Resgate da categoria rela;ao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1752 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Capítulo Um
Muntu bantu: Resgate da categoria relação

1. Definição dos termos
1. Bantu
2. Muntu
3. Relação

2. Relação como participação vital
1. O que é participação vital?
2. A pirâmide vital

3. Muntu como Relação
1. Relação de Muntu consigo mesmo
2. Relação de Muntu com o outro – a família, clã, tribo, comunidade
3. Relação de Muntu com cosmos
4.Relação com a transcendência



Introdução

Ao longo da história o Muntu foi entendido em várias formas. O termo Muntu foi traduzido usando vários outros termos que provem do ocidente como pessoa, ser humano, homem, etc. Mesmo assim, algumas traduções ficam válidas sem descartar algumas diferenças que existem no uso dos termos a partir do mundo ocidental e o mundo Bantu em geral. Neste casopara entender melhor o que significa Muntu no seu contexto Bantu e especificamente no contexto Tanzaniano, é necessário entender bem alguns terminologias e conceitos usados neste contexto como relação, participação vital, a pirâmide vital. Neste caso podemos dizer que não tem como entender sem entender esses termos.

1. Definição dos termos

1. Bantu

O termo Bantu é de origemlingüística e não antropológica como pretendem considerar vários autores e antropólogos. Etimologicamente, o termo denota seres humanos, ou então, ‘pessoas’, mas isso não lhe confere qualquer origem antropológica. Por causa de multiplicidade de línguas que pertencem aos povos neste grupo, pode ser expresso em formas variadas como Alice Werner ponta: “A palavra Bantu nas suas formas variadas (abantu, batho,ovantu, antu, watu) é nome de pessoas”[1]. A estes exemplos podem ser acrescentados muitos outros como “Wandu” do povo Chagga[2] de Tanzânia etc, que concordam com o significado deste termo. Além desta tradução literal, o termo passou a ter outro significado. Representa um grupo especifico de povos que vivem na África e que são unidas através de semelhanças lingüísticas.[3] É neste sentido queMarsh nota que a língua é umas dos fatores que unem os povos Bantu. Ele ainda observa que ao falarem várias línguas, todas elas são profundamente relacionadas.[4]
Este termo, apesar de ter sugerido por vários autores, foi estabelecido pela primeira vez em 1862 pelo Wilhelm Bleek.[5] Ele deu este nome, a palavra que significa ‘pessoa’ na maioria das línguas deste grupo. Mas deve ser notado quenão é Bleek que inventou este termo. Pelo contrario, ‘Bantu’ já existia nas línguas Bantu bem antes dele. O que Bleex fez é apenas adotar o termo e resignificá-la, dando-lhe uma conotação mais ampla. Isto é, significando um grupo de povos que constitui, numa certa forma, um bloco etnográfico que é homogênea.[6] Além de Bleek, temos também Malcolm Guthrie, um estudiosos das culturas, pesquisousobre os povos africanos. Ele encontrou uma característica comum em muitos deles no âmbito lingüístico. Tal característica consistia no fato de que, para designar a pessoa, o radical ‘-ntu’ se fazia presente em muitas línguas dos povos pesquisados.[7]
Portanto, podemos dizer que Bantu é um grupo de povos que têm semelhanças no seu modo de viver. Com essa semelhança não se entende apenas aforma lingüística se não também a forma de entender o ser Supremo, a vida, a pessoa, a comunidade, o cosmos, etc. Porém deve ser dito que entre o grupo Bantu há também algumas diferenças entre um povo e outro.
O grupo Bantu é dividido em três sub-grupos como nota Nevins: “Os Bantu são divididos em três grupos: Os Bantu orientais que vivem na Tanzânia, Kenya e Uganda; Os Bantu do Sul que seencontram na Zambia, Rhodesia, Moçambique, Sul e sudoeste da África e Os Bantu ocidentais que se localizam na África Equatorial – no Congo e Angola”.[8] Esta divisão nos aproxima mais ao campo do nosso trabalho, que é o primeiro grupo, ao qual o grupo Bantu Tanzaniano se localiza. Por sua vez este subdivisão sofre outras divisões. Dentre as mais elaboradas divisões podemos considerar a de Doke...
tracking img