Encoder

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1123 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto Politécnico de Bragança


[pic]



Sistema de Aquisição de Dados


TRANSDUTORES – ENCODER’s


[pic] [pic]


Curso: Engenharia Informática


TRABALHO REALIZADO POR: N.º
OCTÁVIO AZEVEDO 8507
RICARDO FREITAS 7700



BRAGANÇA 2003
Introdução
   

Pretende-secom este trabalho conhecer e compreender o funcionamento dos encoder’s (codificadores).
Para tal procuramos de forma sucinta descrever o seu funcionamento, as suas categorias, principais características e aplicações práticas.
Para tal efectuamos uma pesquisa na Internet e usamos alguma da bibliografia fornecida pelo docente.
De seguida apresentamos os resultados obtidos deforma a “conhecer” os encoders.









Conceitos Básicos

• Transdutor
Componente que transfere informação (na forma de energia) de uma parte do sistema de medida para outra, incluindo a alteração da forma de energia que contém a informação.
Normalmente, conversão para energia eléctrica.


• Sensor

Parte do sistema de medida que responde pelo parâmetro(grandeza) físico a ser medido.
Baseado num transdutor, tem ainda associado algum tratamento do sinal, e até, por vezes, condicionamento de sinal.

• Encoders

Os Encoders são dispositivos projectados para fornecer a posição (angular ou linear) de um eixo, ferramenta, etc.  
São divididos em duas grandes categorias: os Relativos (também chamados de incremental) e os Absolutos.Usam-se em: impressoras, plotters, controlo de posicionamento de uma antena de radar, etc.


Encoders
➢ Encoders Relativos  
São discos perfurados, com ranhuras ou estrias metálicas, distribuídas igualmente pela circunferência de um disco, normalmente dividindo-o em 2,4,36,180,360,720, 1000,1024, 1800, 3000, n partes iguais e uma perfuração de referência chamada de "Zero " doencoder.
O encoder relativo do tipo de contacto, possui estrias metálicas (condutores eléctricos) que estão dispostas estrategicamente ao longo de duas pistas (A e B) da superfície (feita de material não-condutor). Estas estrias estão ligadas electricamente à parte de traz do disco que é mantido a um potencial terra. Por sua vez, em contacto com este disco estão três pinos (um por cadapista) carregados electricamente. Através deste contacto e da consequente rotação do disco é transmitida uma linha de pulsos. A posição é demarcada por contagem de pulsos transmitidos, acumulados ao longo do tempo.
A vantagem do Encoder Relativo é a sua construção simples e compacta e a sua desvantagem é a de quando energizado, o sistema de controlo que o lê, deve girar o eixo até à posição dereferência, e a partir daí ele sabe a posição, daí o seu nome Relativo, pois a posição é contada a partir da referência. Existem Encoders Relativos em forma Linear (que também são chamados Transdutores Ópticos Lineares).
➢ Aplicação Prática: Réguas Potenciométricas. Numa impressora HP da série 670, 680, 692, existe uma fita de acetato dividida em várias partes, atrás do eixo por onde sedesloca o carro dos tinteiros, é por onde a impressora sabe a sua posição. Com o auxílio de uma lupa e um papel branco pode-se visualizar as divisões.
Um gerador tacométrico (ou tacómetro) é um tipo de gerador eléctrico que fornece uma tensão de saída proporcional à velocidade do seu eixo, o qual é mecanicamente acoplado ao eixo de um motor, possibilitando, assim, a medição e o controlo davelocidade (r.p.m.) do motor.
Uma das características fundamentais de um bom gerador tacométrico é possuir uma boa linearidade de resposta.

➢ Encoders Absolutos
A demarcação do disco ou trilho é feita por pintura num disco plástico transparente, que pode ser feito através de técnicas foto litográficas, permitindo grande precisão e dimensões micrométricas.
A principal diferença dos...
tracking img