O lado humano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 68 (16928 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS, ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS
“PADRE ANCHIETA”

Administração de Empresas - 2º ano
Grupo 9

O LADO HUMANO DA EMPRESA

Teoria das Organizações
Prof. Pellegrini

Jundiaí / SP - maio - 1998

I - Resenhistas

GRUPO 9

Álvaro Watanabe n.º 11
Antônio A. Rodrigues n.º 28
Carlos E. R. Portela n.º21
Claudia S. C. Albergaria n.º 29
Eduardo Ortega n.º 46
Fernanda Watanabe n.º 60
Gláucia Monteiro Bueno n.º 66
Nilton César Nascimento n.º 98
Rita de Cássia Desanti n.º 107

II-1 - Obra (original)

1. Autor McGregor, Douglas

2. Título The Human side of Enterprese

3. Comunidade que foi publicada Administradores de Empresas voltado paraindústria Norte-Americana

4. Editora McGraw-Hill Book Company

5. Ano 1960

6. Números de páginas não temos esta informação

7. Formato livro literário para Administração de Empresas

8. Preço da obra não temos esta informação

9. Edição 1ª edição/Norte-Americana

II-2 - Obra (tradução)

1. Autor Oliva, Margarida Maria C.

2. Título O Lado Humano da Empresa3. Comunidade que foi publicada Administradores de Empresas brasileiros

4. Editora Martins Fontes

5. Ano 1992

6. Números de páginas 225 páginas

7. Formato livro literário para Administração de Empresas

8. Preço da obra R$ 22,50s (valor pago pelo grupo)

9. Edição 2ª edição/Brasileira

III - Credenciais do autor

Professor Douglas McGregor (informações encontradasna Internet)
Qualificações: Bsc PhD
Classes: 52.474 - Databases 2
ITS.34 -IKBS

Tradutora Margarida Maria C.Oliva (não encontramos nada sobre ela)

IV - Conclusões do autor

Ver no item V – Resumo da Obra, página 56

V – Resumo da Obra

O LADO HUMANO DA EMPRESA
Douglas McGregor
(tradução – Margarida Maria C. Oliva)

ÍNDICE

1. PRIMEIRA PARTE - As pressuposições teóricas daAdministração............. 6
· Administração e Conhecimento Cientifico
· Método de influência e controle
· Teoria X: A concepção tradicional de direção e controle
· Teoria Y: A integração entre os objetos individuais e os organizacionais

2. SEGUNDA PARTE - Teoria Y na Prática..................................................... 20
· Administração por integração e autocontrole
·Crítica da avaliação de desempenho
· Administração de salários e promoções
· O plano Scanlon
· Participação em perspectiva
· O clima gerencial
· Relações entre assessoria e linha
· Para maior colaboração entre assessoria e linha

3. TERCEIRA PARTE - Desenvolvimento do talento gerencial....................... 38
· Uma análise de liderança
· Programas de desenvolvimento de gerentes
·Aquisição de habilidade gerênciais na sala de aula
· A equipe gerencial

4. Conclusão.................................................................................................... 56

1. PRIMEIRA PARTE
As pressuposições teóricas da Administração

Administração e Conhecimento Cientifico

O profissional recorre ao conhecimento cientifico, seu ou de seus colegas, e ao conhecimento obtidoatravés da própria experiência. A dependência maior da primeira fonte de conhecimento do que da segunda é o que distingue o profissional do leigo.
A partir daí é possível ao gerente de uma empresa tornar-se um profissional. Para auxiliá-lo na construção de seus objetivos administrativos, ele pode contar com um corpo de conhecimentos em ciência social razoável e cada vez maior.
O progresso, emqualquer profissão, está associado à capacidade de prever e controlar. Uma das principais tarefas da administração é a de organizar o esforço humano a serviço dos objetivos econômicos da empresa. O sucesso de uma administração depende, não exclusivamente, mas em grande parte - da capacidade de prever e controlar o comportamento humano.
Muitos dos problemas sociais refletem essa inadequação:...
tracking img