O enfrentamento do problema do crack no contexto da saúde pública

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2490 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
CURSO DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL

aparecida jozelia pereira
CARLOS RODRIGO DELPRANQUE BARRA
JULIANE DE SOUSA SILOTE KAMKE
LORENA COSTA SERRANO
RULIANE ROBERTA CANTARELLI MARINS

O ENFRENTAMENTO DO PROBLEMA DO CRACK NO CONTEXTO DA SAÚDE PÚBLICA

Colatina
2012
aparecida jozelia pereira
CARLOS RODRIGO DELPRANQUE BARRA
JULIANE DE SOUSA SILOTEKAMKE
LORENA COSTA SERRANO
RULIANE ROBERTA CANTARELLI MARINS

O ENFRENTAMENTO DO PROBLEMA DO CRACK NO CONTEXTO DA SAÚDE PÚBLICA

Trabalho apresentado ao Curso de Serviço Social da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina Psicologia Geral, Antropologia, Formação Social, Política e Econômica do Brasil, FHTM do Serviço Social I.
Prof. Lisnéia Rampazzo, Giane Albiazzetti,Gleiton Lima, Rosane Malvezzi

Colatina
2012

“Quanto ao futuro, cabe a cada um de nós prepará-lo, criá-lo, cuidá-lo. Estamos grávidos de futuro e corremos o risco de abortá-lo. Por ora, é o momento de fazer investimentos nesse fruto futuro. Investir, lançando mão de alguns valores que valorizam o tempo, tais como a paciência (não o mero suportar...), a esperança (não a mera espera...) e aprovidência, que é fazer encaminhamentos com base na experiência refletida e o senso de oportunidade”.
Gabriel Perissé

Dedicamos este portfólio àqueles que ao contrário de muitos outros, acreditam nas soluções oferecidas pela nova geração para os problemas que o Brasil está enfrentando, entre estes, o crack.

Agradecimentos sinceros a Deus, o ser maior que move nossas vidas.
RESUMO

Esteobjetivou oportunizar aos alunos e leitores deste o conhecimento sobre as ações e políticas institucionais de enfrentamento do crack no Brasil, no âmbito da saúde pública, tendo e vista as graves consequências do uso abusivo dessa substância para as relações sociais na contemporaneidade Para prosseguimento e alcance de tal objetivo foram entrevistados cinco profissionais atuantes no Centro de AtençãoPsicossocial (CAPS), município de Baixo Guandu, E/S com o intuito de conhecer o perfil dos usuários de crack que por eles são atendidos. Resultando, portanto, que em termos de faixa etária eles encontram se entre 13 e 20 anos de idade, de ambos os sexos, prevalecendo maior quantidade entre os pertencentes ao sexo masculino, em grande parte demonstram dificuldades para enfrentar o tratamento, sãoagressivos e possuem famílias desestruturadas, fator que demonstrou preocupação, uma vez que a família é o fator primordial para o tratamento e controle do uso de drogas. Concluindo, por tal, ser necessário ao profissional do Serviço Social e outros além de preocuparem-se com os usuários de crack, orientarem às famílias destes.
Palavras-chave: Crack, Saúde Pública, Ações e Políticas Institucionais,Serviço Social, Família.


SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO............................................................................................. 2. PACIENTES E MÉTODOS.......................................................................... 3. RESULTADOS E DISCUSSÃO.................................................................. 4. CONSIDERAÇÕESFINAIS........................................................................ 5. REFERÊNCIAS........................................................................................... | 0708091314 |

1. INTRODUÇÃO

O crescimento do consumo de crack e dos problemas relacionados a ele constitui, atualmente, um grande desafio para a implementação de uma política de atenção aos problemas com drogas no Brasil. Essedesafio exige respostas eficazes do governo e da sociedade na construção de um programa de intervenção integrada que inclua ações de promoção da saúde e de conscientização e informação sobre os riscos do uso de crack, disponibilização de serviços de atendimento, estudos clínicos sobre tratamento da dependência dessa substância, entre outros. O consumo de álcool, tabaco e de outras drogas agrava...
tracking img