• E como anda o ensino de literatura brasileira? um estudo nos níveis fundamental e médio
    estrutura, como interação, prática social e discursiva. É marco desse momento histórico a publicação, em 1984, do livro O texto na sala de aula – leitura e produção, organizado por João Wanderley Geraldi, o qual já continha alguns questionamentos sobre a concepção e o ensino da literatura¹. Na referida...
    10711 Palavras 43 Páginas
  • A exclusão social em “o soldadinho de chumbo”: interfaces entre a deficiência e a literatura
    Acreditamos que as questões da exclusão social retratadas no conto podem despertar no público infantil, interesse pela leitura, reflexão, valores, atitudes, favorecendo uma leitura crítica e a constituição de novas práticas inclusivas. Palavras chave: Exclusão Social; diferença; literatura ABSTRACT This...
    3027 Palavras 13 Páginas
  • Intertextualidade implicita e explicita
    Conceito de Intertextualidade   A competência em leitura e em produção textual não depende apenas do conhecimento do código lingüístico. Para ler e escrever com proficiência é imprescindível conhecer outros textos, estar imerso nas relações intertextuais, pois um texto é produto de outro texto, nasce...
    1939 Palavras 8 Páginas
  • trabalh
    ................75 Hipertexto................................................................................................................87 Leitura: objetivos, estratégias, contextos......................................................97 Produção de texto: características de bons textos, argumentação...
    42857 Palavras 172 Páginas
  • Ensino da literatura na visualidade do cinema : a ficção dentro e fora da sala de aulat contemporâneo
    3.1 Como transmissão de herança cultural ................................................. 2.3.2 Como mecanismo para desenvolvimento do gosto pela leitura ............... 3 O CINEMA, A EDUCAÇÃO E A ARTE ........................................................... 3.1 Um pouco de história do cinema ......
    37367 Palavras 150 Páginas
  • A influência da literatura na alfabetização
    ................................. 08 Capítulo I – A literatura e seu contexto histórico: breve análise ........................ 10 Capítulo II - O mundo da literatura e a escola ..................................................... 12 2.1. Os primeiros livros ...........................................
    6133 Palavras 25 Páginas
  • Irmãos grimm
    o casal mais feliz do mundo.   Fonte: O Mundo da Criança - Histórias de Fadas (Vol.3), 1949, Ed. Delta. Tradução e adaptação de Vera Braga Nunes CONTOS DE FADAS: Paulo Urban, em um de seus artigos revela que os contos têm relevante papel, eles expressam nosso mundo psicológico, trabalham...
    2673 Palavras 11 Páginas
  • Leitura
    MOTIVAÇÃO PELA LEITURA NA ALFABETIZAÇÃO Adriana Damasio Da Silva Eli terezinha Da Sila De Souza Prof. Orientador: Cleonice Soares de Sales Faculdade Educacional da Lapa – FAEL Curso de Licenciatura em Pedadogia RESUMO Reconhecer a importância da leitura e incentivar a formação do...
    2447 Palavras 10 Páginas
  • praticas de leitura
    DISCUTINDO SOBRE LEITURA José Aroldo da Silva 1 RESUMO: A leitura deve ser vista como um conjunto de comportamentos que se regem por processos cognitivos armazenados na memória do indivíduo, os quais afloram durante o contexto da atividade leitura. Sendo assim, o sentido maior da leitura é garantir...
    5034 Palavras 21 Páginas
  • projeto biblioteca
    Escolares - Palavras Andantes Projeto de Leitura Bibliotecas Escolares: Palavras Andantes Área de abrangência: Professores regentes de oficina de biblioteca das escolas municipais. Proponente: • Secretaria Municipal de Educação • Coordenação do projeto de leitura da rede municipal Período de execução...
    6241 Palavras 25 Páginas
  • Sobre história e literatura
    imaginados, pode ser entendida como os primórdios da idéia de história como hoje a conhecemos. Instituindo relevo àquilo que filia a sua existência ao mundo, ao narrar a sua vivência o homem assegurou grandeza a atos individuais e coletivos, assentindo para a importância de preservar para o futuro a memória...
    5243 Palavras 21 Páginas
  • A LEITURA COMO INSTRUMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO
     A LEITURA COMO INSTRUMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO Anne Magalhães, Cássia de Oliveira, Rosimeire Azevedo, Rudival Miranda (UNEB). RESUMO Falar sobre leitura é muito importante, porque conseguimos analisar fatores principais no desenvolvimento do sujeito enquanto leitor, por isso este artigo...
    1282 Palavras 6 Páginas
  • comunicaçao e expressao
    ................75 Hipertexto................................................................................................................87 Leitura: objetivos, estratégias, contextos......................................................97 Produção de texto: características de bons textos, argumentação...
    42857 Palavras 172 Páginas
  • Professora
    O COMPROMISSO DO ESCRITOR COM A LEITURA RODRIGUES PENTEADO, Maria Helena [1] INOCENTI, Reginaldo [2] ...
    5040 Palavras 21 Páginas
  • Fadas, bruxas, princesas e heróis: representações sociais docentes sobre o imaginário infantil
    Garcia Barbacena, MG – Brasil Novembro de 2011 A criança através da Literatura Infantil entra no texto e viaja no mundo da fantasia e do questionamento. Nesse sentido, a leitura pode ser vista, vivida, sentida, falada, ouvida e contada COELHO, 2000 À minha querida amiga e mãe, Celina, sem...
    14376 Palavras 58 Páginas
  • A LEITURA COMO INSTRUMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO
     A LEITURA COMO INSTRUMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO Anne Magalhães, Cássia de Oliveira, Rosimeire Azevedo, Rudival Miranda (UNEB). RESUMO Falar sobre leitura é muito importante, porque conseguimos analisar fatores principais no desenvolvimento do sujeito enquanto leitor, por isso este artigo...
    1282 Palavras 6 Páginas
  • Diário de leitura
    DIÁRIO DE LEITURA1 O GÊNERO DIÁRIO DE LEITURA: INFORMAÇÕES INICIAIS 1. O que são diários de leitura? A primeira consideração a se fazer é que um diário de leitura não é um diário íntimo, (aqueles de adolescente), ou um resumo do texto. O diário de leitura, nesse caso, é um gênero “de si” para “si”...
    4456 Palavras 18 Páginas
  • A visão sobre o negro na literatura infanto-juvenil brasileira: tia nastáscia e benedito; de objeto à sujeito
    melhor compreensão de sua existência. Bakhtin (1992) afirma que as narrativas funcionam como formadoras de consciência, deste modo, o contato com a leitura de histórias provoca reflexões, sensações e formas de identificações que agregam valores à consciência do leitor, gerando valores éticos e estéticos...
    3273 Palavras 14 Páginas
  • O USO DAS NOVAS TECNOLOGIAS PELA COMUNIDADE INDIGENA TIKUNA DO UMARIAÇÚ II
    esforço em apropriar-se da internet não opõe-se às outras aptidões tidas como tipicamente indígenas e demonstra a tentativa dos índios de compreender o mundo em geral. Na primeira parte da pesquisa, elaboramos um questionário com 13 questões pertinentes ao tema, e distribuímos para uma mostra de 4% da população...
    6513 Palavras 27 Páginas
  • Praticas de leitura
    OS BENEFÍCIOS DA PRÁTICA DE LEITURA NA EDUCAÇÃO ESCOLAR REGIANE DE JESUS DOS SANTOS DAIANA CRISTINA BRAULO CASA BRANCA-SP 2010 REGIANE DE JESUS DOS SANTOS DAIANA CRISTINA BRAULO OS BENEFÍCIOS DA PRÁTICA DE LEITURA NA EDUCAÇÃO ESCOLAR ...
    11944 Palavras 48 Páginas