Influencia da pratica desportiva no desempenho escolar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1607 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Vários estudos referem que a atividade física favorece o controlo dos factores de risco relacionados diretamente com problemas cardiovasculares, ortopédicos ou locomotores, designadamente a osteoporose, a obesidade, o stress emocional, os diabetes, a pressão sanguínea elevada, alguns tipos de cancro, para além de contribuir para a melhoria da qualidade de vida. Sabe-se também que é desde criançaque se iniciam os factores de risco, sendo como tal necessário combatê-los, educando corretamente as crianças a adotarem estilos de vida saudáveis. [1]
Mas, qual será o contributo da prática desportiva no desempenho escolar dos jovens?
A atividade desportiva atende aos objetivos psicomotores relacionados com o desenvolvimento físico e inclui objetivos de aprendizagem que facilitam odesenvolvimento cognitivo: “Aprender é mais benéfico quando é mais divertido para os estudantes” (Defranchesco, 2004).[1]
Acredita-se que o desporto é um fator que pode construir uma consciência critica nos jovens, fornecendo uma visão mais globalizada da sociedade sendo relevante para a formação da personalidade, coordenação, equilíbrio, flexibilidade, rapidez de raciocínio e lateralidade.
Através daprática de atividades físicas a criança melhora a sua auto-estima, os seus limites, sente-se mais confiante e vivencia situações de frustrações que são fatores fundamentais no seu desenvolvimento psicológico.
De acordo com Rocha (2000) desporto é a prática metódica dos exercícios físicos e ainda divertimento sem interesse de lucro.
O desporto, segundo Cagigal (1995 apud SCALON 2004) é conceituadoda seguinte maneira: “... desporto é aquela competição organizada, que vai desde um grande espetáculo até a competição de nível modesto; é realizada com o desejo de comparar-se, de superar outros ou a si mesmo e gratificante apesar do esforço”.
Os desportos, em geral, e principalmente os individuais, atuam no desenvolvimento da personalidade pois exigem uma melhor preparação psicológica para asua prática, envolvendo aumento da confiança, da perseverança, da motivação intrínseca e da segurança, necessárias para o desempenho individual ou coletivo, exigindo níveis variados de disciplina que conduzam a comportamentos adequados para enfrentar a vida em grupos sociais distintos (Moreno, 2007).
Os desportos coletivos (Teixeira, 1995) desenvolvem principalmente o “espírito social”, decolaboração e de equipe, no qual o participante está inserido. Segundo Paes (2006) é necessário considerar três aspectos relativos aos jogos desportivos coletivos os quais são: a imprevisibilidade (ações que nunca se repetem), a criatividade (não fazer somente o óbvio) e a complexidade.
Machado e Ribeiro (1991), num artigo de revisão bibliográfica de 120 estudos, concluíram que, embora de entre asvariáveis psicológicas estudadas as afetivo-emocionais pareçam ser francamente beneficiadas pela atividade física, existe um efeito positivo sobre a realização cognitiva.
Segundo os mesmos, este facto poderá contribuir para a discussão da relação entre a realização académica e a prática inerente à disciplina de Educação Física.
Alguns estudos sugerem, também, que o exercício poderá ajudar os alunosa melhorarem o seu desempenho académico através de diversas formas, considerando inclusive alguns investigadores que quando alguém se sente bem fisicamente é capaz de funcionar num nível mais elevado academicamente. Num estudo realizado a alunos do ensino superior, por exemplo, verificou-se que a participação regular em desportos universitários se encontra significativamente associada a resultadossuperiores em testes de história, cidadania, geografia, ciências e matemática, não sendo a participação em tais atividades prejudicial para o rendimento académico dos alunos.
Fejgin (1994) conduziu uma investigação que analisa a relação entre a participação desportiva escolar e o rendimento académico de alunos do 8º e do 10º anos de escolaridade, tendo encontrado efeitos significativos os...
tracking img