Estudo de caso: comandante fred

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3082 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTUDO DE CASO: COMANDANTE FRED
Fred recebeu sua espada de oficial e foi iniciar sua carreira militar em um quartel
na cidade de São Paulo. Nessa cidade, encontrou-se com quatro antigos colegas
do curso médio, de quem se separara ao entrar na academia. Agora, eram todos
engenheiros, um deles trabalhando como projetista de veículos. Cada um deles trabalhava
em uma organização diferente.
Fredtinha bons conhecimentos de eletrônica e procurava manter-se atualizado,
mas não era especialista como seus amigos. Reuniam-se freqüentemente e costumavam
trocar idéias sobre suas profissões,
,
A IDEIA DE UMA EMPRESA
Em uma das reuniões, o projetista falou de um pequeno empresário da Inglaterra,
que havia conhecido em urna viagem. Esse empresário tinha trabalhado em uma
empresa debrinquedos, A empresa fazia os projetos na Inglaterra e depois enviava os
desenhos para a China, onde os brinquedos eram fabricados. O empresário, que era
um dos projetistas, havia decidido se estabelecer corno fabricante, Ele teria que fazer
um grande investimento para concorrer com seu antigo empregador, Se desse certo,
o retorno seria recompensador, Fred e seus amigos ficaram entusiasmados com aidéia de serem empresários também. Os cinco chegaram à conclusão de que seriam
capazes de montar pelo menos um protótipo de um brinquedo, para ver como funcionava. Um deles deu a idéia de um veículo transparente, uma minivan do tamanho de
uma caixa de sapatos, com bonecos de passageiros que se movimentavam.
,
UM EMPREENDIMENTO TEM INICIO
Fred percebeu a oportunidade e propôs uma sociedade denegócios aos amigos,
para fabricar e vender aquele brinquedo. Convenceu-os a se cotizarem em uma empresa
e ofereceu-se para ser o presidente-vendedor. Os quatro trabalhariam no desenvolvimento
e montagem do protótipo, que não demorou a ficar pronto. Com o
brinquedo debaixo do braço, em seus dias de folga, Fred começou a visitar os clientes
potenciais. Enquanto isso, seus amigos aprimoravam oprojeto e organizavam uma
linha de montagem rudimentar. Fred encarregou-se dos suprimentos para a linha de
produção, da administração do dinheiro em caixa, para o qual todos contribuíam, e
do material de propaganda. Ficou acertado que os direitos e deveres, bem como os
benefícios da empresa, seriam iguais para todos.
Em pouco tempo, já havia perspectivas de vendas, desde que algumas pequenasmodificações fossem feitas no projeto. Os compradores potenciais queriam que
o brinquedo atendesse a toda a legislação e não oferecesse qualquer risco para as
crianças que o usassem. Além disso, havia modificações sugeridas no projeto do
veículo, que deveria ter o formato de jipe e não de minivan. Apesar disso, os clientes
só não haviam comprado porque não havia talão de pedidos. Um dosclientes potenciais,
uma fábrica de brinquedos, havia levantado a idéia de adquirir o projeto e
pagar direitos à empresa de Fred. Outro havia perguntado se a empresa de Fred
tinha outros projetos, como aviões e trens.
O COMANDANTE COMEÇA A COMANDAR
Ansioso com as possibilidades, Fred passou a pressionar os colegas para fazer as
modificações que os clientes queriam e para iniciar a produção. Ademora era inevitável,
porque eles só dedicavam as horas vagas à empresa. A ansiedade evoluiu para
o nervosismo e daí para a tensão. Nenhum deles pensava em abandonar seus empregos
para se dedicar integralmente à empresa. Todos estavam enfrentando problemas
em casa, por causa de seus horários e da distância das famílias.
Além disso, eles começaram a discutir por causa dos direitos e deveres. Emuma
reunião, um deles disse:
Essa história de dividir igualmente os rendimentos não está certa, Em minha
opinião, tem mais valor a capacidade de fazer o produto do que o trabalho
de vendê-lo.
Estamos contando com os ovos antes da galinha - disse Fred. - Até agora,
não vendemos nada. Devemos discutir a divisão somente depois de vender
algo. Por falar nisso, se não fosse eu a vender ......
tracking img