Saber Ver Arquitetura Bruno Zevi Capitulo 4 artigos e trabalhos de pesquisa

  • Arquitetura Carlos Lemos e Bruno Zevi

     ``Arquitetura como construtora do espaço e da ciência História´´ Falar de arquitetura em pleno século XXI é questionável enquanto sua real utilidade e a visão crítica ou popular para com a mesma, farei uma análise dos discursos do arquiteto Italiano Bruno Zevi e o arquiteto e historiador Carlos Lemos para observar como se entrelaçam os olhares para arquitetura refletindo seu espaço e História. Antes de falar sobre o posicionamento dos autores supracitados, percebo a dúvida intrínseca da...

    2140  Palavras | 9  Páginas

  • Saber ver a arquitetura

    Curso de Arquitetura, disciplina: IAU Professora: Jussara Bioca Alunas: Ana Luiza Pontes, Hellen Midianne, Maria Eduarda Maia, Nayanna Diniz, Tássia Leite - Período: 1ºB Manhã Trabalho referente às perguntas elaboradas a partir dos capítulos 1 e 2 do livro Saber Ver a Arquitetura de Bruno Zevi. 1) Quais são os fatores pelos quais não conseguimos ver e definir a arquitetura hoje em dia? Os fatores devem-se ao desinteresse pela arquitetura de forma quase geral e o interesse nas outras artes,...

    622  Palavras | 3  Páginas

  • Principais definições de arquitetura - bruno zevi

    PRINCIPAIS DEFINIÇÕES DE ARQUITETURA ZEVI, Bruno. Architectura in Nuce, Lisboa, Martins Fontes, 1979. Sobre o autor e livro: • Bruno Zevi (Roma, 22 de janeiro de 1918 — Roma, 9 de janeiro de 2000) foi um arquiteto italiano bastante importante no contexto da teorização e introdução da historiografia da Arquitetura moderna. Durante o período fascista, Zevi exilou-se nos Estados Unidos da América e lá recebeu fortes influências da arquitetura orgânica e principalmente de Frank Lloyd Wright. Quando...

    2059  Palavras | 9  Páginas

  • a ignorancia da arquitetura

    No livro “Saber ver a arquitetura”, Bruno Zevi critica no primeiro capítulo “a ignorância da arquitetura”, o fato de que a arquitetura é esquecida, de um modo generalizado, pela imprensa e pelas pessoas, que dão mais ênfase à música, à literatura, à escultura etc. Porém ainda sim, ninguém pode ignorar a arquitetura, pois fazemos parte dela assim como ela faz parte de nosso cotidiano. Parte de cada individuo o interesse pela arquitetura, as pinturas por exemplo são expostas em museus de arte, mas...

    5539  Palavras | 23  Páginas

  • Fic BRUNO ZEVI

    Autor: ZEVI, Bruno. Saber Ver a Arquitetura. 1º Edição: outubro de 1984. – 5º ed. – São Paulo: Martins Fontes. 1996 (Coleção a). Biografia: Bruno Zevi (Roma, 22 de janeiro de 1918 — Roma, 9 de janeiro de 2000) foi um arquiteto e urbanista italiano, conhecido sobretudo como historiador e crítico daarquitetura modernista. Em 1938, após a instituição de leis raciais na Itália, vai para Londres e, depois, para os Estados Unidos. É diplomado em 1942 pela Graduate School of Design daHarvard University que...

    732  Palavras | 3  Páginas

  • Os modos de discurso da teoria da arquitetura

    Os Modos do Discurso na Teoria da Arquitetura Carlos Antônio Leite Brandão 1 — Pressupostos para o mapeamento da teoria da arquitetura no Brasil Mapear a teoria da arquitetura brasileira exige esforço de muitos e prazo dilatado. Contudo, é trabalho imprescindível. Não temos, por exemplo, o registro dos textos sobre arquitetura e urbanismo aqui presentes no período colonial e isto nos leva a entender precariamente a gênese de nossas produções, as tradições estilísticas que aqui vingaram, os desvios...

    13452  Palavras | 54  Páginas

  • Bruno Zevi - Saber ver a arquitetura fichamento

    Referência ZEVI, Bruno. Saber ver a arquitetura. 5.ed. São Paulo: Martins Fontes, 1996. Capitulos 01 e 02. _____________________________________________________________________________ Localização do arquivo C:\Users\Mauricio\Desktop\Arq. e Urb. Unochapecó\2º SEMESTRE\HISTORIA ARQUITETURA _____________________________________________________________________________ Palavras-chave Arquitetura, cubismo, tempo, historia, arte, ver, espaço, vanguardas, essência. ___________________________...

    1221  Palavras | 5  Páginas

  • Estudo dirigido - bruno zevi - a ignorância da arquitetura

    Disciplina: Introdução a Arquitetura e Urbanismo Professor: George A. Ferreira Dantas Aluna: Aline de Holanda Sattler – 2011061652 Estudo dirigido 1) Quais dificuldades objetivas e subjetivas para apreciação da arquitetura? A arquitetura, de fato, não tem um lugar reservado pelos meios de comunicação, não há propaganda ou nenhum movimento, em larga escala, que divulgue a arquitetura, dessa forma, ela acaba por não ser um tema de discussões ou debates, seja por profissionais ou leigos...

    610  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha do livro saber ver a arquitetura

    RESENHA DO LIVRO “SABER VER A ARQUITETURA” DO AUTOR BRUNO ZEV A Resenha a seguir engloba os 3 (três) primeiros capítulos do livro. A principio achei a leitura um pouco complexa, cansativa, mas o assunto abordado e os exemplos citamos para que possamos entender é de extrema importância e muito interessante. Zevi tenta ajudar-nos a ver a arquitetura como de fato ela é, como um todo, como ela deve ser vista e compreendida. Muitos intelectuais acham importantíssimo conhecer certos nomes das artes...

    548  Palavras | 3  Páginas

  • 5 CAPITULO DO LIVRO SABER VER ARQUITETURA

    As interpretações da arquitetura Capitulo 5 do livro saber ver arquitetura- Bruno Zevi Os verdadeiros críticos da arquitetura são poucos, o que dificulta as interpretações de arquitetura e a falta de historias criticas sobre o assunto. Há varias criticas, porem está amarrada a livros de estética, filosofia, sociologia, poemas ou romances. Focillon diz: “-construir um mundo interior que mede o espaço e a luz segundo as leis de uma geometria, de mecânica e de uma optica necessariamente implícitas...

    522  Palavras | 3  Páginas

  • Saber Ver Arquitetura

    Saber ver a Arquitetura- O espaço protagonista de arquitetura Bruno Zefi principais ideias. Com a falta de uma historia da arquitetura que possa ser considerada satisfatória deriva da falta de hábito da maior parte dos homens de entender o espaço, todos aqueles que, ainda que fugazmente, refletiram sobre esse tema, sabem que o caráter essencial da arquitetura – que a distingue de outras atividades artísticas – esta no fato de agir com um vocabulário tridimensional que inclui o homem. A arquitetura...

    978  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo: Saber ver a arquitetura – Bruno Zevi

    Resumo: Saber ver a arquiteturaBruno Zevi (Capítulos 1, 2 e 3) A ignorância da arquitetura A arquitetura está sendo esquecida pela imprensa e por conta disso, o público não se interessa por ela. Além disso, não existe censura para evitar escândalos urbanísticos e arquitetônicos. Os arquitetos são, em muitas vezes, incapazes de “espalhar” a mensagem arquitetônica. Ao contrário, não têm paixão, e sim desinteresse pelas obras do passado. A grande maioria dos arquitetos não tem uma cultura...

    808  Palavras | 4  Páginas

  • Cultura e arquitetura na italia

    das hipóteses mais gerais do desenvolvimento moderno europeu. Bruno Zevi crítico conhecido por defender a tese de que são as formas orgânicas e não a simetria clássica, a chave do desenho moderno, Giulio Carlo Argan elaborou a visão global da arte e arquitetura italiana, Ernesto Nathan Rogers definiu pontos chaves do pensamento de uma parte da cultura arquitetônica italiana através de suas obras. PALAVRAS-CHAVE: cultura; arquitetura; moderna. INTRUDUÇÃO Nos anos posteriores à guerra, a teoria...

    2613  Palavras | 11  Páginas

  • Questionário do livro saber ver a arquitetura

    História da Arquitetura e Urbanismo I Livro: “Saber a Ver Arquitetura” de Bruno Zevi, Cap. 5 Universidade Federal do Pará Instituto de Tecnologia Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Alunos: Amanda Moura Farias, Biatriz Luiza Leal Fiock dos Santos, Camila Megale de Aguiar, Marcele Carvalho Lauande, Ryan Faria Cardoso. 1 – Há diferenças entre “definição de arquitetura” e “interpretação de arquitetura”? Por...

    1810  Palavras | 8  Páginas

  • Fichamento Bruno Zevi

    Curso de Arquitetura e Urbanismo Introdução arquitetura e urbanismo. Professor Daniel Freitas. Nome do aluno: Kennedy Caetano Valor: Data: Nota: ZEVI, Bruno. Saber Ver a Arquitetura; As várias idades do espaço. São Paulo: WMF Martins Fontes, 1996. Resumo: Referindo a história da arquitetura, Bruno Zevi faz citações de períodos da civilização; onde a arquitetura é um espelho dos ideais de cada civilização é a protagonista do cenário em que esta compreendida e expressa através daquilo que os espaços...

    2087  Palavras | 9  Páginas

  • 189732491 O Espaco Protagonista Da Arquitetura

    resumo do capítulo. 2 do livro Saber Ver a Arquitetura - Zevi, Bruno Ed. Martins Fontes, São Paulo – SP, 1996 -5ª Ed. Período: de 8 a 15 de abril de 2011. Capítulo 2 - O espaço, Protagonista da Arquitetura Resumo A falta de uma história da arquitetura que possa ser considerada satisfatória deriva: 1) da falta de hábito da maior parte dos homens de entender o espaço; e 2) do insucesso na aplicação e difusão de um método para o estudo espacial dos edifícios. O caráter essencial da arquitetura está no...

    2577  Palavras | 11  Páginas

  • Zevi saber ver a arquitetiura

    ZEVI, Bruno. Saber ver a arquitetura A IGNORÂNCIA DA ARQUITETURA GRANDE PARTE SE INTERESSA-SE POR PINTURA E MÚSICA POR ESCULTURA E LITERATURA, NÃO POR ARQUITETURA. ARQUITETURA , CONTINUA A SER A GRANDE ESCLUIDA PELA IMPRENSA. A CENSURA FUNCIONA PARA FILMES E PARA LITERATURA, MAS NÃO PARA EVITAR ESCÂNDALOS URBANÍSTICOS E ARQUITETÔNICOS, CUJAS CONSEQÜÊNCIAS SÃO BEM MAIS GRAVES E MAIS PROLONGADAS QUE A PUBLICAÇÃO DE UM ROMANCE PORNOGRÁFICO. NINGUÉM PODE FECHAR OS OLHOS DIANTE DAS CONSTRUÇÕES QUE...

    2582  Palavras | 11  Páginas

  • Saber ver a arquitetura

    Saber ver a Arquitetura Universidade Católica de Brasília Pró-reitoria de Graduação Centro de Ciências Sociais Aplicadas Curso de Arquitetura e Urbanismo Projeto de Arqueitetura I – Fundamentos - Turma MWC Prof. Wagner Pangoni Raquel Queiroz Silva UC13100131 Capítulo 1 A ignorância da arquitetura No livro “Saber ver a arquitetura”, Bruno Zevi apresenta os principais aspectos que considera ser fundamentais para o entendimento e o estudo da arquitetura, destacando...

    1379  Palavras | 6  Páginas

  • Saber ver arquitetura

    indivídio. O autor, Bruno Zevi, trata de forma clara e reflexiva sobre a questão do espaço abstrato e concreto e seus valores. Resenha Saber ver arquitetura porta-se como um livro de grande magnitude para toda a sociedade, pois nele constata-se reflexões entre o homem e o espaço e seus valores a serem observados. O olhar do autor sobre a conexão essencial homem-ambiente fica em contrapartida de ideais pré estabelecidos por décadas. Há duas vertentes primordiais no raciocínio de Zevi, autor do livro...

    568  Palavras | 3  Páginas

  • Arquitetura

    reflexão esclarecedora sobre a arquitetura. Em Saber ver a arquitetura, Bruno Zevi apresenta os principais aspectos que considera ser fundamentais para a compreensão e a análise da arquitetura, ressaltando a importância de se evidenciar o espaço, elemento-chave da composição arquitetônica, além de dissertar sobre a evolução histórica da mesma. O livro é estruturado em três partes. Na primeira delas, o autor discorre sobre as especificidades das representações da arquitetura, destacando a necessidade...

    3192  Palavras | 13  Páginas

  • Resenha - a ignorancia da arquitetura

    ZEVI, Bruno. Saber ver a arquitetura. 5ª edição. São Paulo: Martins Fontes, 1996 RESENHA 1 A IGNORÂNCIA DA ARQUITETURA O PÚBLICO INTERESSA-SE POR PINTURA E MÚSICA, POR ESCULTURA E LITERATURA, MASNÃO POR ARQUITETURA.A ARQ. CONTINUA A SER A GRANDE ESQUECIDA PELA IMPRENSA.A CENSURA FUNCIONA PARA FILMES E PARA LITERATURA, MAS NÃO PARA EVITARESCÂNDALOS URBANÍSTICOS E ARQUITETÔNICOS, CUJAS CONSEQÜÊNCIAS SÃO BEM MAISGRAVES E MAIS PROLONGADAS QUE A PUBLICAÇÃO DE UM ROMANCE PORNOGRÁFICO.NINGUÉM PODE...

    507  Palavras | 3  Páginas

  • Arquitetura

    e História da Arquitetura e Urbanismo 1 Docente: José Junior 1. Há diferenças entre “definição de arquitetura” e “interpretação de arquitetura”? Por quê? Interpretação é um pré-requisito para definir a arquitetura, é uma visão particular sobre obras, contextos e projetos. Já a definição apesar de também ser particular é mais clara e objetiva e se debruça a respeito do que é a arquitetura. 2. Defina o sentido do termo “equívoco”, a respeito das interpretações propostas por Zevi, e em seguida,...

    1037  Palavras | 5  Páginas

  • Rela o arquitetura escultura

    1. Conceito de arquitetura Sobre arquitetura, o dicionário Aurélio esclarece: Arte de projetar e construir edifícios; Forma, estrutura. De fato, bem é sabido que a arquitetura vai muito além disso, sendo um dos grandes temas de discussão entre estudiosos arquitetos e historiadores. Os arquitetos Bruno Zevi, em “Saber ver a arquitetura”, e Evaldo Coutinho, em “O espaço da arquitetura”, muito divergem no que se refere a esse termo. Zevi interpreta a arquitetura como “uma grande escultura cavada,...

    998  Palavras | 4  Páginas

  • ARQUItetura

    Quando Bruno Zevi publicou, em 1948, Saber ver a arquitetura1 , não havia um mercado editorial voltado para a produção arquitetônica como o que vigora na atualidade. A tecnologia gráfica, hoje, possibilita e o mercado editorial alimenta a reprodução de imagens coloridas, fotos e desenhos que informam e atualizam assiduamente o público interessado. Mesmo as obras arquitetônicas consagradas pela historiografia têm encontrado lugar para sua difusão nesse mercado. Ainda assim, contando com todos...

    5374  Palavras | 22  Páginas

  • Arquitetura moderna

    Exercício Final da Disciplina História e Cultura do Design I Curso de Estudos Gerais O Surgimento da Nova Arquitetura A Arquitetura Moderna de Le Corbusier Diogo Nunes 45870 Docente: Jorge Alves A Urgência de uma Resposta da Arquitetura A Revolução Industrial e a Nova Arquitetura Na arquitetura do século XVIII tudo estava claro, as bases estavam estipuladas. A boa arquitetura praticada era fruto da obediência a determinadas regras, como que se de um cânone se tratasse. Ou seja, a...

    2615  Palavras | 11  Páginas

  • A definição oculta da arquitetura

    do livro "Saber ver a Arquitetura", de Bruno Zevi A definição oculta da Arquitetura - São Paulo Fevereiro de 2013 - A definição oculta da Arquitetura Sempre quando acompanhei pessoas leigas apreciarem uma obra qualquer, eu me convencia cada vez mais que o público vivenciava um gosto e apreciação natural à Arquitetura. Entretanto, com o avanço da minha experiência técnica e projetual, passo a ver claramente que na realidade, a Arquitetura é desprezada...

    893  Palavras | 4  Páginas

  • Estética, Arquitetura e Projeto

    ESTÉTICA, ARQUITETURA E PROJETO FERNANDES, Gabriel Silva1; JANTZEN, Sylvio Arnoldo Dick 2 . 1. 2. Bolsista do Programa de Ensino Tutorial, PET-FAURB-UFPel. (gabriel_leo@hotmail.com) Arquiteto urbanista, doutor, professor adjunto do Departamento de Arquitetura e Urbanismo, FAURB-UFPel. (mundo.dick@gmail.com) 1. INTRODUÇÃO Este texto faz parte de uma pesquisa que tem por objetivo detalhar a importância da estética para a arquitetura e a prática do projeto. Há poucos estudos sobre essa...

    1739  Palavras | 7  Páginas

  • Aula introdução a arquitetura grécia

     PROGRAMA DO CURSO DEPARTAMENTO DE: EVOLUÇÃO DA ARQUITETURA DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A ARQUITETURA CÓDIGO DA DISCIPLINA: CARGA HORÁRIA: CRÉDITOS: TEÓRICA: 68 h/a PRÁTICA: TOTAL: 68 h/a PERÍODO LETIVO: 2013/1 PROFESSOR: Nino Padilha EMENTA: Estudo das transformações da arquitetura e do urbanismo da antiguidade clássica a atualidade, abrangendo os aspectos de fundamentação conceitual, tecnológica e metodológica. ...

    599  Palavras | 3  Páginas

  • Flexibilidade na arquitetura

    ARQUITETURA FLEXÍVEL: Soluções de projeto para flexibilizar espaços Autor:CÍRICO, Luiz Alberto1 Co-autor: FEIBER, Fúlvio 2 Co-autora: PLATCHEK, Scheyla Fernandes Nunes3 Faculdade Assis Gurgacz, Cascavel – PR. RESUMO Este estudo trata sobre a flexibilidade de espaços arquitetônicos e foca os espaços ofertados ao usuário de espaços comerciais, com suas necessidades associadas ao tempo e a tecnologia da construção, mais as interferências geradas pela sociedade, que geram novas necessidades, voltadas...

    2032  Palavras | 9  Páginas

  • resumo - a linguagem moderna da arquitetura

    A linguagem Resumo do Livro “Linguagem Moderna da Arquitetura” de Bruno Zevi ZEVI, B. Linguagem Moderna da Arquitetura. 1 ed. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1984. p. 11-72. Em seu livro “Linguagem Moderna da Arquitetura”, o arquiteto e teórico Bruno Zevi procurou preencher a lacuna deixada pelo seu predecessor “Linguagem Clássica da Arquitetura” do inglês John Summerson. Segundo Zevi, durante séculos, a única língua arquitetônica foi a do classicismo. Todas as outras eram, então, consideradas...

    2493  Palavras | 10  Páginas

  • História da Arquitetura - Arquitetura Cristã

    Arquitetura Cristã: das Igrejas Bizantinas às Unidade I: Góticas 0 Unidade: Arquitetura Cristã: das Igrejas Bizantinas às Góticas Apresentação Quando você pensa em uma catedral ou igreja católica, bem imponente, como é a imagem que vem à sua cabeça? Uma igreja imensa, com torres altíssimas, um vasto espaço interior iluminado por vitrais coloridos? Um longo corredor que corta a nave rumo a um altar ricamente decorado, com elementos escultóricos representando os personagens divinos...

    10337  Palavras | 42  Páginas

  • A ANTIGUIDADE CL SSICA DA ARQUITETURA E SUAS INFLUENCIAS AO LONGO DA HIST RIA

    CLÁSSICA DA ARQUITETURA E SUAS INFLUENCIAS AO LONGO DA HISTÓRIA Definição do Tema e do Título (o que?). O assunto escolhido será uma análise na Antiguidade clássica, e suas influências no decorrer ao longo da história da arquitetura. A cultura das civilizações gregas, a partir do nascimento de Cristo, foi considerado o berço para o surgimento do período dito como, “Período Clássico da Arquitetura” e consequentemente a ele está à cultura das civilizações romanas, que se inspiraram na arquitetura grega...

    2207  Palavras | 9  Páginas

  • Saber Ver a Arquitetura de Bruno Zevi

    expressar ao se tratar de arquitetura, é através de seu meio principal de trabalho: O Espaço. Só em pensar em arquitetura, já envolvemos aí um determinado espaço, muitas vezes visto erroneamente que arquitetura abrange apenas os edifícios, as construções em si, mas vai muito mais além; pois envolve os espaços criados pelas construções, os espaços interiores, os exteriores e seus abrangentes. Sendo assim Bruno Zevi enfatizou essa ignorância que ocorre relacionada a arquitetura, esse desinteresse de uma...

    581  Palavras | 3  Páginas

  • Historia da Arquitetura

     A História da Arquitetura como prática dialógica entre os saberes historiográficos JOÃO HENRIQUE DOS SANTOS 1 1 Doutor. Professor do Departamento de História e Teoria da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (FAU/UFRJ). RESUMO A História da Arquitetura vem sendo usualmente tratada pela Historiografia como parte da História da Arte. Contudo, dispõe de uma natureza que a torna específica pela ligação que constrói entre as diferentes possibilidades...

    1575  Palavras | 7  Páginas

  • Fichamento Bruno Zevi

     Curso de Arquitetura e Urbanismo – MANHA Valor: Introdução arquitetura e urbanismo. Professor: Daniel Data: 26/03/2013 Nome do aluno: Jennifer Nota: ZEVI, Bruno. Saber ver a arquitetura; As várias idades do espaço. P 53-131. São Paulo: Martins Fontes, 2002 Palavras-chave: Arquitetura, natureza, predominância, espaciais, época, construtivo, organização, construção, historia, volume, técnicas, pressupostos, elementos, contexto, criações, arte.... Resumo: O autor para descrever...

    1299  Palavras | 6  Páginas

  • Historia da arqe e arquitetura gótica

    Sumário Introdução..................................................................................03 Contexto Histórico......................................................................04 Arquitetura Gótica......................................................................05 Sistema Estrutural de uma Catedral Gótica...............................06 A Nave Iluminada e o Arcobotante............................................07 Construções em madeira.......................................

    1489  Palavras | 6  Páginas

  • arquitetura

    de Registros Acadêmicos CARACTERIZAÇÃO DE ATIVIDADE ACADÊMICA Identificação Atividade Acadêmica: 070016 - Teoria e História I - Arquitetura Mundial Período Letivo: 2015/1 Créditos Acadêmicos: 04 Carga Horária Total: 60 horas-aula Distribuição da Carga Horária: Teoria: 60 horas-aula Competências Identificar as principais características da arquitetura e do urbanismo dos diferentes períodos estudados, para  embasar as atividades de projeto. Construir e utilizar repertório conceitua...

    951  Palavras | 4  Páginas

  • Ensaio l a questão da imagem - uma 'colagem' espaço temporal na arquitetura produzida de 50 a 60

    UEG l Universidade Estadual de Goiás setembro l 2012 Professor Orientador l Wilton Medeiros Acadêmico l Ítalo Augusto de Castro A questão da imagem l Uma “colagem” espaço temporal na arquitetura produzida de 50 a 60 por Ítalo Augusto “(...) a arquitetura é, antes de tudo, um fenômeno plástico ”. (MONEO, Rafael. Inquietação Teórica e Estratégica Projetual na obra de oito arquitetos cont emporâneos. p. 25- 26) É com a citação de Rafael Moneo que abro este ensaio/artigo, o motivo, simples...

    2702  Palavras | 11  Páginas

  • arquitetura e urbanismo

    objetos e elabora placas de sinalização e logotipos. Mercado de Trabalho "As grandes cidades brasileiras têm uma demanda muito grande por habitação, infraestrutura e obras de mobilidade", diz Valéria Santos Fialho, coordenadora do bacharelado em Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Senac. Isso cria um mercado de boas opções de campo de atuação. O notório déficit habitacional brasileiro torna especialmente promissor o segmento da construção civil voltada para a população em ascensão econômica...

    1942  Palavras | 8  Páginas

  • Resumo do livro Saber ver arquitetura

    ZEVI, Bruno : (tradução Maria Isabel Gaspar, Gaëtan Martins de Oliveira). Saber ver arquitetura. 5. Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1996. A ignorância da arquitetura Não existe uma propaganda adequada para dinfundir a boa arquitetura. O público e o intelecto se interessam por literatura, música, pintura e escultura mas não por arquitetura, logo, não existem instrumentos eficazes para a difusão da boa arquitetura, assim como não existem também instrumentos que não coibem uma má arquitetura. Existe...

    3055  Palavras | 13  Páginas

  • Resumo do livro Saber ver arquitetura

    ZEVI, Bruno : (tradução Maria Isabel Gaspar, Gaëtan Martins de Oliveira). Saber ver arquitetura. 5. Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1996. A ignorância da arquitetura Não existe uma propaganda adequada para dinfundir a boa arquitetura. O público e o intelecto se interessam por literatura, música, pintura e escultura mas não por arquitetura, logo, não existem instrumentos eficazes para a difusão da boa arquitetura, assim como não existem também instrumentos que não coibem uma má arquitetura. Existe...

    3042  Palavras | 13  Páginas

  • fichamento AS VÁRIAS IDADES DO ESPAÇO: SABER VER A ARQUITETURA

    Universidade Nove de Julho AS VÁRIAS IDADES DO ESPAÇO: SABER VER A ARQUITETURA Bruno Zevi 1919 - 2000 A arquitetura corresponde a exigências de natureza tão diferentes que descrever adequadamente o seu desenvolvimento significa entender a própria história da civilização. , dos numeroso fatores que a compõem e que, com a predominância.Ora de um ora de outro, mas sempre com a presença de todos, geraram as diferentes concepções espaciais; é, pois, história e apreciação dos valores artísticos,...

    820  Palavras | 4  Páginas

  • Roma (Arquitetura)

    caráter especial de expressão da vida nacional. A aura de orgulho nacional que envolveu as conquistas do império estimulou o desenvolvimento de uma arte mais essencialmente original. As artes que melhor exprimiram o caráter dos romanos foram a arquitetura e a escultura. Ambas eram monumentais e pretendiam simbolizar o poder e a grandeza das realizações dos romanos. Bustos de imperadores, políticos e militares foram produzidos em série e dispostos em prédios públicos por todo o império, reafirmando...

    1787  Palavras | 8  Páginas

  • Arquitetura Bizantina

    ARQUITETURA BIZANTINA Inovação: cúpulas sobre plantas quadradas* RESUMO O legado de uma arquitetura viabiliza toda a escrita da história de uma sociedade e isso não é diferente com a arquitetura bizantina. Bizâncio, sem dúvida, deixou para a posteridade inovações e soluções que dentro de seu milênio de existência são de alta originalidade e características definidas. Os bizantinos, assim como na tradição romana, utilizaram as edificações como formas de imponência política. Eles se destacaram...

    1728  Palavras | 7  Páginas

  • Saber ver a arquitetura

    RESUMO DE LIVRO ZEVI, Bruno. Saber Ver a Arquitetura. Tradução de Maria Isabel Gaspar, Gaëten Martins de Oliveira. – 6ª. ed. – São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2009. No livro “Saber ver a arquitetura” o autor discorre sobre as representações da arquitetura e suas maneiras incorretas de interpretações, estruturando seu pensamento em três partes. Na primeira parte, ele afirma que a arquitetura necessita de parâmetros próprios que permitam interpretá-la segundo diferentes pontos de ...

    1883  Palavras | 8  Páginas

  • A ACESSIBILIDADE NA ARQUITETURA PARA ALÉM DA SUA FUNCIONALIDADE: A IMPORTÂNCIA DA ESTÉTICA NAS EDIFICAÇÕES.

    1 Problematização A arquitetura contemporânea, muitas vezes incapaz de adaptar espaços em função das diferentes condições de cada pessoa, tem seu público cada vez mais restrito. O conceito de Costa (1940) revela que a arquitetura atende as demandas de cada época, de acordo com o meio e sua expressão estética, sendo ela uma "construção concebida com a intenção de ordenar e organizar plasticamente o espaço, em função de uma determinada época, de um determinado meio, de uma determinada técnica...

    5870  Palavras | 24  Páginas

  • Aula 3 Antiguidade Cl Ssica Arquitetura Grega 1 2015

    PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS ICS Curso de Arquitetura e Urbanismo História da Arquitetura e da Cidade I Profa. Mônica E. Fonseca ANTIGUIDADE CLÁSSICA A ARQUITETURA E A ARTE GREGAS Considerações preliminares A compreensão da Arquitetura (e dentro dela da arquitetura grega) supõe a compreensão de aspectos de natureza diversa que constituem a própria história das civilizações, das suas formas de organização e as diferentes maneiras que pensaram o espaço. Categorias analíticas...

    2662  Palavras | 11  Páginas

  • Artigo sobre Teoria e História da Arquitetura Bizantina

    UFRRJ – UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO Jotta Junior Maysa Barbosa Monteiro Mariana Dias Senna Nathalia Siqueira TEORIA E HISTÓRIA DA ARTE E ARQUITETURA BIZANTINA Seropédica, RJ Setembro de 2014 RESUMO A arquitetura bizantina é imensamente ampla e diversa, portanto para criar uma noção minimamente abrangente é preciso que se compreenda a situação histórica, desde seus primeiro anos, na instituição de Constantinopla como capital do Império, passando pelas disputas...

    2781  Palavras | 12  Páginas

  • ARQUITETURA

    A história da arquitetura afirma que as primeiras grandes construções começam na antiguidade, entretanto, há evidências de seu início na pré- história quando surgem os primeiros monumentos e a técnica no manuseio das pedras, mas é só no fim do neolítico com os povos do Mediterrâneo e da Costa Atlântica que surgem as primeiras construções de pedra. O termo concerne toda a “arte e técnica de organizar espaços e criar ambientes para as diversas atividades humanas” (HOUAISS, 2008)...

    4273  Palavras | 18  Páginas

  • História da arquitetura e da cidade

    pérola” e o trecho a seguir, identifique nele: aspectos da formação do gosto, relacionando situações em que se constituem fatos a ele relacionados e formas de tratamento da linguagem fílmica que reforçam os fatos artísticos; características da arquitetura e da cidade conforme são apresentadas no filme, destacando sua relação com a vida social, os costumes e relações históricas subentendidas. “... a arte é um meio de conceber o mundo visualmente. Há outros métodos de conceber...

    1851  Palavras | 8  Páginas

  • arquitecto

    ignorancia da arquitetura No livroSaber ver a arquitetura”, Bruno Zevi critica no primeiro capítulo “a ignorância da arquitetura”, o fato de que a arquitetura é esquecida, de um modo generalizado, pela imprensa e pelas pessoas, que dão mais ênfase à música, à literatura, à escultura etc. Porém ainda sim, ninguém pode ignorar... 5539 Palavras23 Páginas RESENHA: SABER VER A ARQUITETURA, BRUNO ZEVI, CAP.: 5 UNIVERSIDADE TIRADENTES ARQUITETURA E URBANISMO POLLYANNA ** ***** **** RESENHA: SABER VER A ARQUITETURA...

    6282  Palavras | 26  Páginas

  • Saber ver arquitectura

    1 ZEVI, Bruno. Saber ver a arquitetura. 5ª edição. São Paulo: Martins Fontes, 1996 RESENHA 1 A IGNORÂNCIA DA ARQUITETURA O PÚBLICO INTERESSA-SE POR PINTURA E MÚSICA, POR ESCULTURA E LITERATURA, MAS NÃO POR ARQUITETURA. A ARQ. CONTINUA A SER A GRANDE ESQUECIDA PELA IMPRENSA. A CENSURA FUNCIONA PARA FILMES E PARA LITERATURA, MAS NÃO PARA EVITAR ESCÂNDALOS URBANÍSTICOS E ARQUITETÔNICOS, CUJAS CONSEQÜÊNCIAS SÃO BEM MAIS GRAVES E MAIS PROLONGADAS QUE A PUBLICAÇÃO DE UM ROMANCE PORNOGRÁFICO. NINGUÉM...

    11588  Palavras | 47  Páginas

  • szscsadsadsad

    http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Resenha-Do-Livro-Saber-Ver-a/668536.htmlRESENHA DO LIVRO “SABER VER A ARQUITETURA” DO AUTOR BRUNO ZEV A Resenha a seguir engloba os 3 (três) primeiros capítulos do livro. A principio achei a leitura VER A ARQUITETURA” DO AUTOR BRUNO ZEV A Resenha a seguir engloba os 3 (três) primeiros capítulos do livro. A principio achei a leitura um pouco complexa...

    6438  Palavras | 26  Páginas

  • A arquitetura Moderna como prática cultural: Frank Lloyd Wright

    A arquitetura Moderna como prática cultural: Frank Lloyd Wright A arquitetura moderna é o reflexo das grandes inovações técnicas do século XIX. Materiais como o aço e o betão armado concederam aos arquitetos possibilidades inéditas de criação, dando origem a um movimento completamente diferente de tudo que se viu até então: o Movimento Moderno. O que melhor caracteriza a arquitetura moderna é a escolha de formas simples, geométricas, com uma certa ausência de...

    1104  Palavras | 5  Páginas

  • Resenha crítica do filma "ágora" apresentada no curso de arquitetura e o urbanismo da uft

    CAMPUS PALMAS CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO Larissa Chianca Silva TEORIA E HISTÓRIA DA ARQUITETURA E URBANISMO II RESENHA DO FILME “ÁGORA” PALMAS, MARÇO DE 2011. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS RESENHA DO FILME “ÁGORA” Trabalho apresentado como requisito parcial na avaliação da disciplina Teoria e História da Arquitetura e Urbanismo II sob a orientação...

    1610  Palavras | 7  Páginas

  • BRUNOZEVI

    História da Arquitetura Nas aulas anteriores: ARQUITETURA = composição de volumes x resolução de problemas funcionais Qual a importância da história na arquitetura? Qual a importância da teoria na arquitetura? Por exemplo: - Qual papel do arquiteto na sociedade? - Qual são as influências do contexto ideológico, econômico e cultural na arquitetura? - Quais os limites e possibilidades da arquitetura? - É possível aprender com passado? Esse aprendizado se aplica? - Quem conta essa história...

    1208  Palavras | 5  Páginas

  • Lista bibliográfica de arquitetura

    Construções. CIMINO, Remo - Planejar para construir. Robert L’ Hemite - Ao pé muro. CARACCHIO, Leonardo Mário - Construção Civil. Ripper, Ernesto - Manual Prático de Materiais de Construção COSTA, Lúcio. Arquitetura. Rio de Janeiro: José Olynpio, 2006. NEUFERT, G. A arte de projetar em Arquitetura, Gustavo Gilli, São Paulo, SP, 2008. MONTENEGRO, G. A Perspectiva dos profissionais. Editora Edgard Blücher Ltda, 1983 MONTENEGRO, G. A. Desenho arquitetônico para cursos técnico de 2º grau e faculdades...

    896  Palavras | 4  Páginas

  • FICHAMENTO

    Angela Maria Rocha Tatyane Bandeira de Souza a RQ u IT e T u RA e A IMAG e M e M MOVIM e NTO pós- 128 Re sumo Bruno Zevi publicou Saber ver a arquitetura em 1948. Caracterizando a natureza espacial da arquitetura, encontra sua afinidade com a linguagem cinematográfica pela articulação entre tempo e imagem. Este trabalho apresenta os resultados de um levantamento realizado no acervo de vídeos da biblioteca da FAUUSP. Investiga-se o emprego dessa linguagem em nossos dias...

    9649  Palavras | 39  Páginas

  • Análise Terreno

     FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO 4º semestre noturno rESENHAS DISCIPLINA THAU III Profª: Ana Paula Gurgel Áurea Gondim Elielma Letícia Ribeiro de Barros BRASÍLIA 2013 Áurea Gondim Elielma Letícia Ribeiro de Barros RESENHAS Trabalho apresentado ao Curso de Graduação em Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Planalto do...

    4720  Palavras | 19  Páginas

  • arquitetura sustentavel

     Faculdades FACCAT Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Arte e Arquitetura Renascentista Disciplina: Introdução à arquitetura. Docente: Telma Ribeiro. Discentes: João Renato Merighe; Lucas Rufino Koga. Introdução. Entre o final do século XIV e o inicio do século XVII nasce o RENASCIMENTO, período histórico marcado por varias transformações em muitas áreas da vida humana e também pelo fim da Idade Média para o inicio...

    2370  Palavras | 10  Páginas

tracking img