Adam watson

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1584 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo do texto:
Adam Watson - “O sistema europeu torna-se mundial.” - Capítulo 22.
Durante o século XIX os europeus fizeram uma unificação mundial, ou seja, incluíram o mundo inteiro em uma única rede de relações econômicas e estratégicas. Na época do Acordo de Viena a expansão européia, que continuava desde as Cruzadas, já havia mudado as relações entre as comunidades do mundo. Oseuropeus ocidentais exploraram e se assentaram em partes do Novo Mundo, incorporando a América, avançando até a Ásia. Tudo isso com seus navios e equipamentos que nos parecem inadequados. Mas na Ásia não conseguem trazer para dentro de sua economia a China e nem o Japão. Já os comerciantes britânicos se estabelecem como uma das maiores potências na Índia e os comerciantes holandeses dominam as ÍndiasOrientais. A Rússia de Petersburgo continua com a expansão terrestre moscovita através da Ásia Setentrional e Central. O Tratado de Estado russo-chinês de 1689 pode ter atrasado o processo de incorporação da China na sociedade mundial dos Estados. E na época do Acordo de Viena os russos estavam encontrando seu rumo ao longo da costa da América do Norte pelo Pacífico até a Região de São Francisco.Na segunda metade do século XVIII, quando a expansão européia no mundo nem havia atingido seu auge, o processo de descolonização já havia começado com a afirmação da independência por parte dos Estados europeus de assentamento nas Américas. Alguns estadistas europeus consideravam que seria natural que essas colônias de assentamento caminhassem em direção à independência. Já outros valorizavamessas como extensões de poder e de território e a perda enfraqueceria os Estados.
Os Estados Unidos se tornam independentes no século XVIII com o apoio da França, inimiga da Grã-Bretanha. Já em 1900 os EUA se tornam uma das grandes potencias do sistema internacional mundial tendo territórios e bases coloniais.
A Grã-Bretanha apóia a independência da América Latina, por razões econômicas eestratégicas. Quase 20 Estados de assentamentos latino-americanos se tornaram independentes e foram aceitos na sociedade internacional européia.
A aceitação européia dos novos Estados americanos mantinha o hemisfério ocidental longe do colonialismo e da política de poder européia, sendo este o objetivo dos EUA. Assim o impulso da expansão européia foi direcionado para o Oriente, pois ficaradifícil novas atividades comerciais nas Américas. Devido a isso os EUA começam a perceber uma responsabilidade compartilhada com a Grã-Bretanha assegurando sua posição especial das Américas.
Um diferente tipo de nação se formava no fim do século XVIII, pois esses Estados independentes ofereciam um modo de vida diferente e uma estrutura religiosa diversa o que atraíam europeus querendo setornar membro por um ato voluntário e individual. Esses Estados de assentamento europeus independentes das Américas eram considerados na Europa como membros da família, pois foram criados segundo o modelo europeu, habitados ou dominados por povos de cultura européia.
Enquanto esse processo de descolonização ocorria nas Américas, no correr do século XIX, os europeus trouxeram todo o mundo nãoeuropeu (leste e ao sul da Europa, grandes civilizações da Ásia e do Mediterrâneo e comunidades primitivas da África e Oceania) para debaixo da hegemonia coletiva do concerto europeu.
Essa expansão do sistema europeu pode ser explicada pelos avanços na tecnologia, às vezes chamados de Revolução Industrial, que aumentaram o poder econômico e estratégico dos europeus. Estes consideravam seusavanços técnicos e científicos como aspecto de um progresso geral e de uma civilização superior e queriam usar essa superioridade para modernizar o mundo não europeu levando-lhes o “progresso”.
O Império Otomano, campo mais próximo para a expansão para o Oriente e o mais capaz de provocar divisões para o concerto, se tornou menos capaz de atingir o progresso técnico que ocorria na Europa e de...
tracking img