• Era Vargas...
    Era Vargas O governo na Era Vargas adotou medidas controladoras, ditatoriais e paternalistas, mas também contou com aspectos modernos na industrialização do país e na inovação das políticas trabalhistas com a criação da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) Durante o governo de Getúlio Vargas...
    945 Palavras 4 Páginas
  • resumo era vargas
    é aprovada. Ela decreta a manutenção do federalismo, mandato presidencial de quatro anos, nacionalismo econômico, voto secreto e do voto feminino e das leis trabalhistas. Em 1934 Getúlio é conduzido pelo congresso nacional à presidência da República, começa a fase constitucional da Era Vargas (1934...
    1559 Palavras 7 Páginas
  • Era Vargas
    tendência radical dos tenentes Massa operária passa a ser controlada pelo Estado: Repressão Mecanismos de legislação trabalhista Uso do populismo para o controle da massa: o Estado atende às reivindicações das massas através de concessões de direitos trabalhistas e previdenciários Leis...
    2808 Palavras 12 Páginas
  • Era vargas - principais características
    Era Vargas – Principais Características 1 – O PERÍODO PROVISÓRIO (1930 – 1934):  Decretos-lei.  Nomeação de interventores.  Atrelamento de sindicatos ao governo.  Criação do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio (a cargo de Lindolfo Collor).  Criação de leis trabalhistas: 8hs...
    746 Palavras 3 Páginas
  • Era Vargas
    . Voto secreto, Direitos trabalhistas e Nacionalismo econômico; Voto feminino, leis trabalhistas, representação classista no Poder Legislativo,... Governo Constitucional (1934 –1937) Ação Integralista Brasileira: Combate ao comunismo; Nacionalismo exacerbado; Estado todo-poderoso; Disciplina e...
    610 Palavras 3 Páginas
  • Historia do direito do Trabalho no Mundo
    pressão no sentido de levar o Brasil a elaborar leis trabalhistas, sublinhem-se as transformações que ocorriam na Europa e a crescente elaboração legislativa de proteção ao trabalhador em muitos países. Também pesou o compromisso internacional assumido pelo nosso país ao ingressar na Organização...
    1622 Palavras 7 Páginas
  • Getulio vargas
    ). • Política econômica e administrativa do Estado Novo. • Política paternalista varguista. • Transformação social e política trabalhista com a criação da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). • Criação do Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP), órgão responsável pela censura do período...
    881 Palavras 4 Páginas
  • História do Direito do Trabalho no Brasil
    início de 1900; O surto industrial, efeito da Primeira Grande Guerra Mundial, com a elevação do número de fábricas e de operários; A política trabalhista de Getúlio Vargas. 2. Leis Principais 2.1) Constituições Brasileiras Todas as Constituições Brasileiras desde a de 1934 passaram a ter...
    612 Palavras 3 Páginas
  • Era vargas
    democráticas e criou as bases da legislação trabalhista. Além disso, sancionou o voto secreto e o voto feminino. Por meio dessa resolução e o apoio da maioria do Congresso, Vargas garantiu mais um mandato. Governo Constitucional (1934 – 1937) Nesse segundo mandato, conhecido como Governo...
    2819 Palavras 12 Páginas
  • Evolução histórica do direito do trabalho:
    Lei de férias, a Lei n° 62 de 1935, que versava sobre a atividade de industriários e comerciários, a Publicação da consolidação das leis do trabalho, as Leis trabalhistas, a Lei que previa o 13° salário, a legislação do FGTS e o direito de greve....
    312 Palavras 2 Páginas
  • A era Vargas
    ERA VARGAS (1930 – 1945) ERA VARGAS (1930 – 1945) 1 - O PERÍODO PROVISÓRIO (1930 – 1934): • Suspensão da Constituição. Decretos-lei. • Nomeação de interventores. • Atrelamento de sindicatos ao governo. • Recuperação do preço do café (queima de estoque). • Criação do Ministério do...
    899 Palavras 4 Páginas
  • Era vargas
    Estado efetuou algumas concessões, tais como, o salário mínimo, a semana de trabalho de 44 horas, a carteira profissional, as férias remuneradas. As leis trabalhistas foram reunidas, em 1943, na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), regulamentando as relações entre patrões e empregados. A...
    2376 Palavras 10 Páginas
  • A era vargas
    desgaste gerado pelos conflitos paulistas. Passada a formação da Assembleia, uma nova constituição fora promulgada, em 1934. Com inspiração nas constituições alemã e mexicana, a Carta de 1934 deu maiores poderes ao poder executivo, adotou medidas democráticas e criou as bases de uma legislação trabalhista...
    3570 Palavras 15 Páginas
  • Era vargas
    Transformação social e política trabalhista com a criação da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). 7 Criação do Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP), órgão responsável pela censura do período. 8 Constituição de 1937. 9 Consequência da Segunda Guerra Mundial. 10 Decadência do Estado Novo. 11...
    5610 Palavras 23 Páginas
  • politicas socias
     de Estado desencadeado  em 3 de outubro de 1930,  e foi exilado.  Fim da República Velha. Governo Provisório (1930 – 1934) Questão social tratada como caso de POLÍTICA; Criação de uma Legislação Trabalhista: (salário  mínimo, jornada de trabalho de oito horas diárias,  descanso semanal aos...
    1557 Palavras 7 Páginas
  • artes
     O PERÍODO PROVISÓRIO (1930 – 1934): Decretos-lei. Nomeação de interventores. Atrelamento de sindicatos ao governo. Criação do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio (a cargo de Lindolfo Collor). Criação de leis trabalhistas: 8hs diárias, salário mínimo, aposentadoria, férias...
    848 Palavras 4 Páginas
  • Resumo expandido cf 1937
    . coord.direito@unibalsas.edu.br. RESUMO Aqui, observa-se a implementação da ditadura varguista, apoiada pelo Estado Novo, onde se fez necessário algumas reformulações no texto constitucional de 1934, que configurou na criação de uma nova Constituição. Em novembro de 1937 foi outorgada a nova Lei...
    1521 Palavras 7 Páginas
  • Era Vargas
    ERA VARGAS ( 1930 – 1945 ) 1 - O PERÍODO PROVISÓRIO (1930 – 1934): • Decretos-lei. • Nomeação de interventores. • Atrelamento de sindicatos ao governo. • Criação do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio (a cargo de Lindolfo Collor). • Criação de leis trabalhistas: 8hs diárias, salário...
    818 Palavras 4 Páginas
  • era vargas
    Defensorias Públicas em plena capacidade em todos os estados no sentido de gratuidade. 2.10 TRABALHO A República Velha teve sua queda por mudança de parte dos trabalhadores brasileiros que, tornando-se operários urbanos, exigiam muito mais que os rurais. A CF de 1934 coroou as leis trabalhistas...
    6327 Palavras 26 Páginas
  • politicas
     de Estado desencadeado  em 3 de outubro de 1930,  e foi exilado.  Fim da República Velha. Governo Provisório (1930 – 1934) Questão social tratada como caso de POLÍTICA; Criação de uma Legislação Trabalhista: (salário  mínimo, jornada de trabalho de oito horas diárias,  descanso semanal aos...
    1557 Palavras 7 Páginas