Cultura do narcisismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 250 (62265 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 3

BASES TEÓRICAS 9

1- Definição de Modernidade e subjetividade moderna. Passagem ao mundo contemporâneo 9
1.1 A subjetividade soberana 9
1.2 A subjetividade interiorizada e reflexiva 11
1.3 A crítica intrínseca à Modernidade. 12
1.4 Modernidade e contemporaneidade 13
1.5 O narcisismo nos limites da Modernidade 15
2- BASES CONCEITUAISPSICANALÍTICAS 18
2.1 – Conflito e simbolização 18
2.2 - O corpo como fonte de excitação. 19
2.3 Do narcisismo na constituição subjetiva individual à cultura do narcisismo 21
2.4 O complexo de Édipo 25
2.5 Trauma e dissociação 26

CULTURA DO NARCISISMO 30

1 – Mapeando a cultura do narcisismo 30
1.1 O funcionamento narcísico acionado por nosso estilo de vida 311.2 O crítico crônico 33
1.3 Novos recursos subjetivos e seus custos 35
1.4 Internet e busca por relacionamentos 37
1.5 Modos de relacionamento amoroso 39
1.6 Narcisismo como proteção frente à invasão pelo ambiente 41
1.7 Da defesa contra o excesso de estímulos à busca por experiências radicais excitantes 43
1.8 A suspensão dos limites e o desgaste do laço social 451.9 Adolescência 46
1.10 Novas doenças da alma 50
1.11 Automóvel, auto-erotismo, autonomia 53
Conclusão 56
2- DA CULTURA DO NARCISISMO À CULTURA DO TRAUMÁTICO 58
2.1 A cultura do narcisismo definida por Lacsh 58
2.2 Cultura do narcisismo e trauma 67
2.3 Modos contemporâneos do consumo 73
2.4 A personalidade somática 77

NARCICISMO E TRAUMA NA CULTURA(ALGUMAS ANÁLISES) 80

CLUBE DA LUTA ANTES DA LUTA. OS PRIMEIROS 22 MINUTOS 80
O INVASOR. VIOLÊNCIA URBANA E TRAUMA 90
O EMPREGO DO TEMPO. A NORMALIDADE DISSOCIADA 101

ANEXOs COMENTADOS 109

CULTO À CELEBRIDADE 110
DROGAS, PRAZER INTENSO, FUGA DO COTIDIANO 114
Narcísico mundo novo 116
REVALORIZAÇÃO DO ESTABELECIMENTO DE VÍNCULOS E COMPROMISSOS 120
PAIS INVASIVOS,FILHOS ANSIOSOS 123
PERFIL DOS INTERNAUTAS 129
Dependentes e compulsivos se disseminam na sociedade 133
ANOREXIA E BULIMIA 138
Meninas turbinadas 142
As loucas baladas dos paulistinhas endinheirados 145
VAN HELSING 150
METROSEXUAL 152
PLÁSTICA RADICAL 155
A MORTE PEDE PASSAGEM 158
RAVE 160
CELULAR 163

CONCLUSÃO 166

Referências bibliográficas 169

INTRODUÇÃO1

Este projeto nasceu do encontro entre meu trabalho como psicanalista e docente dos cursos de Comunicação Social (ESPM) e da Especialização em Psicologia Clínica: Teoria Psicanalítica (COGEAE-PUC-SP). Em termos práticos, a intenção foi produzir material didático para os cursos. Os temas abordados remetem a uma quantidade enorme e fragmentada de referências, algumas delas de difícilacesso. Assim, era já um projeto antigo poder articular e pensar estes temas num formato que pudesse torná-los mais próximos aos alunos.
A disciplina Psicologia II - ministrada do quarto semestre do curso de Comunicação Social - dedica-se à reflexão crítica sobre fenômenos contemporâneos culturais, com foco na questão do consumo. Nos últimos semestres, os professores da disciplina têmexperimentado estratégias e conteúdos diversos até chegarmos, no segundo semestre de 2004, a um encadeamento de temas que parece ser muito conciso e rico.
Quatro tópicos foram escolhidos para conduzir o curso: desejo, identidade, narcisismo e consumo.
Todos estes tópicos podem ser articulados num conceito oriundo da antropologia, mas de fundo conceitual psicanalítico: Cultura do Narcisismo.O termo ‘Cultura do narcisismo’ foi criado no final da década de 70, pelo antropólogo americano Christopher Lasch. Ele diz respeito a um recrudescimento do individualismo característico da Modernidade. Sem esperança no futuro ou na política, o homem contemporâneo definitivamente teria mergulhado na busca por um prazer imediato e desvinculado de qualquer sentido coletivo. O consumismo é uma...
tracking img