Estudo de caso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2272 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade do Sul de Santa Catarina – Unisul
Campus Virtual

| Atividade de avaliação a distância (AD) |

Disciplina: Metodologia para estudo de caso – AD2
Curso: Gestão de Segurança Pública
Professor: Luciana Mara Silva
Nome do aluno: Maiza Costa Hoffmann
Data: 04 de março de 2012.

-------------------------------------------------
Orientações:
*-------------------------------------------------
Procure o professor sempre que tiver dúvidas.
* -------------------------------------------------
Entregue a atividade no prazo estipulado.
* -------------------------------------------------
Esta atividade é obrigatória e fará parte da sua média final.
* -------------------------------------------------
Encaminhe a atividade via Espaço UnisulVirtual deAprendizagem (EVA).

Escolha um tema de sua preferência e elabore um texto acadêmico para apresentá-lo.

O objetivo desta AD é capacitá-lo para elaborar futuramente as etapas iniciais de seu relatório de estudo de caso. Lembre-se que esta construção deve trazer um texto coeso e coerente que apresente a idéia central do seu tema de forma a convencer o leitor da sua relevância.
Este texto deveráser construído com base nas orientações do livro didático (unidade 3 seção 4) para cada uma das partes que o compõe e seguirá a estrutura separando-o em 5 partes como mostraremos a seguir:
a. descrição do tema específico;
b. justificativa da escolha do tema;
c. problema que o pesquisador se propõe a resolver com a escolha deste tema;
d. contextualização teórica do tema;
e.referências
Lembre-se de utilizar pelo menos dois autores diferentes para fundamentar teoricamente o seu texto, citando a parte da obra e seus autores conforme as normas metodológicas.

Universidade do Sul de Santa Catarina – Unisul
Campos Virtual – Educação Superior a Distância

1 TEMA ESPECÍFICO

O Crime Organizado no Estado de Santa Catarina

2 JUSTIFICATIVAA motivação advém da problemática enfrentada pelo sistema prisional quanto ao crime organizado que vêm atuando, cada vez mais, dentro e fora dos estabelecimentos penais. Saber sobre asudo de C relações de poder que se formam nos estabelecimentos penais, assim como procurar identificar os mecanismos que acionam a formação das organizações criminosas no sistema penitenciário despertou o interesse emdesenvolver este estudo científico. Tal pesquisa científica torna-se relevante, pois visa desvendar quais as motivações que propiciam o forte vínculo estabelecido dentro destes grupos criminosos e esclarecer sob qual lógica operam, contribuindo assim para a análise do poder disciplinar na prisão e para a criação políticas de intervenção e desmantelamento destas redes de poder que “controlam” ondeo Estado não consegue eficientemente atuar.


3 PROBLEMA
3.1 O crime organizado atua no Estado de Santa Catarina?
3.2 Há algum fator estimulador que aciona a formação, o crescimento e a dissipação de facções criminosas no sistema prisional catarinense?

4 CONTEXTUALIZAÇÃO TEÓRICA

Trata-se de um estudo de caso, cujo objeto é o crime organizado no Sistema Prisional do Estado deSanta Catarina. Tem como premissa demonstrar as relações de poder que se formam dentro da prisão, local que favorece a perpetuação do crime organizado por não haver atuação ativa por parte do Estado, formando uma sociedade de delinqüentes com regras e códigos específicos.
Quanto à definição de crime organizado, a legislação brasileira não possui uma definição própria para crime organizado. Oordenamento jurídico vigente conta com duas normas que se referem especificamente ao crime organizado: a Lei nº 9.034/1995 que dispõe sobre a utilização de meios operacionais para a prevenção e repressão de ações praticadas por organizações criminosas e a Lei nº 10.217/2001 que alterou os arts. 1° e 2° da Lei n° 9.034 de 3 de maio de 1995 e passou a definir e regular meios de prova e procedimentos...
tracking img