Tornearia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1173 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO

A definição de usinagem segundo a norma DIN 8580, aplica-se a todos os processos de fabricação onde ocorre a remoção de material sob a forma de cavaco. Podemos definir ainda como operação que confere à peça forma, dimensões ou acabamento, ou ainda uma combinação qualquer desses três, através da remoção de material sob a forma de cavaco.
A maquina ferramenta Torno Mecânico semduvida e uma das maquinas ferramentas mais antiga, onde na antiguidade maquina mais rudimentar trabalhava na produção de vasilhas de cerâmica.
Classificamos os tornos mecânicos em: Torno Mecânico Universal, Torno Revólver, Torno de Placa ou Platô, Torno Vertical, Torno Copiador e Torno CNC.






















2. USINAGEM

No processo de usinagem realizado no tornomecânico a peça possui um movimento giratório uniforme em seu próprio eixo, o que permite um corte continuo realizado por uma ferramenta de gume cortante dotada de dureza superior a da peça a ser usinada que penetra na peça com força de retirar cavaco sobre a peça e a ferramenta presa em suporte porta-ferramenta, contrabalança a reação dessa força.

3. TORNO MECÂNICO

O torno mecânico é composto dasseguintes partes:












• Árvore: eixo rotativo onde é fixada uma placa de fixação da peça a ser usinada. A placa pode ser universal de 3 castanhas, placa de arrastadora e arrasto e placa de castanhas independentes.
• Barramento: Parte que suporta o carro principal ou longitudinal e cabeçote móvel. O mesmo este apoiado sobre os pés da maquina.
• Porta Ferramentas: Suportefixador da ferramenta de corte do torno.
• Cabeçote móvel: parte da maquina que se desloca sobre o barramento para dar apoio na fixação da peça ou auxiliar no processo de furação executado no torno.
• Cabeçote fixo: lugar de alojamento de sistema de engrenagens responsáveis pelas velocidades imposta ao eixo árvore.
• Carro longitudinal: Carro que se desloca ao eixo da maquina.
• Carrotransversal: carro que se desloca no sentido de penetração da ferramenta na peça.
• Carro superior: Carro que as suporte ao porta ferramenta.
• Sela: Sua estrutura é de ferro fundido cinzento, ajustado nas guias prismáticas externas do barramento do torno; realiza o avanço longitudinal, aproximando ou afastando a ferramenta para tornear o material e suporta o avental, o carro transversal e o carrosuperior.
• Avental: É uma caixa de ferro fundido cinzento, fixa na parte dianteira do carro principal.
• Fuso e Vara: Responsáveis por transmitir movimentos para os carros, implicando nos movimentos de avanço longitudinal e avanço transversal, ambos automáticos ou não.

4. TIPOS DE TORNO

4.1 Torno Horizontal









Os tornos horizontais são os mais comuns e mais usadosfreqüentemente. Em função da dificuldade que apresenta na mudança de ferramentas não oferecem grandes possibilidades de fabricação em série.
4.2 Torno Revolver







Os tornos revólver apresentam a característica fundamental que é o emprego de várias ferramentas convenientemente dispostas e preparadas para realizar as operações em forma ordenada e sucessiva o que obriga o emprego de dispositivosespeciais, um dos quais é o porta-ferramenta múltiplo, a “torre revolver” (castelo).
4.3 Torno Vertical

Figura 6 Torno Vertical.
Os tornos verticais, com eixo de rotação vertical, são empregados para tornear peças de grande tamanho, como volantes, polias, rodas dentadas, etc., as quais por seu grande peso se podem montar mais facilmente sobre a plataforma redonda horizontal do que sobre umaplataforma vertical.
4.4 Torno de Placa

Figura 7 Torno de Placa.
O torno de placa é um torno de grande altura de pontas, empregado para tornear peças curtas e de grande diâmetro, tais como polias, volantes, rodas, etc.
4.5 Torno Copiador

Figura 8 Torno Copiador.
Os tornos copiadores permitem obter peças com forma de sólidos de revolução de perfil qualquer. Para poder realizar estes...
tracking img