Os jogos de empresas como recurso didático na formação de administradores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2014 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Os Jogos de Empresas como Recurso Didático na Formação de Administradores

1 INTRODUÇÃO....................................................................................................4

2 DESENVOLVIMENTO........................................................................................5
2.1Conceito...........................................................................................................5
2.2 Origem e Evolução...........................................................................................5
2.3 Pontos Fortes...................................................................................................6
2.4 Pontos Fracos..................................................................................................7

3 APRECIAÇÃOCRÍTICA.....................................................................................8

4 CONSIDERAÇÕES FINAIS...............................................................................9

5 REFERÊNCIAS.................................................................................................10


1 INTRODUÇÃO

Jogo de Empresas é uma simulação de um ambiente empresarial, onde osparticipantes atuam como executivos de uma empresa, avaliando e analisando cenários hipotéticos de negócios e as possíveis conseqüências decorrentes das decisões adotadas. São considerados como técnica educacional na qual os participantes, geralmente agrupados em equipes, analisam e estudam diversos problemas e situações do modelo empresarial, simulando ciclos sucessivos de decisões e resultados(ZOLL, 1969, citado por MARTINELLI, 1988).
É a oportunidade de o aluno vivenciar os conceitos aprendidos em sala de aula e colocá-los em prática, ajudando a prepará-los para o mercado de trabalho. Existem muitas razões para explorar cada vez mais esse novo formato de ensino, entre eles a redução entre teoria e prática, a boa aceitação entre os alunos, a aproximação entre discente e docente e por seruma metodologia diferencial para as Instituições de Ensino servindo para a melhoria da qualidade do ensino ofertado.
Por outro lado, existem alguns fatores que dificultam o uso desta metodologia, como a complexidade na utilização do sistema, a necessidade de grande dedicação do docente além dos altos custos.
Ao longo desta resenha vamos explorar com mais detalhes os pontos fortes e fracos, osconceitos, evolução e uso dos jogos.






2 DESENVOLVIMENTO


2.1 Conceito

Os jogos de negócios são uma modalidade de simulação de determinados processos decisórios operativos ou funcionais. O objetivo da simulação está ligado a superação dos problemas e a mudança dos resultados da organização.
Os jogos inseriram o aluno em um ambiente que deve ser o mais próximo possível darealidade facilitando o ganho de compreensão nas relações entre os subsistemas da organização e desta com o ambiente. Por estar em um ambiente competitivo com recursos físicos, processos, pessoas, produtos e clientes cria a oportunidade de desenvolver habilidades praticas a partir dos conceitos vistos em sala de aula, assegurando um diferencial na formação desses profissionais em termos de competênciatécnico-conceitual.


2.2 Origem e evolução

O primeiro jogo de empresa foi o Top Menagement Decision Game desenvolvido pela American Menagement Association, em 1956. Porém, encontramos em KEYS e WOLF (1990) dados interessantes sobre a origem dos jogos de empresas atribuídos aos jogos de guerra criado na China a aproximadamente 3000 a. C.
Inicialmente, os jogos de empresa foram adaptados aossimuladores militares, mas somente com a evolução dos computadores os jogos de empresas ganharam impulso.
No Brasil, a simulação gerencial somente se popularizou na década de 90, onde até então estava limitado ao uso de poucas universidades.
Os jogos de empresas passam a ser usados com maior intensidade quando o MEC sugeriu seu uso como metodologia alernativa ao ensino e aprendizagem nos...
tracking img