Abordagem contigencial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1391 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
← ABORDAGEM CONTINGENCIAL
 

← Contingência (

← algo incerto ou eventual, algo que pode ou não ocorrer. 

← ORIGEM

← Surgiu a partir de várias pesquisas feitas para verificar os modelos de estruturas organizacionais mais eficazes em determinados tipos de empresas.

← A teoria da contingência enfatiza que não há nada de absoluto nas organizações ou na teoriaadministrativa.

← Abordagem contingencial explica que existe uma relação funcional entre as condições do ambiente e as técnicas administrativas apropriadas para o alcance eficaz dos objetivos da organização.

← A abordagem contingencial conclui que os fatores ambiente e tecnologia são fundamentais para o equilíbrio e ponderação dentro das organizações, podendo tais aspectos atuaremcomo oportunidade ou restrições.

← com a Teoria da Contingência muda o foco da gestão de dentro para fora da organização ( ênfase no ambiente e nas necessidades do ambiente sobre a dinâmica das organizações;

← não há “a melhor maneira” (“the best way”) de se organizar, tudo depende (it depends, ça depend ) das características ambientais significativas p/ a organização;

← nãohá nada de absoluto nas organizações ou na teoria administrativa. Tudo é relativo, tudo depende. ( relação funcional ( se-então )

← “ Na segunda metade da década de 70 mais um enfoque de ciências administrativas chega à América Latina, o enfoque contingencial ou situacional.

← Esse enfoque representa, em última análise, a constatação de que continua não existindo uma teoriaadministrativa aplicável a todos os casos e a todas as circunstâncias. Cada um dos enfoques ou combinação de enfoques se presta melhor à análise de certa e determinada situação do que outro enfoque ou cominação de enfoques.” WARLICH,Beatriz, 1986.

← “a abordagem contingencial salienta que não se atinge a eficácia organizacional seguindo um único e exclusivo modelo organizacional, ou seja, nãoexiste uma forma única que seja a melhor para organizar no sentido de se alcançar objetivos altamente variados das organizações dentro de um ambiente de trabalho também variado” CHIAVENATO, 1983.

← “ Os autores neoclássicos procuraram aumentar o grau de abrangência da Escola Clássica, acrescendo aspectos das teorias comportamentais, mantendo as premissas básicas da Teoria Clássica. A abordagemcontingencial fez a mesma coisa em relação á teoria dos sistemas. Incorporou os pressupostos da teoria de sistemas sobre a interdependência e a natureza orgânica da organização, bem como o caráter aberto e adaptativo das organizações e a necessidade de preservar a flexibilidade em face das mudanças e procurou meios para unir a teoria com a prática, em um enfoque de sistemas.” (SCOTT & MICHELL ap.CARAVANTES, 1998)

← A Teoria da Contingência apresenta os seguintes aspectos básicos:

← Natureza sistêmica, isto é, ela é um sistema aberto;

← Interação entre si e com o ambiente;

← Características ambientais são variáveis independentes, enquanto as características organizacionais são variáveis dependentes daquelas.

← AMBIENTE

← O ambiente é o contextoque envolve externamente a organização (ou sistema). Como a organização é um sistema aberto, ela mantém transações e intercâmbio com o seu meio.

← Como o ambiente é extremamente vasto e complexo, as organizações não podem absorvê-lo, conhecê-lo e compreendê-lo em sua totalidade e complexidade, o que seria inimaginável.

← Para lidar com a complexidade ambiental as organizaçõesselecionam seus ambientes e passam a visualizar o seu mundo exterior apenas nas partes escolhidas e selecionadas desse conjunto.

← As organizações percebem subjetivamente seus ambientes de acordo com suas expectativas, experiências, problemas, convicções e motivações. Cada organização percebe e interpreta de forma própria o contexto ambiental. Isso significa que um mesmo ambiente pode ser...
tracking img