Questoes De Vestibular Sobre Senhora De Jose De Alencar artigos e trabalhos de pesquisa

  • Luc Ola Jos De Alencar

    QUESTÕES RETIRADAS DE VESTIBULARES ANTERIORES LIVRO LUCÍOLA, José de Alencar 1. (UFSM-RS) No romance Lucíola, de José de Alencar, Lúcia é seduzida ainda mocinha por um homem devasso, num momento em que precisava de dinheiro para salvar familiares doentes. Expulsa do convívio familiar, começa a viver como uma cortesã caprichosa. Sua regeneração moral começa quando se apaixona por Paulo, mas logo é vitimada por uma doença fatal e morre. Entre as heroínas do Romantismo, não é apenas Lúcia que tem como...

    1613  Palavras | 7  Páginas

  • Jose de Alencar e Eça de Queiros

    José de Alencar e Eça de Queiros José de Alencar Vida do autor: José de Alencar (1829-1877) nasceu em Mecejana, Ceará no dia 1 de maio de 1829. Filho de José Martiniano de Alencar, senador do império, e de Ana Josefina. Em 1838 mudam-se para o Rio de Janeiro. Com 10 anos de idade ingressa no Colégio de Instrução Elementar. Com 14 anos vai para São Paulo, onde termina o curso secundário e ingressa na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco. m 1847 escreve seu primeiro romance "Os Contrabandistas"...

    2558  Palavras | 11  Páginas

  • exercicios resolvidos sobre literatura brasileira

    Dezembro/2004 LITERATURA BRASILEIRA 16. Assinale a alternativa que contém a afirmação correta sobre Senhora, de José de Alencar: A) O romance atende aos propósitos de representação da realidade brasileira contemporânea ao escritor, de vez que retrata oposições e valores da sociedade burguesa do Rio de Janeiro. B) As personagens Aurélia e Seixas representam o domínio do indivíduo sobre o social, tema fundamental do Romantismo brasileiro. C) O romance não atende aos propósitos de representação...

    2134  Palavras | 9  Páginas

  • José de alencar senhora

    A Literatura no vestibular - Senhora - Jose de Alencar Senhora - José de Alencar       RESUMO: O tema deste romance – o casamento por interesse – condiciona sua composição. Ele divide-se em quatro partes, que correspondem às etapas de uma transação comercial: O Preço, Quitação, Posse e Resgate. Fernando Seixas, um rapaz pobre, mas ambicioso de subir na escala social, é namorado de Aurélia, moça também humilde e órfão de pai. Passando por apuros...

    8394  Palavras | 34  Páginas

  • Til José alencar

    Letícia Vilas Boas Conde Terceiro Ano B Til José de Alencar Colégio Marista de Varginha Varginha – MG 2012 SUMÁRIO 1. BIOGRAFIA DO AUTOR 3 2. RESUMO DA OBRA 4 3. ANÁLISE DA OBRA 8 4. RELAÇÃO COM O ROMANTISMO 10 5. CONTEXTO HISTÓRICO NACIONAL 11 6. QUESTÕES DE VESTIBULARES 12 7. BIBLIOGRAFIA 13 1. Biografia do autor O escritor romancista brasileiro José Martiniano de Alencar nasceu ano de 1829 no Ceará, Se formou como advogado,...

    3306  Palavras | 14  Páginas

  • senhora josé de alencar

    A Literatura no vestibular - Senhora - Jose de Alencar Senhora - José de Alencar       RESUMO: O tema deste romance – o casamento por interesse – condiciona sua composição. Ele divide-se em quatro partes, que correspondem às etapas de uma transação comercial: O Preço, Quitação, Posse e Resgate. Fernando Seixas, um rapaz pobre, mas ambicioso quer subir na escala social, é namorado de Aurélia, moça também humilde e órfão de pai. Passando por apuros...

    748  Palavras | 3  Páginas

  • Til, josé de alencar

    A Lista de Obras Literárias pedidas pela Unicamp e Fuvest foi alterada em 2012, consequentemente outros Vestibulares de São Paulo como Unesp, Unifesp, Puc, Mackenzie,etc, passam a integrar as mesmas obras em seus exames seletivos. Um dos Novos Livros é o romance regionalista Til do autor José de Alencar (que entrou no lugar de Iracema) e é representante da escola literária Romantismo do Brasil. Esse resumo possui as principais características e informações para complementar seu estudo e análise...

    6001  Palavras | 25  Páginas

  • Listagem de Livros Vestibulares 2012

    e realidade. A obra vai gerar a referência histórica para o início de “A cidade e as serras”, de Eça de Queiroz, que continua na lista dos vestibulares. José de Alencar segue no vestibular, agora com a obra 'Til' (Foto: Reprodução) Para o aluno, a dica para quem vai prestar vestibular no final do ano é já começar a ler o livro e buscar aulas sobre a obra. Somente a leitura pode não ser suficiente para compreender tudo o que está envolvido. É muita coisa para se absorver porque tem muita...

    919  Palavras | 4  Páginas

  • Senhora Jos De Alencar RESENHA

    07/03/2015 Resenha: “Senhora”, José de Alencar | Falando em Literatura... Sobre estes anúncios Falando em Literatura… FALANDO EM LITERATURA… LITERATURA, ARTES & AFINS Resenha: “Senhora”, José de Alencar 23 de outubro de 2013 por Fernanda Jiménez Há mulheres assim, a quem um perfume de tristeza idealiza. As mais violentas paixões são idealizadas no exílio. (p.17) É uma pena que livros clássicos da literatura brasileira sejam vistos pelos jovens como chatos, leitura “obrigatória e cansativa” imposta pelos colégios...

    1882  Palavras | 8  Páginas

  • Perfil urbano de Jose de Alencar e an lise de Senhora

    Perfil urbano de Jose de Alencar •Nascimento: Ceará • Estudo: Estudou no Colégio de Instrução Elementar no Rio de Janeiro e formou- se pela Faculdade de Direito, no Largo de São Francisco, São Paulo. • Profissões: Advogado, Redator e Literário. • Destaque na Política: Foi eleito deputado pelo Ceará em 1861 pelo partido conservador, sendo reeleito em quatro legislaturas. Exerceu o cargo de Ministro da Justiça durante o período de 1868 a 1870. • Elogio: Foi aclamado por Machado de Assis como chefe...

    2740  Palavras | 11  Páginas

  • Análise do livro "Senhora"

    Universidade do Grande Rio Oswaldo dos Santos Saraiva (Matrícula 3304386) Obra "Senhora" de José de Alencar. Questões históricas e comparativas abordadas. Trabalho de avaliação da disciplina Literatura Brasileira I, ministrada pela Profª Vera Lucia Kauss, para o curso de Letras. RIO DE JANEIRO/ RJ 2013 Sumário Introdução...........................................................

    1654  Palavras | 7  Páginas

  • Romances de José de alencar

    Romances de José de Alencar O ESCRITOR O escritor brasileiro José de Alencar nasceu no Ceará, região nordeste do Brasil, no ano de 1829. Antes de iniciar sua vida literária, atuou como advogado, jornalista, deputado e ministro da justiça. Aos 26 anos publicou sua primeira obra: “Cinco Minutos”. Podemos considerar Alencar como o precursor do romantismo no Brasil dentro das quatro características: indianista, psicológico, regional e histórico. Este autor brasileiro utilizou como tema o índio e...

    1669  Palavras | 7  Páginas

  • José de Alencar

     José de Alencar Nome: Beatriz Melissa Nº 02 Nome: Douglas Luiz Nº 05 Nome: Eliabe Ribeiro Nº 06 Nome: Joyce Victorio Nº 12 2ºC Nome: Josué Bertulino Nº 13 Nome: Pedro Izidoro Nº 20 Nome: Thalita Melo Nº 31 Introdução José de Alencar é um dos maiores representantes do romantismo no Brasil e um dos principais nomes da literatura nacional. O autor ficou marcado por investir...

    3431  Palavras | 14  Páginas

  • Tracos romanticos na obra romantica de jose de alencar

    Obra Romântica de José de Alencar Autor: Sandra Santos RESUMO A presente pesquisa partiu do interesse em se estudar o fenômeno de emancipação feminina que se reflete na literatura, a partir do século XIX através de José de Alencar. Verifica-se, pois que na história da literatura há uma antecipação do estilo literário denominado realismo, quando José de Alencar nos apresenta uma dualidade comportamental e psicológica na personagem Aurélia Camargo, da obra romântica Senhora de 1875, a qual possui...

    2290  Palavras | 10  Páginas

  • TIL - JOSÉ DE ALENCAR

    TIL – JOSÉ DE ALENCAR Publicado inicialmente em 1872, José de Alencar documenta neste romance de sua fase regionalista (junto a O Gaúcho, O Sertanejo e Tronco do Ipê) o cotidiano numa fazenda do interior paulista do século XIX. Berta, também conhecida pelo apelido Til, é a típica heroína romântica de alma bondosa que se sacrifica em prol de todos. Sobre José de Alencar José de Alencar nasceu em Fortaleza, Ceará, em 1º de maio de 1829. Formado em Direito pela Faculdade de Direito de São Paulo...

    3011  Palavras | 13  Páginas

  • José de Alencar e o Romantismo Brasileiro

    Teorias literárias sobre o Romantismo no Brasil Tendo seu início na Europa, o Romantismo como movimento artístico, político e filosófico surgiu no século XVIII como oposição às ideias iluministas e racionalistas. Tinha como principal objetivo criar uma identidade nacional aos estados europeus. Esse movimento se refletiu também na literatura europeia, representado por grandes nomes como Goethe, Victor Hugo, Almeida Garrett e Alexandre Herculano. No Brasil, o reflexo desse movimento foi um pouco...

    1834  Palavras | 8  Páginas

  • A senhora

    INDICADAS PELA COPEVE - UFPI RESUMO DAS OBRAS SENHORA José de Alencar COLÉGIO PRO CAMPUS - “A PAZ ESTÁ NA BOA EDUCAÇÃO” - OBRAS INDICADAS - COPEVE - UFPI “A PAZ ESTÁ NA BOA EDUCAÇÃO” SENHORA José de Alencar LOCALIZAÇÃO DA OBRA NO ESTILO DE ÉPOCA Embora apresente alguns elementos característicos do Realismo, Senhora é um romance basicamente romântico, como mostraremos neste primeiro Item. Dos prosadores românticos da literatura brasileira, Alencar sem dúvida avulta como o mais importante...

    6529  Palavras | 27  Páginas

  • Biografia de josé de alencar

    José de Alencar (1829-1877) foi romancista, dramaturgo, jornalista, advogado e político brasileiro. Foi um dos maiores representantes da corrente literária indianista. Destacou-se na carreira literária com a publicação do romance "O Guarani", em forma de folhetim, no Diário do Rio de Janeiro, onde alcançou enorme sucesso. Seu romance "O Guarani" serviu de inspiração ao músico Carlos Gomes, que compôs a ópera O Guarani. Foi escolhido por Machado de Assis, para patrono da Cadeira nº 23, da Academia...

    572  Palavras | 3  Páginas

  • Bibliografia de José de Alencar

    José Martiniano de Alencar (Messejana, 1 de maio de 1829 — Rio de Janeiro, 12 de dezembro de 1877) foi um jornalista, político, advogado, orador, crítico, cronista, polemista, romancista e dramaturgo brasileiro. Formou-se em Direito, iniciando-se na atividade literária no Correio Mercantil e Diário do Rio de Janeiro. Foi casado com Ana Cochrane. Era filho do senador José Martiniano Pereira de Alencar, irmão do diplomata Leonel Martiniano de Alencar, barão de Alencar, e pai de Augusto Cochrane...

    573  Palavras | 3  Páginas

  • Senhora Analise

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS CÂMPUS UNIVERSITÁRIO DE POSSE LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS/ INGLÊS DEISE ANNE DA SILVA SANTOS ANÁLISE DO LIVRO SENHORA DE JOSÉ DE ALENCAR POSSE-GO 2015 ANÁLISE DO LIVRO SENHORA O livro Senhora de José Martiniano de Alencar é um romance urbano escrito na metade do século XIX, durante o Segundo Reinado. O tempo é cronológico, mas não obedece a linearidade, pois as datas não são citadas e se mistura entre acontecimentos atuais e passados. A ambiência...

    1801  Palavras | 8  Páginas

  • O aborto retido em “luciola” de josé de alencar

    O ABORTO RETIDO EM “LUCIOLA” DE JOSÉ DE ALENCAR RESUMO As leituras clássicas na maioria das vezes oferecem algo a ser decifrado e explorado. São livros que são estudados por milhares (porque não dizer por milhões) de pessoas todos os anos e no entanto, não perdem o fascínio e o carisma que exercem sobre seus leitores. Assim sendo, esse trabalho é uma tentativa de comparação entre a protagonista (Lucia) da obra Lucíola de José de Alencar e da protagonista (Marguerite Gautier) em A Dama das...

    5391  Palavras | 22  Páginas

  • As mulheres de alencar

    O romancista e dramaturgo José de Alencar (1829-1877), que até hoje desfruta de boa popularidade, foi visto como imoral em sua época e em parte do século XX, irritando conservadores e moralistas pelas cenas, inclusive de erotismo, que produziu, especialmente em perfis de mulheres, como Lucíola, Diva e Senhora. Logo em seu romance de estréia, Cinco Minutos (1856), e em A Viuvinha, de 1860, ele trata dos costumes urbanos e já esboça os traços femininos predominantes de sua obra com um propósito educativo...

    1502  Palavras | 7  Páginas

  • José de alencar

    José de Alencar – O pai dos Romances Indianistas e Urbanos Os romances do Romantismo levaram ao leitor da época uma realidade idealizada, com a qual eles se identificaram (escapismo, fuga da realidade, típica característica do Romantismo). Entre eles, o romance indianista foi o que mais fez sucesso entre o grande público, por trazer consigo personagens idealizados, representados por índios. Esses “heróis” caracterizavam uma tentativa dos autores de simbolizar uma tradição do Brasil, o que nem...

    2469  Palavras | 10  Páginas

  • Bibliografia do autor: josé de alencar .

    clássico de José de Alencar Grupo: Amanda Morais Campos Deborah Oliveira Nathalia Viviane Raphaela Oliveira Maria Luiza Vanessa Araújo Turma: 2° AC/A Contagem Abril 2013 Bibliografia do autor: José de Alencar. Nascimento: 1 de maio de 1829, Fortaleza Falecimento: 12 de dezembro de 1877, Rio de Janeiro Educação: Universidade de São Paulo Filiação: José Martiniano Pereira de Alencar, Ana Josefina de Alencar Filhos: Mário...

    993  Palavras | 4  Páginas

  • Jose de alencar

    Monografia - José de Alencar, um criador de mulheres maravilhosas FOLHA DE ROSTO Dedico esta monografia a meus familiares, aos colegas de curso, aos professores e a todos aqueles que direta ou indiretamente contribuíram para esta conquista. RESUMO ...

    8547  Palavras | 35  Páginas

  • José de alencar

    1 INTRODUÇÃO Este estudo aborda os perfis femininos alencarianos, com o objetivo de analisar os recursos utilizados por José de Alencar para a construção da identidade feminina nas narrativas Lucíola, Iracema e Senhora. O Romantismo valoriza as forças criativas do indivíduo e da imaginação popular e tem como tema recorrente o amor. O ápice das narrativas românticas vincula o destino das personagens à realização amorosa. Opõe-se à arte equilibrada dos clássicos e baseia-se na inspiração...

    13405  Palavras | 54  Páginas

  • Diva - josé de alencar

    Diva é um dos romances do escritor brasileiro José de Alencar. Foi publicado em 1864. Não é uma continuação da obra Lucíola, ao contrário do que muitos pensam. A história de Lucíola se encerra na própria obra. O que liga as duas obras é um detalhe curioso. O narrador de Lucíola, Paulo, se torna amigo do narrador de Diva, Amaral, como é possível depreender da epígrafe de Diva. Então, o livro Diva é composto por cartas que Amaral teria enviado a Paulo, como confissões a um amigo. [editar] Enredo ...

    1192  Palavras | 5  Páginas

  • trabalho sobre livro senhora

    Nome: Português Turma: Nº: 2º ano Análise do Romance: Senhora João J. Set/09 Análise do romance “Senhora” de José de Alencar Análise do romance “Senhora” de José de Alencar Por: Ana Angelica de Souza Pinto O seguinte trabalho tem como finalidade a análise do romance Senhora de José de Alencar, ressaltando alguns pontos que para mim foram importantes. Começo com esta pequena introdução, contando sobre Alencar e dando continuidade com alguns trechos do romance com mais alguns...

    8307  Palavras | 34  Páginas

  • Jose de Alencat

    Senhora I. O Movimento Literário • Não há modelos, particular, individual • Pessoal, subjetivo Retorno ao passado: Idade Média • Cristianismo, Apelo à imaginação, Sensibilidade • Folclore, Motivos populares • Libertação: formal e temática • O amor e a mulher idealizados sentimentalmente II. Prosa Romântica – Romance romântico Verossimilhança das histórias; Coerência moral das personagens; Fidelidade das reconstruções ambientais. Namoro difícil ou impossível Mistério sobre a identidade...

    4564  Palavras | 19  Páginas

  • José de Alencar: O projeto de nação nos discursos parlamentares x o modelo de país nos romances de fundação

    José de Alencar: O projeto de nação nos discursos parlamentares x o modelo de país nos romances de fundação Por Cátia Guimarães Rocha Trabalho apresentado a professora Doutora Eliana Yunes, no curso de Questões de representação na literatura. Faculdade de Letras da PUC 2º Semestre de 2007 1 OBJETIVO DO PROJETO O presente projeto visa conhecer e discutir o modo como se desenvolveu os pensamentos do escritor e político José Martiniano de Alencar, pensamentos...

    2378  Palavras | 10  Páginas

  • Iracema - josé de alencar

    Vilhena Setembro/2012 Introdução Iracema é um grande tesouro da literatura Romântica brasileira. José de Alencar a escreveu com rica linguagem, e com varias características do romantismo. Obra interessante que mostra o amor impossível de um branco colonizador europeu e de uma índia idealizada como a perfeição da natureza. José de Alencar José Martiniano de Alencar nasceu em Fortaleza, no bairro Messejana, em 1º de Maio de 1829 – Rio de Janeiro. Foi um Jornalista...

    1270  Palavras | 6  Páginas

  • Questoes de literatura

    Questões de Vestibular Tema: Tropicália Questão 1 O disco e a música Tropicália tornaram-se símbolos do "Tropicalismo", movimento protagonizado por artistas e intelectuais, no Brasil, em finais da década de 1960. Esse movimento destacou-se, principalmente, pela seguinte proposta: (A) valorização do pluralismo cultural (B) denúncia das influências estrangeiras (C) enaltecimento da originalidade nacional (D) defesa da homogeneização de comportamentos sociais  Alternativa correta: (A) ...

    673  Palavras | 3  Páginas

  • Análise das obras literárias: Iracema, Vidas Secas, Dom Casmurro, O Barril de Amontillado, O cortiço, e Senhora

    Análise das obras literárias : Iracema, Vidas Secas, Dom Casmurro, O Barril de Amontillado, O cortiço, e Senhora Introdução O objetivo deste trabalho é apresentar de forma explicita as análises das obras literárias: Iracema, Vidas Secas, Dom Casmurro, O Barril de Amontillado, O cortiço, e Senhora. Com o intuito de beneficiar e abrir portas para novas ideias e conhecimentos, sobre os temas aqui abordados dentro das obras por diversos autores, no qual a estruturação das analises se dão a partir...

    3228  Palavras | 13  Páginas

  • Senhora Jose De Alencar

    DADOS DE COPYRIGHT Sobre a obra: A presente obra é disponibilizada pela equipe Le Livros e seus diversos parceiros, com o objetivo de oferecer conteúdo para uso parcial em pesquisas e estudos acadêmicos, bem como o simples teste da qualidade da obra, com o fim exclusivo de compra futura. É expressamente proibida e totalmente repudíavel a venda, aluguel, ou quaisquer uso comercial do presente conteúdo Sobre nós: O Le Livros e seus parceiros disponibilizam conteúdo de dominio publico e propriedade...

    89009  Palavras | 357  Páginas

  • Comentários sobre Lucíola

    LUCÍOLA, de José de Alencar Análise Lucíola é o quinto romance de Alencar e o primeiro da trilogia que ele denominou de "perfis de mulheres" (Lucíola, Diva e Senhora). Situa-se entre seus romances urbanos que representam um levantamento da nossa vida burguesa do século passado. A obra, publicada em 1862, é um romance de amor bem ao sabor do Romantismo, muito embora uma ou outra manifestação do estilo Realista aí se faça presente. Trata-se de um romance de "primeira pessoa", ou seja, o narrador...

    11247  Palavras | 45  Páginas

  • Vestibular Modernismo

     LITERATURA LIVROS VAMOS FALAR DE VESTIBULAR? FICHA 04 Tema: Modernismo no Brasil- Macunaíma Professor: Railthon Fávaro Ensino Médio Aluno: Modernismo - resumo, autores, dicas e questão comentada. Produto das transformações sofridas pelo Brasil nas duas primeiras décadas do século 20, o período modernista brasileiro começou com a Semana de Arte Moderna de 1922. Ele evolui em três gerações, marcadas pela busca de inovações capazes de amadurecer a literatura nacional. Primeira geração (1922-1930):...

    1746  Palavras | 7  Páginas

  • Roteiro sobre o livro iracema

    Roteiro para estudo Dirigido da Obra Literária l. Antes da Leitura: lendo o livro, antes de ler a história: Título da obra: Iracema Autor: José de Alencar Editora: Martin Claret Edição: 7º Edição Ano:1998/ 2011 Local: Rua Alegrete, 62-Bairro Sumaré-CEP: 01254-010-São Paulo-SP A) Suporte/portador: o livro A partir do momento que o leitor pega um livro na mão é que alguma coisa lhe chamou a atenção no caso a capa do livro, pela a imagem que tem e pelo tipo de letra que é usada na capa;...

    3722  Palavras | 15  Páginas

  • Jose de Alencar

    passado, foi publicado em dois volumes. Cada uma das partes do romance está dividida em 31 capítulos. A segunda parte encaixa alguns capítulos da primeira, para fácil esclarecimento de fatos.  2 - Biografia José de Alencar (1829-1877) foi romancista, dramaturgo, jornalista, advogado e político brasileiro. Foi um dos maiores representantes da corrente literária indianista. Destacou-se na carreira literária com a publicação do romance "O Guarani", em forma de folhetim...

    2536  Palavras | 11  Páginas

  • Os indios nos livros iracema e ubirajara de jose de alencar.

    DO VALE JEQUITINHONHA – FEVALE FACULDADE DE FILOSOFIA E LETRAS DE DIAMANTINA – FAFIDIA MARIA CHRISTINA DA SILVA VIEIRA OS INDIOS NOS LIVROS IRACEMA E UBIRAJARA DE JOSE DE ALENCAR CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO MAIO DE 2009. 1 MARIA CHRISTINA DA SILVA VIEIRA OS ÍNDIOS NOS LIVROS IRACEMA E UBIRAJARA DE JOSE DE ALENCAR Trabalho de conclusão de Curso de Letras como requisito para obtenção do título de Licenciado em Letras da Faculdade de Filosofia e Letras em Diamantina sob a orientação...

    7594  Palavras | 31  Páginas

  • Textos Sobre Cl Ssicos

    preocupam com "empobrecimento" do texto Machado de Assis é um dos autores na mira das adaptações de obras clássicas Queridos pelos professores, Machado de Assis e José de Alencar não são autores de cabeceira para a maioria dos alunos. A dificuldade de entender obras clássicas, seja pela linguagem ou complexidade das tramas, reaviva o debate sobre o uso de adaptações literárias nas escolas. Embora a ideia das versões seja incentivar a leitura entre crianças e adolescentes, especialistas se preocupam com...

    3040  Palavras | 13  Páginas

  • Resenha critica da obra senhora de jose de alencar

    romance "Senhora", de José de Alencar. Durante os comentários da obra notei que os alunos gostaram muito do estilo urbano de Alencar, bem mais do que os indianistas, por isso achei melhor apresentar-lhes os vídeos do momento da noite de núpcias em que Aurélia revela seu plano de vingança. Os vídeos pertencem à novela "Essas Mulheres", tão bem interpretada por Christine Fernandes, é uma autêntica heroína romântica. José de Alencar foi primoroso em escrever esta cena em seu livro "Senhora". Muito emocionante...

    924  Palavras | 4  Páginas

  • 200 dicas para o vestibular.

    1ª. ACERTOS. Concentração e tranqüilidade garantem o máximo de acertos possível. Não se preocupe em tentar acertar um determinado número de questões. 2ª. ACHISMOS. Nada de achismos! Não adianta fazer suposições. Utilize apenas as informações que, de fato, constam no enunciado. Não suponha nada além. Não acredite cem por cento nas figuras: acho que esse ângulo é reto. Não! Ou está escrito no enunciado que ele é reto ou terá que deduzir isso. 3ª. AFETIVIDADE. ...

    30160  Palavras | 121  Páginas

  • Exercícios sobre ROMANTISMO

    dos Timbiras em matar seu prisioneiro, descrevendo as suas condições físicas. e)    evitar descrever o estado de ânimo dos Timbiras e se abster de apresentar o do prisioneiro.   Questão 02)   Acerca da protagonista do romance Iracema, de José de Alencar, pode-se dizer que   I.     é uma heroína romântica, tanto por sua proximidade com a natureza, quanto por agir em nome do amor, a ponto de romper com a sua própria tribo e se entregar a Martim. II.    é uma personagem integrada à natureza,...

    6144  Palavras | 25  Páginas

  • Ola Mya Desculpa Te Pertubar

    Livro "Senhora" de José de Alencar ... www.trabalhosfeitos.com/.../Peça-Teatral...Livro-Senhora.../50310456.ht... Avaliação: 4,5 - ‎2 votos 25/04/2014 - Veja isso Artigos Acadêmicos e mais 1.800.000 outros como esses. Não perca a chance de conseguir melhores notas e ser um escritor ... Roteiro do livro senhora de josé de alencar - Trabalhos de ... www.trabalhosfeitos.com/ensaios/...Do-Livro-Senhora...José/563459.htm... Avaliação: 4,5 - ‎3 votos Livro Senhora - José...

    527  Palavras | 3  Páginas

  • Senhora

    4.3 Bernardo Guimarães..................................................................pag.20 4.3.1 Resenha – A Escrava Isaura..................................................pag.21 4.4 José de alencar..........................................................................pag.22 4.4.1 Resenha - Senhora.................................................................pag.23 4.4.2 Resenha - O Guarani..............................................................pag.24 4.5 Franklin Távora......

    4917  Palavras | 20  Páginas

  • Ola Mya Desculpa Te Pertubar

    Livro "Senhora" de José de Alencar ... www.trabalhosfeitos.com/.../Peça-Teatral...Livro-Senhora.../50310456.ht... Avaliação: 4,5 - ‎2 votos 25/04/2014 - Veja isso Artigos Acadêmicos e mais 1.800.000 outros como esses. Não perca a chance de conseguir melhores notas e ser um escritor ... Roteiro do livro senhora de josé de alencar - Trabalhos de ... www.trabalhosfeitos.com/ensaios/...Do-Livro-Senhora...José/563459.htm... Avaliação: 4,5 - ‎3 votos Livro Senhora - José...

    527  Palavras | 3  Páginas

  • Senhora - José de Alencar

    SenhoraJosé de Alencar Publicado pela primeira vez em 1875, Senhora  é uma das últimas obras escritas por José de Alencar. Ele explora a temática do casamento como forma de ascensão social, dando início a uma discussão sobre certos valores e comportamentos da sociedade carioca da segunda metade do século XIX. O romance é organizado em quatro partes que definem uma transação comercial, simbolizando metaforicamente o casamento por interesse, a saber: O preço; Quitação; Posse; Resgate. ...

    903  Palavras | 4  Páginas

  • Senhora José de Alencar

    Senh ora José de Alencar 1- Biografia do autor José de Alencar (1829-1877) obra 2- Resumo do Enredo • Os títulos das quatro partes em que se divide o romance - O preço, Quitação, Posse e O Resgate-anunciam a problemática contradição entre o dinheiro e o amor que é claramente vista durante a narração da história. Primeira parte O preço Segunda parte - Quitação Terceira parte - Posse Quarta parte – O resgate Personage ns • Aurélia Camargo • Uma mulher diferente de todas as outras...

    1023  Palavras | 5  Páginas

  • A viuvinha José de Alencar

    objetivo não somente contar os fatos narrados no romance de José de Alencar, mas também considerar as questões nele levantadas. Estas envolvem questões do cotidiano as quais ninguém esta isenta. Questões financeiras são amplamente abordadas neste romance. No intuito de debater estas questões e as semelhantes a estas, nos propusemos a estudar esta historia, para que consigamos chegar num conceito sobre o livro, sobre seu escritor, sobre aquela época onde a literatura focava o romantismo. E de fato...

    2357  Palavras | 10  Páginas

  • Vestibular unicap

    Programas do Vestibular UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO Pe. José Acrízio Vale Sales, S. J. Presidente Prof. Dr. Pe. Pedro Rubens Ferreira Oliveira, S.J. Reitor Prof. Dr. Junot Cornélio Matos Pró-reitor Acadêmico Profª Fátima Breckenfeld Pró-reitora Comunitária Prof. Luciano José Pinheiro Barros Pró-reitor Administrativo PROGRAMAS DO VESTIBULAR 1 COAVE Comissão para Aplicação do Vestibular Prof. Dr. Janilto Rodrigues de Andrade Leonardo Alexandre Vieira Peretti Prof. Reginaldo...

    9547  Palavras | 39  Páginas

  • Exigências necessários para vestibular de musica

    Exigências para vestibular de música Unicamp 2014 Etapa I Prova Específica por curso. A primeira avaliação terá conteúdos específicos em função do curso, descritos abaixo: •Candidatos a opções em Música Erudita e Música Popular: prova presencial em aptidão no instrumento. • Candidatos ao curso de Licenciatura em Música: prova de aptidão em instrumento e prova teórica escrita sobre bibliografia específica indicada abaixo (item V). Popular tem prova de improvisação! Etapa II Estruturação...

    1303  Palavras | 6  Páginas

  • senhora: Jose de alencar

    No século XIX, encontramos em “Senhora”, obra romântica de José de Alencar, uma crítica às contradições da sociedade e do ser humano, construindo uma figura feminina, Aurélia, que ora transparece a imagem de um anjo, ora serpente demoníaca. Propositalmente, o autor evidencia no título da obra, a postura inversa da personagem protagonista. Entretanto, Aurélia mesmo sendo uma mulher forte e corajosa, não pode manter essa postura na sociedade e, por isso, Alencar prefere deixar que o perdão de Seixas...

    1641  Palavras | 7  Páginas

  • senhora

     Introdução: A obra Senhora de José de Alencar, fala a história de uma garota que chamava-se Aurélia, filha de uma pobre costureira e órfã de pai, que ao completar 19 anos já começa a pensar em casamento, como ela era uma das mais bela de onde vivia tinha muitos pretendentes. Já com a morte da mãe, Aurélia deixa a sua vida de dificuldade quando recebe uma grande herança de seu desconhecido avô, logo quando recebe sua herança já percebe mudanças nas formas em que todos a tratam até por que agora...

    2270  Palavras | 10  Páginas

  • Perguntas sobre o Livro "Câmera na Mão, O Guarani no Coração"

    1 - Quem é que adorava cinema, tinha um avô cineasta, fez vestibular de comunicação, tinha pais pobres e ganhou no dia do aniversário uma câmera novinha? a) Arthur b) Rô FF: Tato 2 - Tato foi no bar e resolveu ir com seus amigos Rô, Aníbal e Pedro fazer o vídeo, que segundo o regulamento devia ser do livro “O Guarani”. Quem escreveu esse livro? a) José de Alencar b) Moacyr Scliar VF 3 - Tato sai para comprar o livro “O Guarani”, pois nunca tinha lido ele e então sua mãe pede a...

    613  Palavras | 3  Páginas

  • Ana Lise Final Do Livro Senhora

    Mendes Carmona, Gabriel Delage Moura Rooke, Geovane Fonseca de Sousa Santos, Giovanni Salvador Santos, Jonatas Cavalcante. ANÁLISE DO LIVROSENHORA” DE JOSÉ DE ALENCAR Belo Horizonte 2012 Douglas “SENHORA”DE JOSÉ DE ALENCAR Trabalho referente a disciplina de Língua Portuguesa do Curso Técnico Integrado de Informática, do Centro Federal de Educação Tecnológica...

    3884  Palavras | 16  Páginas

  • Análise do espaço na obra Senhora de José de Alencar

    SenhoraJosé de Alencar - O espaço urbano e o relacionamento do casal protagonista No seguinte trabalho, estabeleceremos a interação do casal retratado no romance Senhora de José de Alencar, com o espaço em que o romance decorre, bem como a influência que este exerce no interior das personagens e no enredo por consequência. No que se referem aos romances urbanos, estes têm como enfoque, o cenário da corte do Rio de Janeiro no período do segundo reinado, abordando de acordo com Heron de Alencar...

    862  Palavras | 4  Páginas

  • QUESTÕES DE CONJUNTO

    cólera. E um grupo de X pessoas consultadas, verificou-se que 33 haviam contraído cólera; 21 contraído dengue; 8 contraíram as duas doenças e 10 nenhuma delas. O valor de X é: a) 46 b) 56 c) 60 d) 62 e) 72 2) Durante o Círio de Nossa Senhora de Nazaré de 2001, em Belém, consultamos 1500 fiéis acerca dos motivos que os levaram a acompanhar aquela procissão de fé. "SAÚDE", "CASA PRÓPRIA" E "PAZ MUNDIAL" foram as razões apresentadas por aqueles que responderam a nossa pergunta. Destes, 860...

    768  Palavras | 4  Páginas

  • Senhora

    livro SENHORA de José de Alencar Esta análise consiste em demonstrar algumas peculiaridades da obra de José de Alencar José de Alencar um cearense, que antes de iniciar sua vida literária atuou como advogado e também político e jornalista.inspirou na vida cotidiana brasileira em suas obras, também romances indianos e regionalista, podendo ser considera o precursor do Romantismo no Brasil. Segundo Castelo é fundamental e indispensável ao estudo da obra de José de Alencar...

    1150  Palavras | 5  Páginas

  • Avaliação do livro Senhora

     01. A questão central, proposta no romance Senhora, de José de Alencar, é a do casamento. Considerando a obra como um todo, indique a alternativa que esteja errada em relação ao romance: (Valor 1,0) a) O casamento é apresentado como uma transação comercial e, por isso, o romance estrutura-se em quatro partes: preço, quitação, posse, resgate. b) Aurélia Camargo, preferida por Fernando Seixas, compra-o e ele, contumaz caça-dote, sujeita-se ao constrangimento de uma união por interesse. c) O...

    4555  Palavras | 19  Páginas

  • senhora

    Análise da obra “Senhora” de José de Alencar Aluno: Victória Zamprogna Série: 2ª série A Disciplina: Literatura Professor: Jocilei Dalbosco Passo Fundo, Abril de 2011. 1 Breve biografia do autor: José Martiniano de Alencar filho, nasceu na cidade de Macejana, no Ceará, em 1º de maio de 1829, e faleceu no Rio de Janeiro, no dia 12 de dezembro de 1877. Filho de Ana Josefina Alencar e seu primo, José Martiniano de Alencar, político liberal e revolucionário...

    1579  Palavras | 7  Páginas

tracking img