O uso do computador como instrumento incentivador na alfabetização de jovens e adultos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4238 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O USO DO COMPUTADOR COMO INSTRUMENTO INCENTIVADOR NA ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

Iêda Francisca Lima de Farias



Resumo


O presente artigo aborda a experiência desenvolvida com alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) 2º e 3º período, na Escola Municipal Joaquim Gomes Sobrinho – Canguaretama/RN, tendo como objetivo superar as dificuldades de aprendizagem dos educandos,estimular a leitura e a escrita, diminuir a evasão escolar e inseri-los no mundo da informática. Como embasamento teórico, adotou-se o pensamento de Paulo Freire, a Lei de Diretrizes e Bases (Lei 9.394/96), Arroyo (2003), Delors (1996), Perrenoud (2000). A metodologia foi desenvolvida por meio de oficinas pedagógicas, fazendo uso de projetor de multimídia, computador e máquina fotográfica. Osresultados demonstraram que o computador é uma ferramenta de aprendizagem atraente e significativa para alfabetização na EJA, tendo o educador o papel de motivador, contribuindo para fortalecer a autoestima dos discentes e valorizando-os como sujeitos sociais.
Palavras - chave: Computador, Alfabetização, Educação de Jovens e Adultos.


Abstract

Summary this article discusses the experience developedwith students from youth and adult education (EJA) 2nd and 3rd period, at Escola Municipal Joaquim Gomes Sobrinho – Canguaretama/RN, aiming to overcome learning difficulties of students, encourage reading and writing, reduce school dropouts and insert them in the computer world. As theoretical foundation, it took the thought of Paulo Freire, the law of guidelines and Bases (Law 9,394/96), Arroyo(2003), Delors (1996), Perrenoud (2000). The methodology was developed through educational workshops, making use of multimedia projector, computer and camera. The results showed that the computer is an attractive and meaningful learning tool for literacy in the EJA, having the educator role as motivator, helping to strengthen the self-esteem of students and valuing them as social subjects.Keywords: computer, literacy, youth and adult education.
Introdução


As demandas da sociedade informatizada aumentam os desafios enfrentados cotidianamente pelos cidadãos não alfabetizado ou pouco letrados. Propiciar que os jovens e adultos com baixo nível de letramento apropriem-se das tecnologias da informação e comunicação, na medida de suas necessidades e interesses, tornou-se um dever dasociedade.
A educação como direito de todos e dever do estado (Lei de Diretrizes e Bases-Lei nº 9.394/96), sem dúvida, foi um marco de grande relevância, mas ainda carecemos de políticas para a diversidade. Como se pode falar em direitos se não se reconhece as diferenças, as diversidades de cada sujeito? O que se pretende é a formação humana com acesso ao universo de saberes científico,“liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber” (LDB, Lei nº 9.394/96), sendo essa a função da escola, historicamente e socialmente construídos, que permita ao cidadão compreender o mundo, posicionar-se criticamente e nele atuar para melhorar suas condições de vida. Diante dessa premissa, “nenhuma ação educativa pode prescindir de uma reflexão sobre ohomem e de uma análise sobre suas condições culturais. Não há educação fora das sociedades humanas e não há homens isolados”. (FREIRE, 1983, p. 61).
Cabe aos gestores e educadores da Educação de Jovens e Adultos (EJA) refletir de forma crítica e criativa sobre como as novas Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) podem contribuir para a prática pedagógica. Tendo em vista anecessidade de se viver no mundo letrado, saber ler e escrever não é o suficiente para atender as demandas da sociedade. A inserção de tecnologias nas escolas torna-se importante para a apropriação das práticas sociais de leitura e escrita, na vida pessoal e profissional do sujeito de maneira significativa.
Segundo Perrenoud (2000, p. 128),




Formar para as novas...
tracking img