Risco de liquidez

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4389 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
VI Semead – FEA/ USP

RISCO DE LIQUIDEZ

Uma Proposta para Avaliação do Risco de Liquidez de Mercado

Área Temática : FINANÇAS

Prof. Dr. José Roberto Securato
Doutor em Administração pela FEA – USP
Professor dos cursos de pós-graduação da FEA-USP e FEA-PUC-SP
Av. Prof. Luciano Gualberto 908 – Sala G116 – Cidade Universitária – São Paulo – S.P.
CEP 05508-900 – Fone – 011 – 30916077 –Email – securato@usp.br

Prof. Me. Octavio Ribeiro de Mendonça Neto
Mestre em Ciências Contábeis pela FEA-PUC-SP
Professor dos cursos de Graduação da Universidade Metodista de São Paulo- UMESP e Universidade Ibirapuera-UNIB
Alameda dos Guaiases 659 – Planalto Paulista – São Paulo – SP – CEP 04079-011
Fone – 011-50558233 – Email – octaviomendonca@aol.com e charlie.fred@uol.com.br

RISCO DELIQUIDEZ
Uma Proposta para Avaliação do Risco de Liquidez de Mercado

Resumo

O presente trabalho tem como principal objetivo salientar a importância da avaliação e gerenciamento do risco de liquidez de mercado bem como contribuir com esta avaliação através da apresentação de uma proposta para mensuração deste risco, para ações negociáveis no mercado a vista da Bolsa de Valores de SãoPaulo.
O modelo proposto é uma adaptação dos modelos desenvolvidos na literatura pertinente utilizando como indicador da liquidez o bid-ask spread e como instrumento de avaliação a metodologia do VAR . Ao contrário da maioria dos modelos existentes na literatura sobre o tema que avaliam o risco de liquidez de mercado em conjunto com o risco de mercado, esta proposta pretende medir esterisco de forma isolada através da volatilidade do bid-ask spread
O modelo proposto, na realidade se divide em dois. Os testes realizados indicam em um dos casos, onde foram utilizados dados históricos, uma boa capacidade na avaliação da perda máxima esperada decorrente da exposição dos ativos em questão a este tipo de risco. No segundo caso que utiliza a aproximação da curva normal, acapacidade de previsão é mais modesta. Isto revela a necessidade de alguns aperfeiçoamentos, em especial no que se refere a modelagem de distribuições do bid-ask spread que se aproximem melhor da realidade.

Introdução

As profundas transformações ocorridas na economia e no mercado financeiro na década de 70 , principalmente após o rompimento do acordo de Bretton Woods e a queda domercado de ações em outubro de 1974, despertaram o interesse dos investidores pela análise do risco , particularmente pelas pesquisas desenvolvidas por Markowitz na década de 50 .
A partir de então diversas técnicas foram desenvolvidas , merecendo destaque a do VAR (Value At Risk) ,atualmente largamente utilizada pelos participantes do mercado financeiro e pelos bancos centrais de diversospaíses , inclusive o do Brasil.
Se as técnicas para avaliar e administrar os riscos de mercado e de crédito estão em um estágio bem desenvolvido , o mesmo não se pode afirmar em relação ao risco de liquidez.
Os participantes do mercado em geral quando estabelecem suas estratégias de atuação e mesmo os bancos centrais quando da condução de suas políticas monetárias, freqüentementepressupõem a liquidez dos mercados .Todavia , acontecimentos recentes tem demonstrado que nem sempre este é o caso .
Após o desastre que atingiu as bolsas em todo o mundo em outubro de 1987 e mais recentemente durante as crises financeiras da Ásia e da Rússia , o risco de liquidez passou a preocupar de forma mais efetiva não só os pesquisadores em finanças mas também as autoridadesmonetárias e os grandes bancos de investimentos que atuam em escala internacional .
Como resultado destas preocupações um grande número de papers foram produzidos no âmbito acadêmico e grupos de estudos foram constituídos por bancos e autoridades monetárias. Entre estes, merece destaque o grupo de estudos de pesquisadores dos bancos centrais dos países do G-10 constituído em dezembro de 1997...
tracking img