A dislexia e a sala de aula

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5184 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO


No Brasil estima-se que mais ou menos muitas de pessoas apresentem alguma necessidade especial. Deste universo pelo menos noventa por cento das crianças apresentam algum tipo de dificuldade de aprendizagem, relacionada à linguagem ou a escrita, entre ela a dislexia é de maior incidência e merece toda a atenção de pais, professore e instituições e também da sociedade.

Adislexia é um tema de estudo muito pesquisado e a cada dia novos estudos surgem com propostas inovadoras sobre o assunto. A sociedade durante muitos anos criou uma imagem de que os disléxicos eram pessoas que não possuíam inteligência.


A metodologia utilizada nesse estudo é bibliográfica desenvolvida a partir de livros e artigos.


O tema foi escolhido devido ao interesse e curiosidadesobre o que é a dislexia, seus sintomas, suas características, e qual a melhor maneira de se trabalhar com um aluno disléxico em sala de aula.


As instituições de ensino e também os professores precisam ficar atentos aos alunos, observando suas dificuldades principalmente quando estas estão relacionadas à leitura e a escrita verificando quantos problemas a criança apresenta, avaliando emconjunto com outros docentes e o coordenador pedagógico, e se julgarem necessário, recomendar aos pais o encaminhamento a especialistas.


Atualmente o tema dislexia é bem divulgado pelos meios de comunicação e cada vez mais educadores estão buscando especialização sobre os distúrbios de aprendizagem, para que não ocorra a exclusão desses alunos.


O objetivo principal deste estudo é o dereconhecer quais os métodos que professores devem utilizar para trabalhar com crianças disléxicas, identificando as causas da dislexia, analisando como os professores trabalham em sala de aula com crianças que apresentam possíveis sintomas desse distúrbio.


Nos dias de hoje a Educação Inclusiva tem causado muitas dúvidas quanto ao seu processo de implantação, é preciso formar melhor os professorespara atender as necessidades de crianças que apresentem dificuldades de aprendizagem, a dislexia é um grande desafio a ser enfrentado na sala de aula, professores tem a missão de identificar, avaliar e incluir o aluno para que este realize com sucesso o processo de ensino aprendizagem.


























1. Dificuldades de Aprendizagem




Aincapacidade de aprendizagem apresentada por algumas pessoas diante de situações novas é entendida como dificuldade de aprendizagem. O insucesso da criança é muitas vezes rotulado como dislexia, mas na verdade ele pode ser causado por diversos insucessos que podem ter origens, sociais, educacionais, pedagógicos, entre outros.




Causas externas à estrutura familiar eindividual: originariam o problema de aprendizagem reativo, a qual afeta o aprender, mas não aprisiona a inteligência e, geralmente, surge do confronto entre o aluno e a instituição; Causas internas à estrutura familiar e individual: originariam o problema considerado como sintoma e inibição, afetando a dinâmica de articulações necessárias entre organismo, corpo, inteligência e desejo, causando o desejoinconsciente de não conhecer e, portanto, de não aprender; Modalidades de pensamento derivadas de uma estrutura psicótica, as quais ocorrem em menor número de casos; Fatores de deficiência orgânica: em casos mais raros. (FERNANDEZ, 1991, p.49)




Não podemos considerar as dificuldades de aprendizagem um problema somente da criança, ignorando os reflexos da instituição de ensino.As dificuldades de aprendizagem, embora sejam causadas por diversos fatores as condições de vida da criança em casa e na escola podem fazer uma diferença entre uma leve deficiência e um problema verdadeiramente incapacitante. O ambiente escolar ou doméstico afeta intelectualmente o desenvolvimento da inteligência da criança.




Alguns profissionais de ensino afirmam que...
tracking img