• Racionalismo
    , e o mecanismo de Descartes é substituído por um dinamismo que o seu conceito novo de força iria oferecer. O universo é harmônico, porque Deus preestabeleceu assim, e tudo quanto sucede por uma disposição já previamente determinada pelo Criador. Principais Ideias Para Descartes, existiam três...
    2167 Palavras 9 Páginas
  • modernidade descartes
    por intuições e por análises. Na primeira regra, está enunciado o que, para Descartes, é o critério da verdade, a clareza e a distinção das ideias. Essa expressão é repetida ao longo de toda obra de Descartes, como uma das teses fundamentais de sua teoria do conhecimento. A razão cartesiana é a...
    4071 Palavras 17 Páginas
  • roisldhkz
    . Objectivos específicos: Conhecer o objetivo do pensamento de Descartes e identificar as principais críticas ao saber do seu tempo. Texto 1 “O bom senso é a coisa mais bem distribuída no mundo, pois cada um pensa ser tão bem provido que mesmo aqueles que são os mais difíceis de contentar em...
    5455 Palavras 22 Páginas
  • Resenha da obra - Discurso do Método - René Descartes
    experiência escolástica de Descartes e seu juízo a respeito das diferentes disciplinas estudadas no colégio jesuíta. Segunda Parte: principais Regras do Método Terceira Parte: principais fundamentos da moral. Quarta Parte: a dúvida metódica e os fundamentos da metafísica, de Deus e da alma humana...
    2255 Palavras 10 Páginas
  • DESCARTES
     Teoria de Descartes e Subjetividade Moderna Em uma época marcada pelas guerras religiosas entre Protestantes e Católicos na Europa, as dificuldades de se expor ideias modernistas eram grandes pelo impacto negativo que poderiam causar. Assim, Descartes inicia um pensamento...
    1109 Palavras 5 Páginas
  • Descartes
    radical (ideias acolhidas independentes de experiência), este último seguido por Descartes. A filosofia moderna tem como referencial a obra “Discurso do Método” (Discours de la méthode) de René Descartes. 2. Descartes e sua época Procurando fundamentos de uma grande revolução filosófica, Descartes...
    3189 Palavras 13 Páginas
  • Rene Descartes
    ano depois". p.214-215 "Descartes escreveu seus principais trabalhos na Holanda: (1628-1629) Regras para a direção do espírito; (1634) O mundo e Tratado sobre o homem; (1637) Discurso sobre o método, e Ótica, geometria e meteorologia; (1641) Meditações metafísicas, cujas teses principais são...
    1417 Palavras 6 Páginas
  • Metodo Cartesiano
    pensamento de sua época, possibilitando o desenvolvimento da ciência moderna e abrindo caminho para o ser humano dominar a natureza. A realidade das ideias claras e distintas, que Descartes apresentou a partir do método da dúvida e da evidência, transformou o mundo em algo que pode ser quantificado. Com...
    1599 Palavras 7 Páginas
  • Gfnbg
    pensamento ou ilusão dos sentidos, Descartes formula sua segunda certeza: a existência de Deus. Entre outras provas, usa a idéia de Deus como o ser perfeito. A noção de perfeição não poderia nascer de um ser imperfeito como o homem, mas de outro ser perfeito, argumenta. Logo, se um ser é perfeito, deve...
    1978 Palavras 8 Páginas
  • Influencia dos racionalistas na sociedade moderna
    INFLUENCIA DOS RACIONALISTAS NA SOCIEDADE MODERNA RESUMO As ideias, pensamentos e duvidas sempre afligiram a sociedade e os filósofos como Platão (que na antiguidade, deu inicio ao pensamento racionalista) e para Descartes, já no século XVI, (considerado o pai da modernidade), que acreditam...
    783 Palavras 4 Páginas
  • Resumos 11º (até descartes e hume)
    finais Desigualdades entre os filósofos Para Descartes a razão era o fundamento principal na elaboração de idéias, ao passo que Hume se sustentava na concepção de que para a razão deliberar sobre algo era necessário que o ser dotado dessa razão tenha passado por experiências, para que assim sua...
    3354 Palavras 14 Páginas
  • Idade moderna
    duas correntes filosóficas, uma com ênfase na razão, outra nos sentidos.  O racionalismo engloba as doutrinas que enfatizam o papel da razão no processo do conhecimento. Na Idade Moderna destacam-se como racionalistas: René Descartes – seu principal representante – Espinosa e Leibniz.  O...
    3986 Palavras 16 Páginas
  • rene descartes
    moderna até a matemática moderna. Esse trabalho acadêmico tem como objetivo destacar as obras feitas por Descartes mostrando o enfoque principal e os métodos utilizados em suas obras,bem como, narrar os acontecimentos da vida dele, que foi marcada por viagens pela Europa e diversas publicações durante...
    1177 Palavras 5 Páginas
  • rené descartes
    => idéia (representação mental na presença ou não do) => objeto. CONCLUSÃO: René Descartes foi um filósofo racionalista em que, o racionalismo é a doutrina epistemológica que defende que a razão é por direito próprio uma fonte de conhecimento, estando esta ideia presente em Descartes sob várias...
    893 Palavras 4 Páginas
  • Estudante
    atitude cética: duvida-se de cada ideia que não seja clara e distinta. Ao contrário dos gregos antigos e dos escolásticos, que acreditavam que as coisas existem simplesmente porque precisam existir, ou porque assim deve ser etc., Descartes instituiu a dúvida: só se pode dizer que existe aquilo que...
    1206 Palavras 5 Páginas
  • Administração
    Projeto Evitando o descarte das bicicletas usadas Idéia que motivou o grupo a criá-la Tendo em vista o grande numero de bicicletas usadas nas regiões do interior do estado como meio de transporte para entrega de correspondências. E sua depreciação de 2 anos e após este período as mesmas...
    838 Palavras 4 Páginas
  • Descartes
    compartilhavam o mesmo ideal de formular uma filosofia mecanicista para favorecer fundamento metafísico para os recentes desenvolvimentos da física, nem sempre compartilhavam, entretanto, as mesmas ideias em política ou religião”. p. 214 5. “No período entre 1620 e 1628, Descartes tem encontros...
    2488 Palavras 10 Páginas
  • Filosofia
    Descartes?  Apesar de partir do cartesianismo, Locke discorda de Descartes sobre a existência de idéias inatas produzidas pela capacidade de pensar da razão. 04) Qual a principal diferença entre o racionalismo e o empirismo? Faça um esquema. Estas duas correntes de pensamento ocidental...
    1167 Palavras 5 Páginas
  • Decartes e a filosofia do cogito
    no exame das ideias que encontra em sua própria mente. Para ele, uma ideia só será verdadeiramente válida se for evidente, isso é, clara e distinta. Assim, Descartes afirmava ser a mente produtora de três tipos distintos de ideias, que ele assim identifica: as Ideias Inatas, que são aquelas...
    2209 Palavras 9 Páginas
  • A mudança de paradigma
    à Filosofia moderna, novo modelo de pensamento, que está exposto no Discurso do Método de Descartes. Qual a principal causa e conseqüência da mudança de paradigma filosófico ocorrida na passagem da Idade Média para a idade Moderna? Para entendermos um pouco melhor essa questão, vamos...
    2557 Palavras 11 Páginas