Nissan

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1404 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

Alessandro Ribeiro
Franciele Santos
Gisele Herrero
Marcelle Furtado







TRABALHO DISCIPLINAR – LOGÍSTICA INTEGRADA – PARTE 9 - MODAIS E TRANSPORTE
















Curitiba / PR
2012


9 – MODAIS E TRANSPORTES

A definição do modal utilizado nos processos de distribuição pela Nissan não se dá exclusivamente em função da análise de um único elemento da cadeia de distribuição. Issosignifica que a análise realizada pela empresa considera a interdependência entre os elementos, e consequentemente, o impacto no custo. Dentre os pontos que a Nissan leva em consideração, podemos: volume de produção, demanda do mercado, disponibilidade de carretas tipo “cegonha” e navios para transporte, porto de atracação do navio, entre outros.
No que diz respeito ao carros fabricados no Brasil, em100% dos casos os veículos são distribuídos através do modal rodoviário, face as características apresentadas pelos mesmos (Pesos e dimensões elevadas). Neste modal o fluxo de transporte inicia-se na cidade de São José dos Pinhais/Paraná, local de fabricação dos mesmos, e termina nas concessionárias espalhadas ao redor do país. O Incoterm (Internacional Commercial Terms) da operação é CIF (CostInsurance and Freight, ou Custo, Seguro e Frete), onde a Nissan é responsável por todos os custos e entrega do veículo até o concessionário.
Para os carros fabricados no México, o modal de importação é o marítimo. Após “nacionalização” dos carros (desembaraço aduaneiro dos carros nos portos de origem), é utilizado o modal rodoviário para distribuição dos veículos. O Incoterm utilizado é o FOB (Freeon Board, ou Livre a Bordo), onde a Nissan Mexicana se responsabiliza pelo transporte dos veículos até o navio no México, sendo que os impostos, liberação alfandegária, e distribuição dos carros no Brasil, ficam a cargo da Nissan do Brasil.

1 Serviço de contratação de transporte

Veículos fabricados no Brasil: Devido ao grande volume de veículos produzidos, e visando garantir que não haverárisco de ficar sem caminhões disponíveis para transporte de seus veículos, a Nissan possui contrato com uma empresa terceira para realização do serviço de transporte . A contratação do serviço ocorre a cada dois anos, e são consultados os principais especialistas em logística do mercado. É estabelecido um caderno de encargos a ser seguido pelos competidores, e quem atingir todos os requisitos com omenor preço de mercado, é o ganhador do negócio. Atualmente a empresa CATLOG é detentora do contrato com a Nissan.
Veículos fabricados: O parceiro logístico da Nissan no México é responsável pela consolidação da carga e abastecimento dos navios que trazem os carros para o Brasil. Após desembaraço aduaneiro, a responsabilidade do transporte é da empresa contratada pela Nissan do Brasil, que é amesma que executa o serviço de transporte dos veículos fabricados em São José dos Pinhais.


2 Planejamento e execução de embarques / Otimização da capacidade disponível

O planejamento do embarque de veículos para as concessionárias é feito com base na demanda de vendas, somado a disponibilidade de veículos em estoque nos pátios de armazenagem da Nissan. Via de regra, os embarques ocorrem1xsemana, visando garantir que os concessionários não fiquem desabastecidas, e que a Nissan não perca vendas por falta de produtos a disposição para o concessionário. No que diz respeito a otimização da capacidade disponível, a Nissan procura efetuar as entregas com caminhões cegonhas totalmente carregados, visando reduzir os custos logísticos da operação. Contudo isto não é uma regra, visto queexistem regiões com demanda menor de veículos, e, visando preservar a imagem da empresa, a Nissan faz o envio mesmo com os caminhões cegonha não completos. Os veículos importados do México são disponibilizados apenas após preenchimento total de todos os contêineres, visto que o custo total de frete marítimo é relativamente alto.

3. Administração de não conformidades em transporte

Antes de serem...
tracking img