O brincar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2146 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TÍTULO: “O BRINCAR”

NOME: Andrea Aparecida Berti – Psicóloga – UNIP/1999
Especializanda em Saúde Mental e Intervenções Terapêuticas: casal, família, grupo e instituições – CEFAS – Unidade Sorocaba.
Módulo: Psicoterapia de Casal, Família, Crianças e Adolescentes: teoria e técnica.- JUL/12

NOME DA PROFESSORA: Delia María De Césaris Psicanalista e Psicopedagoga
Mestre em Psicologia –UNIMARCO
Doutoranda em Psicologia – USP

RESUMO:
Escolhi o texto O BRINCAR E A EXPERIÊNCIA ANALÍTICA de Sérgio de Gouvêa Franco, jun/2003-RJ, para o desenvolvimento do texto que segue abaixo.

O BRINCAR
A criança possuí uma linguagem diferenciada do adulto, e o terapeuta pode entender esta forma de comunicação como por exemplo no brincar. É sabido que outros profissionais da área dapsicanálise já haviam percebido a importância da brincadeira no processo terapêutico, como por exemplo Klein. Mas Winnicott modifica o olhar sobre o brincar e cria uma teoria a partir de seus estudos sobre objetos transicionais.
Winnicott nos diz que a psicoterapia se efetua na sobreposição de duas áreas do brincar, a do paciente e do terapeuta.
O brincar funciona dentro de um tempo e de umespaço, determinado pelo autor como “espaço potencial” que existe entre a mãe e o bebê. Neste espaço há variações dependendo das experiências adquiridas pelo bebê e sua relação com o mundo.
Lembrando que o brincar também se manifesta nos adultos, onde podemos observar tais manifestações em seu senso de humor, seu timbre de voz ou nas escolhas das palavras.
A brincadeira é algo universal, natural esaudável a todas as crianças, pois facilita o crescimento, o desenvolvimento psicomotor, as relações psicossociais, a comunicação, entre outros tantos benefícios.
No brincar a criança se constitui como sujeito, é muito mais que uma manipulação de objeto ou um jogo. Ao brincar o sujeito constrói o próprio Self.
Brincar é fazer, brincar é vir a Ser.
 A criança brinca com mais facilidade quando aoutra pessoa pode e está livre para ser brincalhona;
 Brincar é construir o próprio SELF (não é a representação de um mundo externo, é a possibilidade de viver, vai se criando e se potencializando);
 Têm que ser uma atitude de aproximação tem que ser espontâneo. O Terapeuta tem que estar inteiro (disponível);
 Quando um paciente não pode brincar, o psicoterapeuta tem de atender a essesintoma principal, antes de interpretar fragmentos de conduta;
 O brincar é por si só uma terapia;
 O brincar é sempre uma experiência criativa, uma experiência na continuidade espaço-tempo, uma forma básica de viver;
 A brincadeira se acha sempre na linha teórica entre o subjetivo e o que é objetivamente percebido.

“A criança joga (brinca), para expressar agressão, adquirir experiência,controlar ansiedades, estabelecer contatos sociais como integração da personalidade e por prazer.” Winnicott

A QUE LUGAR PERTENCE O BRINCAR
Na teoria da brincadeira de Winnicott há um processo, uma evolução por assim dizer.
Primeiramente o bebê e a mãe estão fundidos um no outro, não há diferenciação do Eu-Não Eu. A mãe apresenta o objeto (seio), este é o objeto que o bebê está pronto paraencontrar. A criança vive num mundo subjetivo e a mãe se adapta, com o intuito de dar à criança um suprimento básico da experiência de onipotência. Isso envolve uma relação viva.
A ilusão é a base do criar e a capacidade de sentir-se vivo, saber que a vida vale a pena ser vivida/criatividade. A ilusão de ter criado alguma coisa é essencial para a criatividade. Pois o contrário da vida é o Não Ser.A partir da Ilusão há a constituição do objeto subjetivo, é o mundo interno que se constrói.
Num segundo momento “o objeto é repudiado, aceito de novo e objetivamente percebido. Este processo depende da figura da mãe”, e é muito importante a capacidade da mãe suportar ser amada e odiada.
No momento seguinte o bebê consegue ficar sozinho na presença de alguém, o mundo lhe é confiável.
É...
tracking img