• Historia do direito
    ou de outra corrente historiográfica vem a implicar em um direito emancipatório e liberador, que significa o repensando a história, onde a historiografia critica e o direito moderno, vem de embate as idéias norteadoras dos pensadores, a história do direito é uma subdisciplina da história, já a...
    2229 Palavras 9 Páginas
  • Artigo
    ciências sociais afirmou-se e instaurou um padrão (paradigma) de controle de qualidade intersubjetivo que satisfez os requisitos do modelo moderno de racionalidade. O século 20 viu oscilar, entretanto, a naturalidade com que se lida com o conhecimento histórico entre uma confiança ilimitada na...
    8168 Palavras 33 Páginas
  • Dalmo Dalari - Evolução histórica do Estado
    teórica da originalidade e da dignidade científica do labor produzido até então empiricamente na ordenação da conduta humana, pela subordinação da obra realizada a exigências metodológicas de sistematização RESUMO PARADIGMAS, HISTORIOGRAFIA CRÍTICA E DIREITO MODERNO História: sucessão temporal...
    2730 Palavras 11 Páginas
  • A ilusão da segurança jurídica: do controle da violência a violência do controle penal
    da Escola Clássica Tributária do método racionalista, lógico-abstrato ou dedutivo de análise do seu objeto, o qual a Escola condiciona, associado aos seus demais pressupostos, a sua produção jus filosófica. 2.3 O movimento reformista e a obra de Beccaria Bases fundamentais do moderno Direito...
    12066 Palavras 49 Páginas
  • “Paradigmas, historiografia crítica e direito moderno
    Resolução de Questionário acerca do texto de Antonio Carlos Wolkmer: “Paradigmas, historiografia crítica e direito moderno” 1 – Qual a função do estudo da historia no Direito Uma vez que o propósito do profissional da área jurídica é o estudo e aplicação das normas em uma sociedade faz-se...
    500 Palavras 2 Páginas
  • O ENSÍNO DE HISTÓRIA E FORMAÇÃO CRÍTICA DO SER HUMANO
    O ENSÍNO DE HISTÓRIA E FORMAÇÃO CRÍTICA DO SER HUMANO Josimar Ribeiro Paulo Estevam RESUMO Este artigo consiste numa abordagem sobre o ensino de história, buscando um olhar critico, em relação a professores e alunos em relação ao ensino de historia, tendo em vista as mudanças que a...
    1978 Palavras 8 Páginas
  • Objetividade e subjetividade no conhecimento histórico: a oposição entre os paradigmas positivista e historicista
    Objetividade e subjetividade no conhecimento histórico: a oposição entre os paradigmas positivista e historicista José D’Assunção Barros Doutor em História (Universidade Federal Fluminense - UFF) Professor Adjunto da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) Resumo: Este artigo...
    13864 Palavras 56 Páginas
  • Historicismo
    Revista Territórios e Fronteiras V.3 N.1 – Jan/Jun 2010 Programa de Pós-Graduação – Mestrado em História do ICHS/UFMT José D’Assunção Barros∗ A ESCOLA DOS ANNALES E A CRÍTICA AO HISTORICISMO E AO POSITIVISMO Resumo: Este artigo tem por objetivo conduzir uma discussão acerca do movimento...
    12430 Palavras 50 Páginas
  • Historicismo
    no qual a burguesia européia está assentada no Poder, combinando-se com a consolidação dos modernos estados-nações. A especificação das características deste paradigma constituem o principal ponto de análise. Palavras-Chave: Historicismo. Historiografia. Historiografia Científica ABSTRACT...
    15713 Palavras 63 Páginas
  • Historia do grafismo
    econômicas e sociais inteiras e, principalmente, o “caráter nacional” – pelas determinações do clima e/ ou do relevo. O historiador alemão Leopold Van Ranke (1795-1886) é considerado o fundador da historiografia contemporânea e do moderno método historiográfico crítico de pesquisa em História. A concepção...
    28838 Palavras 116 Páginas
  • Historia da vida privada
    se a chame de História das Mentalidades ou de Nova História Cultural. Em texto 26 recente, "História e paradigmas rivais", Cardoso associou o triunfo da chamada Nova História ao do paradigma pós-moderno na historiografia, modelo construído entre 1968-9 e 1989 em meio à crise dos vários...
    10163 Palavras 41 Páginas
  • historiografia
    Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (1889-1938). Rio de Janeiro: Museu da República, 2008, 246pp. 154 Hugo Hruby Tras de las huellas de lo local y lo regional: notas criticas e tendencias de análisis en la historiografia argentina FERNÁNDEZ, Sandra R. (Comp.). Más allá del territorio: la...
    122080 Palavras 489 Páginas
  • Resumo
    PARADIGMAS, HISTORIOGRAFIA CRÍTICA E DIREITO MODERNO 1.1 Questões paradigmáticas para repensar a História Examinar e problematizar as relações entre a História e o Direito reveste-se hoje da maior importância, principalmente quando se tem em conta a percepção da normatividade extraída de um...
    4147 Palavras 17 Páginas
  • FICHAMENTO POR CITAÇÃO - HISTÓRIA DO DIREITO NO BRASIL - ANTONIO CARLOS WOLKMER
    WOLKMER, Antonio Carlos. História do Direito no Brasil. Editora Forense, 4ª edição, 2008. Paradigmas, historiografia crítica e direito moderno (PP. 13 – 29) “Mas, para alcançar nova leitura histórica do fenômeno jurídico enquanto expressão de ideias, práticas normativas e instituições, é...
    645 Palavras 3 Páginas
  • ESTRUTURALISMO E HERMENÊUTICA
    Camila Aparecida Braga Oliveira; Helena Miranda Mollo; Virgínia Albuquerque de Castro Buarque (orgs). Caderno de resumos & Anais do 5º. Seminário Nacional de História da Historiografia: biografia & história intelectual. Ouro Preto: EdUFOP, 2011.(ISBN: 978-85-288-0275-7) ESTRUTURALISMO E...
    4481 Palavras 18 Páginas
  • Linhagens do estado absolutista
    Estado moderno na Europa Ocidental, foi tratada pela historiografia do século XIX, e da primeira metade do século XX, de tal maneira que acabou por se confundir, por um lado, com a questão da formação do sentimento nacional 4 A citação foi extraída da Introdução de German history, organizado...
    10013 Palavras 41 Páginas
  • Historia da historiografia
    Editori, 1994. VILLANI, Filippo. Vite degli uomini illustre fiorentini. Triste, 1848. Cássio da Silva Fernandes 33 história da historiografia • ouro preto • número 03 • setembro • 2009 • 23-33 Resumo Inspirando-se no debate da crítica literária alemã e no trabalho de Luiz Costa Lima, este artigo...
    115995 Palavras 464 Páginas
  • Asr Histórica no antigo regime
    : Abril Cultural, 1979. 640 Ars Historica no Antigo Regime: a História antes da Historiografia com numerosas máximas extraídas de seus modelos. Isso faz lembrar a crítica de Montaigne, que nos finais do século XVI já se queixava da escrita atapetada de citações, que fazia dos livros ventres...
    10995 Palavras 44 Páginas
  • Origens do estado moderno
    traga no frontispício o termo Estado; o qual falta – como verbete – também na Enciclopédia de Diderot e d’Alembert”5. 15 II Como quer que seja, a questão da origem e do desenvolvimento do Estado moderno na Europa Ocidental, foi tratada pela historiografia do século XIX, e da primeira metade do...
    10013 Palavras 41 Páginas
  • formação do Brasil Contemporâneo
    racionalismo moderno. Já no Brasil, podemos distinguir três momentos gerais, com significados distintos, de surgimento e expansão dos estudos de historiografia. Tal isolamento se deu ao caráter incipiente da produção de obras históricas entre nos, e, por outro lado, ao fato de o nascimento da...
    1129 Palavras 5 Páginas