Resumo - psicologia forense

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2026 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Psicologia e Psicologia Jurídica

A psicologia vem de Psico que significa mente e Logos que significa estudo, sendo definida como o estudo cientifico do comportamento e dos processos mentais. O comportamento é as ações do ser humano e os processos mentais são experiências internas.
Além disso, a psicologia possui diferentes linhas:
Psicologia Psicanalítica: que enfatiza papel do inconscientee as experiências infantis.
Psicologia Experimental: Examina os processos comportamentais enquanto aprendizagem, condicionamento, motivação, emoção, sensação e percepção em seres humanos e em animais.
Psicologia Comportamental: cujo principal o objetivo é a observação do comportamento e dos efeitos que os estímulos e as respostas podem causar sobre ele.
Psicologia Humanista ou Experimental:busca relacionar o sentido da vida e os valores da pessoa com os aspectos emocionais da existência humana.
Psicologia Gestáltica: é o estudo a percepção, a noção de campo, sua organização e contexto.
Existem contribuições do Funcionalismo, que desenvolveu importantes estudos comparativos entre animais e seres humanos, e outras abordagens, como a neurobiopsicologia, que investiga as relações entrebiologia, comportamentos e processos mentais, e os processos físico-químicos que afetam a estrutura e o funcionamento do cérebro e do sistema nervoso.

Do Direito à Psicologia ou da Psicologia ao Direito

A psicologia jurídica é uma disciplina ainda por construir, porque a impermeabilidade de parte dos juristas muitas vezes dissociados do método científico, ocasiona produções essencialmentede compilação, inscrevendo um nível discursivo sobre os fenômenos humanos.
Ainda tem-se a recenticidade da psicologia experimental e científica. A psicologia, vem mesclada com a filosofia e com a religião e, remonta à antiguidade como influência antecedente, uma vez que a psicologia não nasceu cientifica.
É fácil constatar que o direito e a psicologia possuem um destino comum, pois ambos tratamdo comportamento humano, parecendo dois mundos condenados a entender-se. A psicologia é obcecada pela compreensão do comportamento humano. E o direito é o conjunto de regras que busca regular esse comportamento, prescrevendo condutas e formas de soluções de conflitos, para sustentar a vida em sociedade.
A relação entre psicologia e direito parece ser verdadeiramente uma questão de justiça, eleshão de relacionar-se porque tratam da conduta humana. Sendo que o comportamento humano é um objeto de estudo, que pode ser apropriado por vários saberes simultaneamente.
Há aqueles que continuam a negar a formação psicojurídica, alegando que direito e psicologia pertencem a mundos diferentes: a psicologia ao mundo do ser, o direito ao mundo do dever-ser; a psicologia assentada na relação decausalidade, o direito no princípio da finalidade, entretanto, o homem, na realidade, é cidadão de dois mundos, que ele pertence simultaneamente ao ser e ao dever-ser.

Da Psicologia e do Direito à Psicologia Jurídica

A psicologia jurídica só existe a partir da dura realidade, limitando-se, ao lado de outras ciências, a uma condição de disciplina auxiliar do direito.
A psicologia jurídica é oestudo do comportamento das pessoas e dos grupos enquanto têm a necessidade de desenvolver-se dentro de ambientes regulados juridicamente, assim como da evolução dessas regulamentações jurídicas ou leis enquanto os grupos sociais se desenvolvem neles.
Há três grandes caminhos para o método psicojurídico:
A psicologia do direito: cujo escopo seria explicar a essência jurídica, a fundamentaçãopsicológica do direito, uma vez que todo o direito está prenhe de conteúdos psicológicos.
A psicologia no direito: que estudaria a estrutura das normas jurídicas enquanto estímulos vetores das condutas humanas. As normas jurídicas destinam-se a produzir ou evitar determinadas condutas.
A psicologia para o direito: esta sim a psicologia como ciência auxiliar do direito, tal como a medicina...
tracking img