Fatores que interferem na aprendizagem dos alunos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6590 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SEMINÁRIO TEMÁTICO II
CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO EM EDUCAÇÃO

ÁREA DO CONHECIMENTO
FATORES QUE INTERFEREM NA APRENDIZAGEM DOS ALUNOS
FILOSOFIA E PSICOLOGIAÁGUA BOA, DE 09 A 11 DE DEZEMBRO DE 2006


FATORES QUE INTERFEREM NA APRENDIZAGEM
Acadêmicas: ARAÚJO, Divina Pereira
OLIVEIRA, Ekisaine Freitas
STEFFEN, Janete Acadrolli
SOUZA, Maria Osvalda
Orientadora: ZAMPIROLO, Odila Maria

O presentetrabalho tem por objetivo abordar a dificuldade de aprendizagem dos alunos do segundo ao quinto ano da Escola Municipal Cristalino. Neste contexto fizemos nossa pesquisa para verificar os fatores que interferem na aprendizagem e que prejudicam a produção do desenvolvimento escolar. Na nossa pesquisa utilizamos métodos investigativos direcionados aos professores, direção, coordenação e alunos, além deanamnese com os pais. Essa foi à forma de investigar toda vida do aluno desde a gestação até os dias atuais. Também dialogamos com alguns alunos e estes tiveram oportunidade de expor suas dificuldades e opiniões em tudo que diz respeito a sua aprendizagem em sala de aula. Durante nossa pesquisa observamos o drama que os alunos com a dificuldade de aprendizagem enfrentam na escola, sendo taxadoscomo menos inteligentes pelos colegas e até implicitamente pelos professores. Ainda sentem vergonha de serem constantemente interrogados com perguntas como: “você é repetente? Você ainda não sabe ler? Ou você está na sala errada, esta é dos pequenos”. Além disso, diagnosticamos a falta de interesse tanto do aluno com sua aprendizagem, quanto a dos pais em relação ao desenvolvimento escolar do filhosem contar que há professores que dão ênfase na teoria, onde deveria ser na prática. Também percebemos o déficit na relação professor/aluno. No final da nossa pesquisa, concluímos que falta os professores trazerem para si a responsabilidade do aluno não ter aprendido, ou seja, parece não ter sensibilidade ao falar do aluno que freqüentou a escola um ano e chega ao término dele sem ter aprendidoquase nada. Esses foram alguns dos problemas existentes na educação e que também encontramos na Escola Municipal Cristalino. Os profissionais precisam compreender que o fazer educação não pode ser separada do social, caso contrário, não sentiremos o solo que pisamos e conseqüentemente nos sentiremos impotentes diante da nossa árdua, porém doce tarefa de ensinar e aprender, aprender e ensinar. Somosprofessores, e alunos estão na escola em nossas salas e temos que acreditar que um “outro mundo é possível”, porque o “mundo, não é o mundo está sendo, (Freire, 1997)”.

Palavra chave: Dificuldades de aprendizagem, relação professor/aluno e relação familiar.


INTRODUÇÃO

O trabalho tem por objetivo mostrar as controvérsias sobre os problemas de dificuldades de aprendizagem que atravessaos anos sem nenhuma resposta satisfatória.
A ênfase atribuída aos fatores de dificuldade de aprendizagem tem crescido cada vez mais. Atribui-se a fatores de ordem social, emocional e pedagógica, buscando compreender as possíveis causas das dificuldades.
Em geral, o problema tem sido percebido primeiramente pelos pais e/ ou professores. Os pais, quando convivem constantemente com a criança,acumulam uma grande quantidade de experiências sobre seu desenvolvimento e se encontram em uma posição privilegiada para detectar problema, desde que tenham os olhos voltados para isso, mesmo que não possuem uma série de informações, são capazes de ajudar no processo de aprendizagem de seus filhos.
A escola, então, atua como mediadora do conhecimento e a classe docente, nada mais é do que agentes...
tracking img