Carl Rogers E O Humanismo artigos e trabalhos de pesquisa

  • Humanismo

    HUMANISMO 1) PRINCIPAIS INFLUÊNCIAS: 1.1 Humanismo Antigo Os Sofistas: se compunham de grupos de mestres que viajavam de cidade em cidade realizando discursos com o intuito de educar o povo, formando cidadãos bem sucedidos na vida pública e privados. Sua técnica de persuasão era a retórica. Máxima de Protágoras: "O homem é a medida de todas as coisas". Foram os primeiros a colocar os problemas do HOMEM no centro da reflexão filosófica. Argumentaram que a moralidade ou imoralidade de...

    2063  Palavras | 9  Páginas

  • Contribuições da teoria humanista de Carl Rogers

    Contribuições da teoria humanista de Carl Rogers para a educação. Aula do dia 25 de outubro de 2012 Professora:Alda Maria Nogueira Figueiredo Carl Rogers Visão Humanista (1902- 1987) Conhecendo Carl Rogers Carl Ransom Rogers nasceu perto de Chicago, em 1902. Teve uma infância isolada e uma educação fortemente marcada pela religião. Tornou-se pastor e encaminhou os estudos para a teologia, quando começou a se interessar por psicologia.  Criou teorias sobre personalidade e prática terapêutica...

    850  Palavras | 4  Páginas

  • HUMANISMO

    Psicologia Geral Humanismo Aula 07 Carmem Giongo Psicóloga do Trabalho e das Organizações - CRP 07/18304 Especialista em Psicologia Organizacional Mestre em Psicologia Doutoranda em Psicologia Social e Institucional Psicologia Geral Humanismo De acordo com o Humanismo, nascido na década de 60, o foco da Psicologia não seria o comportamento e sim a pessoa... Surge do Existencialismo e da Fenomenologia (Filosofia) Psicologia Geral Humanismo Principais fundamentos Sempre ...

    523  Palavras | 3  Páginas

  • CARL RAMSON ROGERES – PERFIL DA TEORIA

    TECNOLOGIA E CIÊNCIAS - FTC ITABUNA, 28 DE NOVEMBRO DE 2012 DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DA FENOMENOLOGIA E DO HUMANISMO DOCENTE: ADAILSON HENRIQUE MIRANDA DE OLIVEIRA CURSO: PSICOLOGIA – FORMAÇÃO DE PSICOLOGA CARL RAMSON ROGERES – PERFIL DA TEORIA Nos Estados Unidos, em meados de 1926, onde o trabalho psicológico dentro das instituições era bastante intenso, Carl Ramson Rogers, psicólogo, estudando e praticando sessões de “Aconselhamento” experimenta formas de abordar seus clientes com...

    1497  Palavras | 6  Páginas

  • Humanismo

    importância da teoria do Humanismo no campo educacional, visando a influência do professor enquanto repassador de conhecimento. Tendo em vista a importância do aprendizado dos futuros alunos, foram analisados os principais conceitos da teoria Humanista no campo da educação e de como se pode agir tendo ela como guia principal. Conforme a pesquisa irá demonstrar, foram selecionadas perguntas tópicos a respeito da teoria defendida, para que futuros professores conheçam mais sobre o Humanismo e seus objetivos...

    3343  Palavras | 14  Páginas

  • TEORIA HUMANISTA - ROGERS E MASLOW

    INTRODUÇÃO 3 O HUMANISMO 4 ABRAHAM MASLOW 5 A HIERARQUIA DAS NECESSIDADES DE MASLOW 6 1.NECESSIDADES FISIOLÓGICAS 8 2.NECESSIDADES DE SEGURANÇA 8 3.NECESSIDADES SOCIAIS 8 4.NECESSIDADES DE ESTIMA 8 5.NECESSIDADES DE AUTO-REALIZAÇÃO 8 CARL ROGERS 11 CONCEITO DE HOMEM 12 TEORIA DE CARL ROGERS 15 APLICABILIDADE Á EDUCAÇÃO 15 CONCLUSÃO 19 REFERENCIA BIBLIOGRÁFICA 20 INTRODUÇÃO O presente trabalho tem como objetivo apresentar de forma geral o conceito de Humanismo e Psicologia...

    5445  Palavras | 22  Páginas

  • Trabalho Sobre Humanismo

    Trabalho sobre Humanismo Conceito Conjunto de ideais e princípios que valorizam as ações humanas e valores morais (respeito, justiça, honra, amor, liberdade, solidariedade, dignidades, aspirações e capacidades acima de tudo.Filosofia moral que coloca os humanos numa escala de importância. Para os humanistas, os seres humanos são os responsáveis pela criação e desenvolvimento destes valores.  Quem fundou o Humanismo A psicologia humanista surgiu na década de 50. Ganhou força nos anos 60 e 70,...

    1345  Palavras | 6  Páginas

  • Humanismo

    Humanismo é a filosofia moral que coloca os humanos como principais, numa escala de importância. É uma perspectiva comum a uma grande variedade de posturas éticas que atribuem a maior importância à dignidade, aspirações e capacidades humanas, particularmente a racionalidade. Embora a palavra possa ter diversos sentidos, o significado filosófico essencial destaca-se por contraposição ao apelo ao sobrenatural ou a uma autoridade superior.[1][2] Desde o século XIX, o humanismo tem sido associado ao anti-clericalismo herdado...

    2052  Palavras | 9  Páginas

  • Rogers: humanismo e aprendizagem

    ROGERS: HUMANISMO E APRENDIZAGEM A Psicologia Humanista trata da relação do homem com a educação. Reconhecida a partir dos anos de 1950 nos Estados Unidos, tendo como um dos pioneiros, Carl Rogers. (1902-1987). “A aprendizagem socialmente mais útil, no mundo moderno, é a do próprio processo de aprendizagem, uma continuada abertura à experiência e à incorporação, dentro de si mesmo, do processo de mudança.” De acordo com os pressupostos do humanismo, o homem não está determinado pela situação...

    981  Palavras | 4  Páginas

  • Humanismo

    Psicologia da Educação Humanismo de Carl Rogers Montenegro 2014 Curso: Graduação em Dança/Licenciatura Professora: Sandra Lemos Aluno: Erasmo Carlos Breitembach Componente curricular: Psicologia da Educação Data: 14/10/14 Atividade: Humanismo de Carl Rogers 1. Pesquise na internet sobre quem foi Carl Rogers e as características da corrente teórica da psicologia defendida por ele. Faça uma síntese do que você encontrou. Carl Ransom Rogers, psicólogo norte-americano...

    1412  Palavras | 6  Páginas

  • Carl Roger

    O PROBLEMA DA EDUCAÇÃO NA VISÃO DE CARL ROGERS Calado,M.R.T * O PROBLEMA DA EDUCAÇÃO NA VISÃO DE CARL ROGERS RESUMO O exposto artigo é produto de uma pesquisa bibliográfica que apresentou como pano de fundo a obra de Carl Rogers no campo da Abordagem Centrada na Pessoa concentrada à educação e que marcou por Aprendizagem Centrada no Aluno. Pretende-se demonstrar a categórica importância da contribuição deste autor, da corrente humanista da Psicologia, para uma maior potência no processo...

    1735  Palavras | 7  Páginas

  • Carl Rogers

    CARL ROGERS SÚMARIO Biografia Carl Ransom Rogers (1902- 1987) Introdução Teorias Rogeriana: - Aprendizagem Centrada na Pessoa A importância e sua influencia para a psicologia Bibliografia Biografia Carl Ransom Rogers (1902- 1987) Carl Rogers nasceu no dia 8 de janeiro de 1902, em Oak Park, nos arredores de Chicago. Os pais de Rogers vinham de uma cultura protestante moralmente rígida, ambos tinham formação universitária e estimulavam uma atmosfera intelectual...

    1272  Palavras | 6  Páginas

  • Gestalt e humanismo

    gestalt são 7:  Semelhança  Proximidade  Continuidade  Pregnância  Fechamento  Unidade Humanismo Em 1962 foi fundada a AHP (American Association for Humanistic Psychology), Associação Americana de Psicologia Humanista, que se tornou a força impulsionadora do movimento. Filosoficamente baseia-se a psicologia humanista sobretudo no humanismo, noexistencialismo (Jean-Paul Sartre, Martin Heidegger) bem como na fenomenologia (Edmund Husserl) e na autonomia funcional...

    558  Palavras | 3  Páginas

  • Carl rogers: dinâmica terapeutica

    implicação na psicologia convêm uma breve ideia biográfica sobre Carl Rogers: 1. Carl Rogers nasceu no dia 8 de Janeiro de 1902, em Oak Park, nos arredores de Chicago. Os pais de Rogers vinham de uma cultura protestante moralmente rígida, um tanto conservadora e bastante fixada em valores tradicionais. Tanto o pai como a mãe tinha formação universitária e estimulavam uma atmosfera intelectual na família. 2. Em 1922 Rogers passa seis meses na China, passando também pelo Japão e Coreia, para...

    680  Palavras | 3  Páginas

  • Cral rogers - biografia

    | CARL ROGERSGESTÃO DE RECURSOS HUMANOSHISTÓRIA DA PSICOLOGIAANO LECTIVO 2010/11 | Resumo O objectivo deste trabalho é fazer uma análise da vida e da obra de Carl Ransom Rogers, um psicólogo e psicoterapeuta americano que exerceu a sua actividade como psicoterapeuta, na área do aconselhamento e na docência. Rogers ficou conhecido pela inovação da sua perspectiva humanista do Ser Humano e pela criação da Terapia Centrada no Cliente ou Abordagem Centrada na Pessoa, que foi aplicada em diversos...

    4123  Palavras | 17  Páginas

  • humanismo

    Humanismo 1. Carl Rogers: Vida e obra (1902-1987) Para compreendermos a obra de Carl Rogers e sua importância para a psicologia é preciso conhecer sua história e seu trajeto. Carl Ransom Rogers nasceu em Oak Park (Chicago) em 08 de Janeiro de 1902, filho de uma família tradicional conservadora que valorizava a educação moral e a religião. Desde pequeno Carl se interessou pela leitura e conhecimento, tornando-se um aluno exemplar e um filho de alta competência para o trabalho junto à família...

    5502  Palavras | 23  Páginas

  • Humanismo

    VIANA ALVES GEIZA FERREIRA BARBOSA NATÁLIA JOICE DE SOUZA LEITE PATRÍCIA BRANDÃO ALVES ROSANA GÓES DE SOUSA HUMANISMO PORTO VELHO/RO 2012 GEEVAN VIANA ALVES GEIZA FERREIRA BARBOSA NATHÁLIA JOICE DE SOUZA LEITE PATRÍCIA BRANDÃO ALVES ROSANA GÓES DE SOUSA HUMANISMO Trabalho de pesquisa, avaliação parcial da disciplina de História da Psicologia, ministrada pela Docente Sâmia Laíse Manthey...

    2446  Palavras | 10  Páginas

  • Freud Skinner E Rogers

     Aspectos que diferenciam o Humanismo dos demais pilares da Psicologia: a Psicanálise e o Behaviorismo. Marlene dos Anjos Navarro Delabio Valéria Calipo Viviane Zanuto Hubber Orientadora: Maria Helena Berkers *Monografia apresentada à disciplina de Teorias e Técnicas Psicoterápica da Universidade Metodista de São Paulo- 1999.      Resumo O trabalho parte da base humanística da teoria rogeriana, fazendo um paralelo com a Psicanálise e com o Behaviorismo, pontuando os aspectos em que os três pilares...

    4702  Palavras | 19  Páginas

  • Humanismo

    Hedinaide Dias Marcilene Souza Paula Bamberg A Abordagem Humanista O Humanismo, que é a terceira força da Psicologia, surgiu nos ambientes acadêmicos dos Estados Unidos após a segunda guerra mundial. Um movimento contrário às duas grandes forças existentes: à ideia do Behaviorismo e seus métodos científicos e à Psicanálise...

    2349  Palavras | 10  Páginas

  • Humanismo X Existencialismo

    uma corrente filosófica que se centraliza na existência do homem e na sua humanidade.“A existência precede a essência” Optamos por abordar a Psicologia Humanista e existencialista Bem como seus precursores e o que acreditavam, Abraham Maslow, Carl Rogers, Viktor Frankl e Rollo May. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica enriquecida com duas entrevistas Com Psicólogo humanista e existencialista. Psicologia Humanista (ABRAHAM MASLOW) Abraham Maslow nasceu na cidade de Nova Iorque...

    2782  Palavras | 12  Páginas

  • estudo dirigido de humanismo

    ESTUDO DIRIGIDO 1ª NP DISCIPLINA: TEORIAS III (HUMANISMO) T35AB DATA: Critérios para análise das respostas: a) estrutura lógica da argumentação; b) competência para abordar os problemas de modo conceitual; c) capacidade de interpretar a questão; d) correspondência entre pergunta e resposta. Valor: 2,0. 1) As atitudes facilitadoras ocupam um lugar de destaque no trabalho clínico de Carl Rogers. Defina essas atitudes, destacando sua importância para a psicoterapia. (Pontuação:...

    612  Palavras | 3  Páginas

  • humanismo

    A psicologia humanista considera a pessoa como um todo Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images Técnicas humanistas de aconselhamento Quais são os quatro objetivos da Psicologia? No final da década de 1950, Abraham Maslow, Carl Rogers e outros psicólogos desejavam uma abordagem humanista à psicologia. Eles não acreditavam que o comportamento humano fosse baseado no condicionamento ou na mente consciente e inconsciente. Acreditavam que a pessoa como um todo — incluindo a saúde...

    634  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo do livro A Árvore da Cura de HURDING, Roger.

     RESUMO HURDING, Roger. A Árvore da Cura. São Paulo: Vida Nova, 2013. INTRODUÇÃO: A Árvore do Cuidado Pastoral Tendo em vista o atual debate sobre a a validade do aconselhamento e da psicoterapia, além da relação entre essas atividades altamente profissionalizadas com as preocupações pastorais da igreja, há muitas pergutas a se fazer. Para compreendermos o papel do aconselhamento e da psicoterapia nos dias de hoje 1. INTRODUÇÃO Diante do debate atual sobre a validade do aconselhamento...

    4461  Palavras | 18  Páginas

  • humanismo

    o Humanismo não aceita a idéia do ser humano como máquina ou animal, sujeitos aos processos de condicionamento. Já em relação à Psicanálise, a reação foi à ênfase dada no inconsciente, nas questões biológicas e eventos passados, nas neuroses, psicoses e na divisão do seu humano em compartimentos. De forte influência existencial e fenomenológica, a Psicologia Humanista busca conhecer o ser humano, tentando humanizar seu aparelho psíquico, contrariando assim, a visão do homem como um ser condicionado...

    574  Palavras | 3  Páginas

  • Rogers vs Skinner

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA SETOR DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE LETRAS VERNÁCULAS ROGERS VS SKINNER: MODOS ANTAGÔNICOS DE CONCEBER A EDUCAÇÃO PONTA GROSSA JULHO/2013 ROGERS VS SKINNER: MODOS ANTAGÔNICOS DE CONCEBER A EDUCAÇÃO Trabalho apresentado à disciplina de Psicologia da Educação, ministrada pelo Prof. Oriomar Skalinski Junior, como requisito parcial para avaliação e conclusão da disciplina. ...

    4013  Palavras | 17  Páginas

  • Trabalho Carl Rogers

    Universidade Presbiteriana Mackenzie Centro de Ciência Biológica e da Saúde Carl Rogers Caroline Varela Jonatas Santos Ferreira Luiza Reis Nathalia Petreche Rafaella Curatolo Thais Reis Veronica Manuppella Victoria Gaudioso São Paulo 2013 Sumário Digite o título do capítulo (nível 1) 1 Digite o título do capítulo (nível 2) 2 Digite o título do capítulo (nível 3) 3 Digite o título do capítulo (nível 1) 4 Digite o título do capítulo (nível 2) 5 Digite o título do capítulo (nível 3) 6...

    8462  Palavras | 34  Páginas

  • biografia carl rogers

    Biografia: Carl Ransom Rogers (1902-1987) Carl Rogers nasceu no dia 8 de janeiro de 1902, em Oak Park, nos arredores de Chicago. Os pais de Rogers vinham de uma cultura protestante moralmente rígida, ambos tinham formação universitária e estimulavam uma atmosfera intelectual na família. Aos 12 anos, Rogers e sua família mudam-se para um fazenda, onde há terra suficiente para iniciar um atividade agrícola.Em consequência dessa atividade ,Rogers matricula-se, em 1919, no curso de Agronomia da Universidade...

    5811  Palavras | 24  Páginas

  • humanismo na violência doméstica

     Psicologia Modelos Humanistas, Comportamentalistas e Sistémicos Humanismo na Violência Doméstica Resumo: Este primeiro trabalho procura analisar as perspectivas Humanistas, dadas em sala de aula, nomeadamente a Teoria Centrada no Cliente de Karl Rogers e a Teoria da Hierarquia das Necessidades, ou pirâmide de Maslow e que aplicabilidades têm em contextos práticos do quotidiano. A abordagem dirige-se a vítimas de violência doméstica, tendo em conta os vários estudos anteriormente realizados...

    2287  Palavras | 10  Páginas

  • A Gestalt, Psicanálise e Humanismo

    A Gestalt ,Psicanálise E O Humanismo Gestalt, a psicologia da forma Fundada dentro da filosofia por Max Wertheimmer e Kurt Koffka a Gestalt traz novas perguntas e respostas para a Psicologia. Ela se detém nos campos da percepção e na visão holística do homem e do mundo. A palavra gestalt não tem uma tradução para o português, mas pode ser entendido como forma, configuração. Criticava principalmente a psicologia de Wundt, que era chamada de Psicologia do "tijolo e argamassa", pois via a mente...

    1296  Palavras | 6  Páginas

  • Historia do humanismo a acp

    primeiramente existe, se descobre, surge no mundo, e que só depois se define; sendo assim o homem, o que ele faz . (MONTEAGUDO 2004, sp) Dando sequencia em nosso raciocínio, a linha humanista surgiu nos Estados Unidos através da ousadia de Carl Rogers em 20 de dezembro de 1941; o fato se deu por ousadia da palestra Newer Concepts in Psychotherapy ou os mais novos conceitos em psicoterapia proferida na universidade de Minnesota, ocasionada pelo furor de transformações provocadas por sua veia de...

    3179  Palavras | 13  Páginas

  • Analise ética nas abordagens da psicologia ( psicanálise, humanismo, gestalt e behavorismo)

    saberes, de tal forma que a escolha de uma abordagem é feita no âmbito da Universidade, de forma bastante polêmica. Neste trabalho iremos nos deter às três abordagens mais difundidas em nosso contexto: a Psicanálise, a Análise do Comportamento e o Humanismo. Sabemos que existem muitas outras correntes de pensamento na Psicologia, além das supracitadas, as quais também possuem validade como um saber, mas não é o foco do trabalho especificá-las como teorias, tampouco tomar partido por nenhuma delas....

    3492  Palavras | 14  Páginas

  • Carl rogers

    SUMÁRIO 1- VIDA E OBRA DE CARL ROGERS..................................................................................01 1.1- Principais livros e obras de Carl Rogers......................................................................04 1.2- Linha do tempo..........................................................................................................05 2- OS FUNDAMENTOS DE CARLS ROGRES.....................................................................05 3- TERAPIA CENTRADA NA...

    1733  Palavras | 7  Páginas

  • Carl Rogers

    Quem é Carl Rogers (1902-1987) ? Carl Ransom Rogers nasceu em Oak Park, perto de Chicago, em 1902. Teve uma infância isolada e uma educação fortemente marcada pela religião. Tornou-se pastor e encaminhou os estudos para a teologia, quando começou a se interessar por psicologia. Na nova carreira, o primeiro foco de trabalho foram crianças submetidas a abusos e maus-tratos. Por essa época começou, por observação, a desenvolver suas teorias sobre personalidade e prática terapêutica. Aos 40...

    1075  Palavras | 5  Páginas

  • Carl rogers

    RELIGIOSO E CULTURAL-IDERC ALDJANE SOBRAL BIZARRIA DOS ANGELOS PSICOLOGIA EDUCACIONAL – CARL ROGERS CANHOTINHO ABRIL/2013 ALDJANE SOBRAL BIZARRIA DOS ANGELOS PSICOLOGIA EDUCACIONAL – CARL ROGERS Resenha como parte da disciplina de Psicologia I do curso de Teologia com Pedagogia, do IDERC, ministrada pela professora Ana Paula Florenço. CANHOTINHO ABRIL/2013 INTRODUÇÃO Carl Rogers mostra de forma clara e objetiva como deve ser a educação nas escolas, abordando termos da psicologia...

    724  Palavras | 3  Páginas

  • Teoria humanista

    1. Carl Rogers e a Teoria Humanista Carl Rogers (1902-1987) foi um psicólogo norte-americano. Desenvolveu a Psicologia Humanista, também chamada de Terceira Força da Psicologia. Carl Rogers foi um dos principais responsáveis pelo acesso e reconhecimento dos psicólogos ao universo clínico, antes dominado pela psiquiatria médica e pela psicanálise. Sua postura enquanto terapeuta sempre esteve apoiada em sólidas pesquisas e observações clínicas. A Psicologia Humanista surgiu como uma reação às ideias...

    2304  Palavras | 10  Páginas

  • Resumo sobre Carl Rogers

    Carl Rogers Nascido em 1902, foi um psicólogo norte-americano e Desenvolveu a Psicologia Humanista, também chamada de Terceira Força da Psicologia. Carl Rogers foi um dos principais responsáveis pelo acesso e reconhecimento dos psicólogos ao universo clínico, antes dominado pela psiquiatria médica e pela psicanálise. Sua postura enquanto terapêuta sempre esteve apoiada em sólidas pesquisas e observações clínicas. Carl Rogers nasceu em Oak Park, Illinois, nos Estado Unidos, no dia 8...

    756  Palavras | 4  Páginas

  • Carl Rogers

     Carl Rogers, um psicólogo a serviço do estudante. A reportagem de Márcio Ferrari - Carl Rogers, um psicólogo a serviço do estudante – mostra que Carl Rogers teve suas ideias para a educação retiradas de sua abordagem Humanista em seu consultório de psicologia, comparando o professor com o terapeuta e o aluno com o cliente, sendo que na psicologia o individuo tem que ser autônomo de suas escolhas para a melhor forma de tratamento, sendo também assim na educação, onde aluno tem que ter...

    528  Palavras | 3  Páginas

  • Desmistificando o humanismo de carl rogers

    TEORIA DE CARL ROGERS A Abordagem Centrada na Pessoa, desenvolvida pelo psicólogo americano Carl Rogers, surgiu inicialmente como uma forma de ajuda no campo da psicoterapia. Posteriormente o seu campo de aplicação estendeu-se a outras áreas dos relacionamentos humanos, como educação e grupos. Apresentamos, a seguir, um relato sintético da história da abordagem centrada na pessoa, focalizando os aspectos fundamentais do seu desenvolvimento. * Rochester Society: onde tudo começou Carl Rogers...

    4436  Palavras | 18  Páginas

  • Biografia Carl Rogers

    1. Dados Pessoais Nascido no dia 8 de janeiro em Oak Park, Ilinois, Estados Unidos, Carl Rogers era de uma família protestante e conservadora, onde as tradições religiosas eram reverenciadas e o trabalho árduo muito valorizado. Quarto filho em um total de seis, Carl Rogers e seus irmãos foram sempre estimulados intelectualmente por seus pais, ambos com graduação. Quando Carl tinha doze anos, seu pai defendeu a ideia de que morar no meio urbano não traria boa influência para seus filhos, e então...

    1502  Palavras | 7  Páginas

  • TRABALHO ESCRITO HISTORIA DA PSICOLOGIA

    JOSÉLIA CARVALHO PAZ LAYNA BARBOSA BEZERRA LAYNA CAMILA E SALES SOUSA PATRÍCIA DE OLIVEIRA EVANGELISTA VALÉRIA pereira da silva HUMANISMO TERESINA (PI) 2015 BRUNO DE JESUS FERNANDA CUNHA PEREIRA GRACIANE RODRIGUES ROCHA JOSÉLIA CARVALHO PAZ LAYNA BARBOSA BEZERRA LAYNA CAMILA E SALES SOUSA PATRÍCIA DE OLIVEIRA EVANGELISTA VALÉRIA pereira da silva HUMANISMO Trabalho apresentado a Faculdade Santo Agostinho – FSA, como requisito para a segunda avaliação da disciplina de História...

    3797  Palavras | 16  Páginas

  • Carl Rogers

    cuja atenção se concentrava na idéia de que todo ser humano possuía uma neurose básica, Rogers concluiu com suas pesquisas que essa visão não era exata, passando a defender que, na verdade, o núcleo básico da personalidade humana era tendente à saúde, ao bem-estar. Tal conclusão sobreveio a um processo meticuloso de investigação científica levado a cabo por ele, ao longo de sua atuação profissional. Carl Rogers ficou famoso por desenvolver um método psicoterapêutico centrado no próprio paciente. O...

    1343  Palavras | 6  Páginas

  • Carl rogers

    Introdução No decorrer desta pesquisa nós virmos o quanto é importante estudar a teoria de Carl Rogers, veremos aspectos fundamentais no pensamento de qualquer grande cientista, a saber, o método, as influencia de outros pensadores no pensamento deste cientista e o conceito de ciência. Sua teoria faz com que nos refletem sobre as mudanças necessárias e que devem ser buscadas, tanto interna quanto externa. Carl Rogers marcou não só a Psicologia Clínica, como também, a Psicoterapia, Administração em diversos...

    2311  Palavras | 10  Páginas

  • Carl Roger

    O MAIS IMPORTANTE É A RELAÇÃO ALUNO-PROFESSOR No campo da educação, Carl Roger pouco se preoucupou em definir práticas. Chegou a afirmar que "os resultados do ensino ou não têm importância ou são perniciosos". Acreditava ser impossível comunicar diretamente a outra pessoa o conhecimento que realmente importa e que ele definiu como " a verdade que foi captada e assimilada pela experiência pessoal". Além disso, Rogers esta convecido de que as pessoas só aprendem aquilo de que necessitam ou o que querem...

    1967  Palavras | 8  Páginas

  • Carl Rogers

    A ética para Carl Rogers Rogers é apologista da Psicologia Humanista. O seu trabalho deu origem a várias teorias, como por exemplo, a da personalidade, a do pleno funcionamento do indivíduo, a das relações interpessoais, e ainda, deduziu “implicações teóricas para a família, a liderança, a solução de conflitos nos grupos e a escola”. Para além disso, ele também definiu vários conceitos, como por exemplo, congruência, consideração positiva incondicional, compreensão empática, aprendizagem autêntica...

    1833  Palavras | 8  Páginas

  • Carl rogers

    ROGERIANA 5 1.2 PSICÓLOGO/ PSICOTERAPEUTA 6 2.DESENVOLVIMENTO 8 2.1 A TEORIA DE CARL ROGERS 10 2.2 A TEORIA ROGERIANA NA EDUCAÇÃO 20 3 CONCLUSÃO 24 4 BIBLIOGRAFIA 26 Os educadores precisam compreender que ajudar as pessoas a se tornarem pessoas é muito mais importante do que ajudá-las a tornarem-se matemáticas, poliglotas ou coisa que o valha. Carl Rogers CARL ROGERS Carl Rogers nasceu em 1902 em Chicago e aos 17 anos ingressou no campus de agronomia na Universidade...

    7576  Palavras | 31  Páginas

  • Carl rogers

    CARL ROGERS A TEORIA DA APRRENDIZAGEM SIGNIFICANTE DE ROGERS (NÃO – DIRETIVISMO), A APLICABILIDADE À EDUCAÇÃO. CARL ROGERS Carl Ransom Rogers nasceu em Oak Park, em 1902. Teve uma infância isolada e uma educação fortemente marcada pela religião. Formado em história e psicologia, aplicou à educação princípios da psicologia, foi psicoterapeuta por mais de 30 anos...

    720  Palavras | 3  Páginas

  • Ensino não Diretivo Carl Rogers

    Ensino não diretivo: Aprendizagem centrada no aluno, contribuição de Carl Rogers para a educação. Introdução Este trabalho tem como objetivo apresentar a contribuição de Carl Rogers para a educação através da sua teoria não diretiva, que vai de encontro às escolas tradicionais da época. Precursor da psicologia humanista, Carl Rogers aplica suas técnicas psicoterápicas à educação, trazendo o aluno para o “centro das atenções” e o professor passa de o detentor do saber, da verdade e que impõe regras...

    4346  Palavras | 18  Páginas

  • Biografia Carl Rogers

    Biografia de Carl Rogers Carl Rogers (1902-1987) foi um psicólogo norte-americano.Desenvolveu a Psicologia Humanista,também chamada de Terceira Força da Psicologia. Segundo o psicólogo Abraham Maslow,Carl Rogers foi um dos principais responsáveis pelo acesso e reconhecimento dos psicólogos ao universo clínico, antes dominado pela psiquiatria médica e pela psicanálise. Sua postura enquanto terapeuta sempreesteve apoiada em sólidas pesquisas e observações clínicas. Carl Rogers (1902-1987) nasceu...

    2444  Palavras | 10  Páginas

  • ceminario de teoria da edução carl rogers

    Educação CARL ROGERS Componentes GLEICIELE RÚBIA JÉSSICA J U L I A N A C O S TA M A R T I N S THAMYRES ROCHA Objetivo Para Rogers o mundo é algo produzido pelo homem, pertence de sua percepção, recebendo os estímulos e atribuindo-lhes significados. Em seu ideal de ensino, o papel do professor se assemelha ao do terapeuta e do aluno ao do seu cliente. Isso quer dizer que a tarefa do professor é facilitar a aprendizagem e que o aluno conduza ao seu modo. Biografia Carl Ransom Rogers nasceu no...

    633  Palavras | 3  Páginas

  • Carl rogers

    ressaltando algumas considerações sobre a Abordagem centrada na pessoa desenvolvida por Carl Rogers, visto que consideramos importantes estes apontamentos, para que, desta forma, possamos articular os conceitos de tal abordagem como influência no campo educacional. Abordagem Centrada na Pessoa é a confiança voltada para outra pessoa, nos processos relevantes da vida. Faz parte da Psicologia Humanista. Criada por Carls Rogers surge como contraposição da psicanálise e do behaviorismo. É uma abordagem não...

    1122  Palavras | 5  Páginas

  • Rogers

    Biografia de Carl Rogers João Hipólito * Publicado na Revista de Estudos Rogerianos "A Pessoa como Centro" Nº. 3 Primavera-Maio 1999 Resumo: O presente trabalho traça uma panorâmica da evolução do pensamento de Carl Rogers, inserindo-a no contexto da sua biografia. Os principais conceitos rogerianos, nos diferentes campos das ciências humanas, são abordados sucintamente. Palavras-Chave: Carl Rogers; Terapia Centrada no Cliente; Abordagem Centrada na Pessoa; Pedagogia Centrada no Aluno; Orientação...

    6211  Palavras | 25  Páginas

  • Psicologia Humanista

    15 de maio de 2014 Introdução Neste trabalho iremos falar sobre a Psicologia Humanista e sua história, sobre como ela surgiu, o que defende, o que ela é, que conceito tem e qual a importância dessa escola. Falaremos também de Abraham Maslow e Carl Rogers que foram os principais filósofos, e colaboraram muito com essa escola e de suas teorias mais famosas. O que é e como surgiu. Psicologia Humanista surgiu na década de 50 e ganhou força nos anos 60 e 70, como uma reação às ideias de análise do...

    2047  Palavras | 9  Páginas

  • Carl rogers - introdução pronta

    Carl Rogers Carl Rogers nasceu no dia 8 de janeiro de 1902 em Oak Park, Illinois, em uma família de religião fundamentalista. Começou os estudos de graduação em teologia no Union Theological Seminary, mas se formou em psicologia na universidade de Columbia. Foi o primeiro psicólogo a gravar sessões psicoterapêuticas, com as devidas permissões, tornando possível o estudo objetivo de um processo eminente subjetivo. Ao contrário de outros estudiosos cuja atenção se concentrava na idéia de que todo ser...

    615  Palavras | 3  Páginas

  • Abordagem Humanista - Carl Rogers

    Abordagem Humanista Carl Rogers Novembro/2012 CARL ROGERS • Psicoterapeuta por mais de 30 anos; • Formado em História e Psicologia, aplicou à Educação princípios da Psicologia Clínica; • Representante da corrente humanista, não diretiva; • Concluiu sua formação e aceitou o cargo de Diretor de uma clínica psico-pedagógica, ficando por 12 anos; • Voltou-se mais para a observação e os dados da experiência, do que para as teorias e especulações; 1902 Nasceu em Chicago • Chegou...

    1794  Palavras | 8  Páginas

  • Resumo de uma palestra sobre teoria fenomenológica de carl rogers

    "Ser empático é ver o mundo com os olhos do outro  e não ver o nosso mundo refletido nos olhos dele" Carl Rogers No último domingo participei da palestra "A Revolução na Psicoterapia e Educação: Carl Rogers, sua vida, sua obra, suas visitas ao Brasil" com o psicólogo e palestrante Eduardo Bandeira, palestra que idealizada no semestre passado e possibilitada graças ao esforço da Profª Samanta (à direita na foto acima). Foi uma experiência inesquecível e transformadora para mim (e acredito...

    847  Palavras | 4  Páginas

  • TRABALHO DE PSICOLOGIA

    HUMANISMO EXISTENCIALISTA Ana Claudia; Bruno Godoi; Camila Bueno; Carlos Dailton; Jéssica Tereza; Melissa Borges; Nathália Claro; Stephanie Proglhof; Vivian Dias Os humanistas afirmam que as pessoas só podem ser compreendidas como indivíduos. Não se pode conhecer uma pessoa a partir de dados estatísticos da população ou a partir de estudos com animais, uma crítica aos métodos do behaviorismo e da ciência tradicional. Quando Surgiu o Humanismo? Ao mesmo tempo em que ocorria a psicanálise e o behaviorismo...

    587  Palavras | 3  Páginas

  • Carl Rogers

    Carl Rogers Carl Rogers nasceu em Illinois, Estados Unidos, em 8 de janeiro de 1902. Foi precursor da Psicologia Humanista e criador da Abordagem Centrada na Pessoa. Formou-se em História e Psicologia, aplicando os princípios da Psicologia Clínica à educação. Suas ideias chegaram ao Brasil na década de 70, em confronto direto com o ideal behaviorista. Ficou famoso por desenvolver um método psicoterapêutico centrado no próprio paciente. O terapeuta, apoiado em sua crença na capacidade e...

    1201  Palavras | 5  Páginas

  • Fichamento psicologia humanista

    FICHAMENTO: HUMANISMO Professora: Roseine Patella – TSP Aluna: Caroline Zanon de Faria - RA: B35FDD-4 SANTOS 2012 - A psicologia humanismta nasceu na década de 50 e ganhou força nos anos 60 e 70. - A psicologia é dividida em quatro grandes, Sendo a Humanista a terceira força (depois da Psicanálise e do Behaviorismo ou Psicologia Comportamental). Surgiu nos Estados Unidos e na Europa. Abraham Maslow é considerado fundador desse movimento. - A visão do Ser Humano no humanismo é a de um ser...

    684  Palavras | 3  Páginas

  • Psicoterapia Centrada Na Pessoa Carl Rogers

    DAS TEORIAS FENOMENOLÓGICA, EXISTENCIAL E HUMANISTA ERECHIM, NOVEMBRO DE 2013 1 ANDRÉ PATZER; BIANCA FIGUEIREDO; CAMILA TOBALDINI; LAÍS MUNTINI; LAURA ORO; LUCIANE VIEIRA; LUCAS COLLA; RENAN BOIANI A PSICOTERAPIA CENTRADA NA PESSOA SEGUNDO CARL ROGERS Trabalho da disciplina de Trabalho De Fundam. das Teorias Fenomenológica, Existencial e Humanista, Curso de Psicologia, Departamento de Ciências Humanas da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – Campus de Erechim. Professor:...

    3208  Palavras | 13  Páginas

  • Terapia em grupo carl rogers x terapia coginitiva

    Terapia em Grupo: Grupo de Encontro de Carl Rogers Origem dos Grupos de Encontro. Nos Estados Unidos, na década de 40, Kurt Lewin, psicólogo do Instituto de Tecnologia de Massachussetts (MIT), desenvolveu o conceito de que a prática das capacidades em relações humanas era um importante tipo de educação na sociedade moderna, mas que estava esquecido. O primeiro grupo, intitulado T-Group, foi realizado em Bethel (Maine) em 1947, após a morte de Kurt Lewin. Os colaboradores de Kurt Lewin continuaram...

    3761  Palavras | 16  Páginas

tracking img