O personalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (935 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BIOGRAFIA
Francesco Marchi nasceu no ano de 1822 em Pescia na Itália, onde desenvolveu todo o trabalho de sua vida, ainda jovem de família numerosa, e órfão desde a tenra idade faleceu muitocedo, aos 49 anos, perdendo a contabilidade italiana o mesmo que a brasileira perderia na década de 40, do século seguinte, com o prematuro falecimento de Frederico Herrmam Júnior.

A ESCOLAPERSONALISTA
O personalismo foi uma corrente que se ligou aos conceitos jurídicos, pessoais, mas com sérios envolvimentos, também, com a administração. Tal movimento tem sua base sólida, na Itália, comFrancesco Marchi.
Tudo se inicia com Marchi (1822-18710), com sua obra expressiva, editada na cidade de Prato, em 1867, que foi um libelo contra o Contismo e por isso se intitulava ICinquecontisti...
Não seria justo deixar de mencionar que antes do movimento de Marchi, encetara, com rara felicidade, também, os estudos personalistas, o emérito escritor francês Hypolitte Vannier, com suaobra editada em Paris, em 1844, sob o titulo La tênue des livres telles qu´elle se pratique réellement dans le commerce et dans la banque.
Esse emérito escritor, todavia, tinta em seu trabalhouma conotação diferente daquela do Italiana, pois esse preocupava-se em refutar uma corrente de ideias e apresentar outra, com coloração cientifica, o trabalho de Marchi, entretanto, não era apenasde combate o que se realiza na primeira parte do livro, mas também de lançamento das bases de um personalismo cientifico o que é tratado na segunda parte.
O propósito desse valoroso tratadistafoi primeiro o de fazer oposição a Degranges e depois o de apresentar o que deveria substituir as idéias que combatia, Marchi adotou um caminho honesto no campo científico, ou seja, não só fez criticar,mas apresentou a doutrina que acreditou ser competente para substituir a outra, a Itália, na época, possuía adeptos do Contismo francês, muito explicavelmente, as napoleônicas, assim como pelo...
tracking img