Trabalho decente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3742 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ASSOCIAÇÃO RONDONIENSE DE ENSINO SUPERIOR
FACULDADE DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E DE TECNOLOGIA
DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO

SANDRA DE SOUZA ARAÚJO

RECOLOCAÇÃO DO PROFISSIONAL NO MERCADO DE TRABALHO EM PORTO VELHO, RONDÕNIA

Porto Velho-RO
2009
SANDRA DE SOUZA ARAÚJO

RECOLOCAÇÃO DO PROFISSIONAL NO MERCADO DE TRABALHO EM PORTO VELHO, RONDÕNIA

Porto Velho-Ro
2009
SUMÁRIO

1INTRODUÇÃO 03
2 TEMA 04
3 PROBLEMA 04
4 HIPÓTESES 05
5 OBJETIVOS 05
5.1 Objetivo Geral 05
5.2 Objetivos Específicos 05
6 JUSTIFICATIVA 06
7 METODOLOGIA DA PESQUISA 07
7.1 TIPO DE PESQUISA 07
7.1.1 Quanto aos objetivos 07
7.1.2 Quanto aos procedimentos técnicos 07
7.2 MÉTODO 08
7.2.1 Método de abordagem 08
7.2.2 Método do procedimento 08
7.3 DELIMITAÇÃO DO UNIVERSO PESQUISADO 08
7.4TÉCNICAS PARA COLETA DE DADOS 09
8 REFERENCIAL TEÓRICO 09
9 CRONOGRAMA 15
10 REFERÊNCIAS 15

1 INTRODUÇÃO

O trabalho humano é, sem dúvida, um dos grandes atributos que transformaram o mundo, criando a realidade como a conhecemos na atualidade. Através do trabalho o homem se apropriou da natureza, transformando-a e sendo por ela transformado.
O trabalho, assim como o Direitodo Trabalho evoluiu ao longo dos séculos e sua realidade se altera especialmente como conseqüência das mudanças sociais e econômicas. Com o surgimento do trabalho assalariado a realidade do mundo do trabalho acompanha, passo a passo, as mazelas e ápices da economia. Quando há crescimento econômico, o mercado de trabalho cresce, os salários aumentam e os trabalhadores, organizados, conquistammelhores condições de trabalho. Por outro lado, quando a economia entra em déficit ou fica estagnada, o trabalho também sucumbe, com a redução dos postos de trabalho e, consequentemente, com a redução da massa salarial e dos benefícios e garantias antes conquistadas.
O trabalhador se transformou, especialmente após a Revolução Industrial, em uma engrenagem no sistema produtivo, tãosubstituível ou descartável quanto uma máquina ou uma linha de produção.
É indiscutível que os postos de emprego estão diminuindo. A tecnologia está substituindo a mão-de-obra humana. O mercado globalizado é cada vez mais agressivo, com capitais circulando facilmente entre os países. Países em desenvolvimento como Brasil, México, China, Coréia e Índia buscam atrair esses capitais a qualquer custo,mesmo penalizando a população, em especial a classe trabalhadora.
O trabalhador em qualquer dos países citados executa suas atividades sob forte pressão. Precisa manter seu trabalho a qualquer custo, pois na porta da fábrica ou empresa que trabalha existe uma fila muito grande de trabalhadores esperando uma oportunidade para ocupar uma vaga qualquer, seja qual for o salário, sem nenhumoutro benefício atrelado à remuneração. Em casa, esse trabalhador tem filhos, esposa, enfim, uma família que precisa ser sustentada, devendo ser providos de calçados, alimentação, material escolar entre outros.
Nos países em desenvolvimento surge a economia informal, ou seja, empregados sem carteira assinada e sem direitos trabalhistas e benefícios previdenciários.
Muito embora odesemprego avance em todos os países do mundo (195 milhões em 2006, conforme a Organização Internacional do Trabalho – OIT), é nos países mais pobres e em fase de desenvolvimento que verifica-se os maiores índices e efeitos maléficos do desemprego. Nesses países a perda do emprego pode significar a miséria absoluta.
O problema do desemprego é atualmente uma preocupação de âmbito mundial epreocupa tanto os países desenvolvidos, em desenvolvimento, como também os de economia emergentes. Todos sentem a reestruturação que sofre o mercado de trabalho e percebe como afeta as sociedades de todos os níveis e classes com a falta de empregos e os problemas gerados por ele.
Neste contexto, o presente projeto busca analisar a situação da recolocação do profissional no mercado de...
tracking img