Comportamento organizacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3146 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

Para entendermos um pouco mais de comportamento organizacional, vamos entender o que esperamos de uma organização? Eficiência? Eficácia? E o que é isso na organização, vamos entender melhor.
Queremos que a organização seja eficiente, e quando falamos em eficiência estamos falando em aumentar a produtividade porem diminuindo o tempo e reduzindo os custos, ampliando os mercadosconsumidores.
Já a eficácia esta ligada a consecução dos objetivos pretendidos, é a busca sistemática de resultados centrados na clientela, algo que é feito externamente no ambiente onde se encontra o publico alvo.
E dentro desses requisitos para uma empresa poder se desenvolver pensando a médio prazo deve-se pensar no comportamento organizacional que é uma área de conhecimento integrante dasciências sócias que analisa o comportamento.
O C.O é um método cientifico que prevê observação, predição e mensuração, ajudando a explicar ate certo ponto, predizer o comportamento das pessoas na organização. O C.O é formado por grupo+ sistema+ indivíduo, assim pode se estudar melhor o ambiente organizacional prevendo certos tipos de ações.
Capitulo um
“Muito do comportamento que hoje nos vemos em umatípica organização industrial não é uma consequência da natureza humana; é uma consequência da forma como nós organizamos, da forma como nós gerenciamos as pessoas.”
Douglas McGregor, in The Professional Manager
PLT- 2011- Capitulo 2 –O que vem a ser CO?
O conceito de CO vem do fato de gerenciarmos pessoas de maneira com que elas possam desempenhar cada dia melhores suas atividades dentrodos seus interesses. Quando falamos em comportamento organizacional, falamos em estruturar uma empresa com base em seus funcionários e colaboradores. Ao realizar uma grande mudança em uma empresa, precisamos levar em consideração as pessoas que irão colaborar nessa mudança, uma vez ser humano tem uma grande facilidade de se acomodar às situações em que vivem, e por causa dessa acomodação muitostendem a ter medo do novo.
Por esse motivo deve-se estruturar um plano para que dentro de cada área da empresa, possa incentivar o funcionário a melhorar suas atividades e a acompanhar a cada mudança feita. Esse incentivo pode vir de maneira salarial ou de recompensas pelo trabalho “oferecido” pelo funcionário.
Comportamento em organização é a maneira de se organizar e resolver situações nãoesquecendo da melhor peça que se deve usar: o funcionário.
As primeiras tentativas para delimitar o campo do CO surgiram na década de 60, quando Pugh (1966; 1969) definiu-o como o estudo da estrutura e do funcionamento de organizações e do comportamento de grupos e indivíduos dentro delas, defendendo a idéia de tratar-se de uma ciência emergente e quase independente, apoiada em outras disciplinascomo Psicologia, Sociologia e Economia.
Uma das preocupações inicias daqueles estudiosos que procuravam delimitar o campo do CO era diferenciá-lo da Psicologia Industrial/Organizacional, argumentando que as atividades organizacionais constituíam um objeto de estudo e não um contexto para onde conhecimentos psicológicos seriam simplesmente transferidos e aplicados. Ancorados nestas suposições, Paynee Pugh (1971), dois estudiosos ingleses, apresentaram um dos primeiros esquemas conceituais (modelo) para o CO, com quatro níveis de análise: indivíduos, equipes ou pequenos grupos de trabalho, departamentos ou outros pequenos setores organizacionais e a organização como um todo. Influenciados pela visão sistêmica de Katz e Kahn (1966/1978) sobre as organizações, Payne e Pugh conceberam cada umdos níveis de análise do modelo como subsistemas interdependentes, mas com identidades próprias. Para estruturar a dinâmica de relações entre as variáveis de cada um dos quatro níveis de análises, os autores as organizaram em quatro categorias distintas: variáveis relativas ao ambiente, aos objetivos/recursos, a estrutura/processos e ao comportamento avaliado.
A partir de 1979 a Annual Review...
tracking img