O brincar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2948 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO


No espaço coletivo da instituição de Educação Infantil, a brincadeira, a educação e a cultura são elementos que dialogam permeando todas as atividades realizadas com e para as crianças. As crianças são seres de cultura, atores sociais que brincam para tentar compreender a realidade e a cultura na qual estão inseridas, para aprender a lidar com confrontos e tristezas, pararealizarem desejos que no momento não lhes são possíveis e para se divertirem. (WAJSKOP, 1995)
Meu interesse e escolha por esse tema de pesquisa se justifica pelas minhas experiências pessoais vividas durante o curso de graduação de Pedagogia na Universidade Federal de Minas Gerais e, principalmente, durante a bolsa do PIBID – Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - EducaçãoInfantil. Dessa forma, gostaria de expor as experiências que determinaram minhas escolhas.
Durante a minha trajetória acadêmica adquiri uma bagagem que possibilitou o contato com a Educação Infantil e seus sujeitos (crianças, professoras e famílias) dentro da escola. A estrutura do PIBID é privilegiada por possibilitar aos bolsistas dois dias da semana de observação na escola-campo (UMEI Castelo ) e umdia de reflexão na FaE – Faculdade de Educação - junto com as coordenadoras Iza Rodrigues da Luz e Isabel de Oliveira e Silva. Esses momentos na FaE e na Unidade Municipal de Educação Infantil (UMEI) Castelo contribuíram para minha formação pessoal, profissional e acadêmica.
Durante meu estágio do PIBID acompanhando crianças de 2 e 3 anos, me deparei com diversas situações de brincadeira defaz-de-conta, onde as crianças utilizavam-se da função simbólica. Nesse sentido, um brinquedo de montar se transformava num celular que ligava para a mãe; uma banheirinha de boneca era uma sombrinha que a protegia da chuva; o pátio era um mar onde nadávamos e pulávamos onda; alguns brinquedos eram transformados em comidinha; às vezes eu era filhinha e em alguns momentos ficava de castigo, etc. Todasessas situações descritas me intrigavam, fascinavam e estimulavam a pensar a relação entre brincadeira e cultura.
Em minhas observações pude notar algumas brincadeiras de faz-de-conta presentes no cotidiano das crianças. Essas situações proporcionaram várias indagações: Qual é a origem social da brincadeira? Como as crianças se apropriam da cultura e qual o papel da brincadeira nessareprodução-produção de cultura? Será que a localização da instituição de Educação infantil em um tempo e espaço determinado influencia as brincadeiras das crianças? Essas são algumas questões que me possibilitaram formular o meu problema de pesquisa.
Corsaro (2011, p.19) defende, a partir do ponto de vista da Sociologia da Infância, que as crianças, assim como os adultos, são participantes ativos na reproduçãointerpretativa de sua cultura compartilhada e não simplesmente consumidores de uma cultura determinada pelos adultos. Tendo em vista a dimensão cultural como um dos fatores constitutivos do ser humano (CORSARO, 2011), neste trabalho pretendo pesquisar as brincadeiras de faz-de-conta a partir de um olhar sociológico.
Em minha revisão bibliográfica pude perceber uma grande presença de pesquisassobre brincadeiras que são fundamentadas em uma perspectiva psicológica e constatei um pequeno acervo de estudos brasileiros que consideram e analisam as interações entre brincadeira de faz-de-conta e cultura . Embora o campo da sociologia da infância tenha ocupado um espaço significativo no cenário internacional, no Brasil ainda é restrito e recente esse tipo de pesquisa que tenta articular cultura,infância, educação e brincadeira:

Ainda temos um longo caminho a trilhar no que se refere à consolidação da área da sociologia da infância no Brasil, o que Quinteiro (2000, 2002a, 2002b) já constatou em publicações recentes acerca da emergência de uma sociologia da infância no país. (DELGADO; MÜLLER, 2005, p. 353)

Assim, nesta pesquisa, desejo buscar explicações para o papel da...
tracking img