• ENSINO DA LÍNGUA INGLESA PARA SURDOS
    ENSINO DA LÍNGUA INGLESA PARA SURDOS: A IMPORTÂNCIA DA CONSTRUÇÃO DE UM MATERIAL DIDÁTICO RICO EM RECURSOS VISUAIS Andréa Jesus Pires andreajesusp@hotmail.com http://estudoingles.blogspot.com INTRODUÇÃO  As considerações aqui apresentadas partem de leituras realizadas sobre o ...
    1072 Palavras 5 Páginas
  • Trabalho de Libras -Pedagogia
    desenvolvimento do individuo. É justamente esta a área comprometida no surdo. A conclusão é que as consequências da surdez ultrapassam as dificuldades comunicativas e atinge todas as áreas do desenvolvimento. Por isso reconhecer o surdo em todas as suas potencialidades é fundamental. O desenvolvimento linguístico...
    3187 Palavras 13 Páginas
  • Atividades possíveis em uma sala regular
    2 Passo 1 3 Relátorio Em primeiro lugar,para que o aluno surdo participe e compreenda a aulas ,é necessário que ele tenha um um professor capacitado e qualificado em língua de sinais,que possa transmitir o conteúdo utilizando...
    715 Palavras 3 Páginas
  • libras
    ........................................................................................... 04 2.1 Estratégias para ajudar o aluno em sala de aula com problemas auditivos.... 04 3. A INSERÇÃO DA CRIANÇA SURDA EM CLASSE DE CRIANÇAS OUVINTES................................................
    2263 Palavras 10 Páginas
  • libras
    ........9 Figura Temática................................................................................................10 Atividade em Sala de Aula Regular..................................................................11 Os Três Porquinhos......................................................
    3094 Palavras 13 Páginas
  • educação
    alunos surdos estejam, com outros surdos, nas turmas comuns da escola regular para que possam interagir com outros falantes da língua de sinais. O tradutor/intérprete teve, no ano de 2010, a sua profissão reconhecida por meio da Lei nº 12.319/2010. Nas escolas comuns que possuam alunos surdos, estes...
    457 Palavras 2 Páginas
  • pedagogia
    ........9 Figura Temática................................................................................................10 Atividade em Sala de Aula Regular..................................................................11 Os Três Porquinhos......................................................
    3094 Palavras 13 Páginas
  • Educação Lúdica
    a orientação da Prof° Antonio Correa Neto Sorocaba/ SP 2012 LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS NA PRÁTICA DOCENTE Os surdos utilizam uma comunicação espaço – visual, para conhecer o mundo em substituição à audição e á fala, e podem ter ainda uma cultura característica. Os aspectos médicos...
    2279 Palavras 10 Páginas
  • pedagogia
    ........9 Figura Temática................................................................................................10 Atividade em Sala de Aula Regular..................................................................11 Os Três Porquinhos......................................................
    3094 Palavras 13 Páginas
  • Atps 1
    falada. Os surdos já foram vistos pela sociedade como estúpidos, débil mentais, doidos e incompetentes, encontraram brechas na educação somente a partir do século XVI quando a alfabetização formal alcançou as primeiras crianças surdas de famílias nobres. Em privacidade os surdos desenvolviam sua...
    1957 Palavras 8 Páginas
  • Diversos
    O AlunO em FOcO Aula de Química e Surdez: sobre Interações Pedagógicas Mediadas pela Visão Lidiane de L. S. Pereira, Claudio R. Machado Benite e Anna M. Canavarro Benite Pautados em bases sociohistóricas e culturais, apresentamos uma investigação com elementos de uma pesquisa participante que...
    7659 Palavras 31 Páginas
  • Lingua Brasileira de Sinais
    com o aluno surdo para que ele consiga aprender e entender com clareza, aprenderemos também como o professor deve exercer a sua função da maneira correta para alcançar seus objetivos. O importante também será conhecer métodos pedagógicos essências para que os surdos compreendam melhor as aulas. A temática...
    1790 Palavras 8 Páginas
  • libras
    Distúrbios do osso do ouvido (otospongiose ou otosclerose). A concepção clínico-patológico concebe a surdez como uma deficiência a ser curada através de recursos como: treinamento precoce de aplicação sonora individuais, intervenções cirúrgicas como implante conclear etc. Até os dias atuais, a comunidade surda...
    2502 Palavras 11 Páginas
  • escola inclusiva
    que a criança interprete conteúdos abstratos. Isso exige estratégias diferenciadas por parte do professor, que diversifica os modos de exposição nas aulas, relacionando os conteúdos curriculares a situações do cotidiano, e mostra exemplos concretos para ilustrar ideias mais complexas. Para a especialista...
    2319 Palavras 10 Páginas
  • atividades para deficiente auditivo
    serem oferecidas nas salas regulares que contemplem o aprendizado para o aluno deficiente auditivo. 1. Aula passeio (promove ampliação do aprendizado e amadurecimento dos alunos ao saírem da sala de aula) 2. Uso de jornais e revistas: Para analisar e compreender todas as pistas que acompanhem o texto escrito:...
    674 Palavras 3 Páginas
  • LIBRAS
    lingüística ou estudo da gramática o lugar da língua de sinais na escola de surdos e na escola inclusiva UNIDADE IV – Construindo um objeto de ensino: a língua de sinais como área curricular - em busca de uma pedagogia visual ou uma pedagogia da diferença - o currículo de LIBRAS na educação...
    15706 Palavras 63 Páginas
  • Trabalho
    Temática da surdez em seu aspecto médico, cultural e social, e sobre libras e a cultura surda em seus aspetos 03. Plano de Aula: Natal 04. Atividades pedagógicas para os alunos surdos e/ou alunos com deficiência auditiva, de acordo com a sua realidade de atuação ...
    4734 Palavras 19 Páginas
  • LIBRAS
    "A Escola deve ser um elemento transformador. A isso, acrescentaríamos: deve sê-lo de modo especial para o surdo, mais do que para qualquer outra criança ouvinte, pois temos que admitir o seu universo, mas transformar a sua deficiência em eficiência. Talvez, mais do que educadores em geral, tenhamos...
    3037 Palavras 13 Páginas
  • Estratégias para trabalhar com deficientes auditivos
    de audição no aluno surdo proporciona alterações na linguagem oral e escrita as quais deverão ser consideradas. As estratégias utilizadas serão diferenciadas dos demais alunos. Dirigir-se sempre ao aluno surdo para dar explicações ou cobrar suas obrigações. Lembrar que uma aula expositiva oral deve...
    535 Palavras 3 Páginas
  • Fichamento de libras
    sentido, segundo a declaração de Salamanca, favorece a inclusão dos alunos surdos nas classes regulares, ou classes especiais dentro de escola regular, com a presença de professores fluentes em língua de sinais e uso de recursos visuais para desenvolvimento da aquisição dos aspectos cognitivo, onde possa haver...
    1614 Palavras 7 Páginas