Virologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4826 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO
1.1 Considerações Gerais
A dengue é a mais importante doença causada por arbovírus, em termos de morbidade e mortalidade, sendo por esta razão, um dos grandes problemas de saúde pública em cerca de 100 países situados em regiões tropicais do mundo (Yong et. al., 2000). Esta virose se apresenta nos grandes centros urbanos de várias regiões do mundo, sob a forma de epidemiasde grande magnitude ou sob a forma hiperendêmica, nos lugares onde há um ou mais sorotipos circulando, como no caso do Brasil (Teixeira, et.al., 1999).
Em 1960 Hammon classificou os vírus da dengue (DENV) por suas propriedades antigênicas em quatro sorotipos, denominados dengue sorotipo 1 (DENV-1), dengue sorotipo 2 (DENV-2), dengue sorotipo 3 (DENV-3) e dengue sorotipo 4 (DENV-4). Schererem 1968, sugeriu que a classificação de Hammon fosse utilizada para discriminação de sorotipos virais junto ao comitê da Organização Mundial de Saúde (OMS) (Brancroft, 1906; Siler et. al., 1926; Scherer, 1968; apud Veronese & Focaccia, 2002).
A infecção por qualquer um dos quatro sorotipos pode produzir manifestações que variam desde uma síndrome viral inespecífica e benigna, até um quadrograve e algumas vezes fatal de febre hemorrágica do dengue (Dengue hemorrhagic Fever – DHF) ou síndrome do choque do dengue (Dengue Shock Sydrome – DSS). São fatores de risco para casos graves: a cepa do sorotipo infectante, o estado imunológico e genético do paciente, a concomitância com outras doenças prévias por outro sorotipo viral da doença (Tauil, 2001).
Os quatro sorotipos do vírus dadengue, pertencem a família Flaviviridae, gênero Flavivírus, que inclui pelo menos 68 membros e possui com protótipo, o vírus da febre amarela. Os quatro sorotipos do vírus da dengue formam um subgrupo no gênero Flavivírus (Figueiredo, 2002).
No Brasil, as flaviviroses provocadas principalmente pelo dengue e febre amarela apresentam quadro febril exantemático. Entretanto, a denguemanifesta-se de forma variável quanto ao tipo e à intensidade dos sintomas, na maioria dos casos se desenvolvendo benignamente.

1.2 Aspectos Históricos
A primeira descrição do dengue foi feita por Benjamin Rush, em 1780, durante um surto ocorrido na Philadelphia, EUA, embora se suspeite que venha causando epidemias há vários séculos, (Figueiredo, 2002).
Os agentes etiológicos da febreamarela e do dengue foram os primeiros microorganismos a serem denominados vírus, em 1902 e 1907, respectivamente, descritos como agentes filtráveis e submicroscópicos. Somente 36 anos depois desta precoce observação foi que se alcançaram o conhecimento e a tecnologia necessários para o desenvolvimento de pesquisas laboratoriais com esses agentes. Em 1906, as primeiras evidências do ciclo detransmissão do dengue foram publicadas por Bancroft, que levantou a hipótese de o Aedes aegypti ser o vetor da infecção, o que, logo depois, foi confirmado por Agramonte e outros pesquisadores. Com isto, foi possível estabelecer os elos epidemiológicos envolvidos na transmissão da doença resumidos na cadeia: mosquito infectado → homem susceptível → homem infectado → mosquito infectado (Martinez, 1990).O isolamento do DENV só ocorreu na década de 40, por Kimura, em 1943, e Hotta, em 1944, tendo-se denominado Mochizuki a esta cepa. Sabin e Schlesinger, em 1945, isolaram a cepa Hawaí, sendo que, neste mesmo ano, Sabin ao identificar outro vírus em Nova Guiné, observou que as cepas tinham características antigênicas diferentes passou a considerar que eram sorotipos do mesmo vírus. Às primeirascepas ele denominou sorotipo 1 e à da Nova Guiné sorotipo 2. Em 1956, no curso da epidemia de dengue hemorrágico no Sudeste Asiático, foram isolados os vírus 3 e 4 (Martinez, 1990).
Progressos importantes no estudo do dengue ocorreram durante a Segunda Guerra Mundial, com múltiplos isolamentos do vírus, mas é na década de 80, que avolumaram-se de maneira impressionante os conhecimentos...
tracking img