sombra” do funcionário Mercedes-Benz quando na sua ausência. Portanto existe uma expectativa de quando um funcionário Mercedes-Benz se desliga da empresa, o terceiro “sombra” ser contratado, contudo isto é muito difícil de acontecer pois o RHda empresa tenta de todas as formas um recrutamento interno entre seu quadro de funcionários.











































Cenário


Em setembro de 2010 um funcionário analista TI da Mercedes-Benz, até então meu colega de trabalho, decidiu sair da área de sistemas e partir para novos desafios. Conseguiu então uma vaga em um outrodepartamento na própria empresa.A área de TI possuía então uma vaga disponível. O terceiro, que era meu “sombra”, trabalhou por muitos anos com meu colega que se desligou e seria um forte candidato para ocupar esta vaga. Meu gestor imediato me chamou, explicou e pediu ajuda para realizar uma estratégia no recrutamento desta nova vaga. Ele queria de qualquer forma contratar o terceiro que estava sobminha responsabilidade mas para isto a vaga deveria ser externa. Portanto juntamente com ele elaboramos um perfil muito difícil na fase de recrutamento interno onde automaticamente resultou na não contratação de nenhum colaborador interno da empresa. A vaga então foi para aprovação do “Board”. Neste intervalo notei que meu gestor começou a marcar reuniões com o terceiro que teoricamente seria “o...
tracking img