A descoberta da infancia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 423 (105597 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
parte 1

Pagina 01 História Social da Criança e da Família Philippe Aries Tradução de Dora Flasksman Segunda edição

Titulo original: L Enfant et la vie familiale sous 1 Ancien Régime Traduzido da terceira edição, publicada em 1975 pela Editions du Seuil, de Paris, França, na serie Points Histoire, dirigida por Michel Winock Copyright 1973 by Editions du Seuil Edição para o Brasil. Não podecircular em outros países. Primeira edição brasileira: 1978 Direitos exclusivos para a língua portuguesa Copyright -by LTC- Livros Técnicos e Científicos Editora S.A Travessa do Ouvidor, 11 Rio de Janeiro, RJ--CEP 20040 1981 Reservados todos os direitos. É proibida a duplicação ou reprodução deste volume, ou de partes do mesmo, sob quaisquer formas ou por quaisquer meios (eletrônico, mecânico,gravação, fotocópia, ou outros), sem permissão expressa da Editora.

A meus pais A meus sogros Pagina 02 A edição brasileira de História social da Criança e da Família foi traduzida da edição de L'Enfant et la vie familiale sous l'Ancien Régime das Editions du Seuil, Collection Points, Serie Histoire, 1973. Esta edição francesa e uma versão abreviada do texto original de Philippe Aries, publicadoem 1960 pelas Editions Plons, e reeditado integralmente pelas Editions du Seuil na coleção "Univers historique" em 1973, acrescido de um prefacio em que o autor examinava a historiografia de seu tema. Na atual versão, portanto, as partes I e 111 foram integralmente reproduzidas. Da parte 11, porém, foi conservado apenas o essencial, ou seja, as conclusões completas de sete capitulos. O capitulointitulado "Do Externato ao Internato" foi totalmente suprimido.

Índice Prefácio 1 O Sentimento da Infância 1. As Idades da Vida 29 2. A Descoberta da Infância 39 3. O Traje das Crianças 69 4. Pequena Contribuição à História dos 82 Jogos e Brincadeiras 5. Do Despudor à Inocência 125 Conclusão: Os Dois Sentimentos da Infância 156 2 A Vida Escolástica 1. Jovens e velhos escolares da Idade Média 1652. Uma Instituição Nova: O Colégio 169

3. Origens das Classes Escolares 172 4. As Idades dos Alunos 175 5. Os Progressos da Disciplina 178 6. As"Pequenas Escolas" 183 7. A Rudeza da Infancia Escolar 184 Conclusão: A Escola e a Duração da Infância 186 3 A Família 1. As Imagens da Família 195 2. Da Família Medieval à Família Moderna 225 Conclusão: Família e Sociabilidade 272 Conclusão 275 Pagina03 Prefácio Costuma-se dizer que a árvore impede a visão da floresta, mas otempo maravilhoso da pesquisa é sempre aquele em que o historiadormal começa a imaginar a visão de conjunto, enquanto a bruma que encobrecobre os horizontes longínquos ainda não se dissipou totalmente, enquanto ele ainda não tomou muita distancia do detalhe dos documentos brutos, e estes ainda conservam todo o seu frescor.Seu maior mérito talvez seja menos defender uma tese do que comunicar aos leitores a alegria de sua descoberta, torná-los sensíveis como ele próprio o foi às cores e aos odores das coisas desconhecidas. Mas ele também tem a ambição de organizar todos esses detalhes concretos numa estrutura abstrata, e é sempre difícil para ele (felizmente!) desprenderse do emaranhado das impressões que osolicitaram em sua busca aventurosa, é sempre difícil conformá-las imediatamente à álgebra no entanto necessária de uma teoria. Anos depois, no momento da reedição, o tempo passou, levando consigo a emoção desse primeiro contato, mas trazendo pôr outro lado uma compensação: pode-se ver melhor a floresta. Hoje,após os debates contemporâneos sobre a criança, a família, a juventude,e após o uso que foi feitode meu livro, vejo melhor, ou seja, de uma forma mais nítida e mais simplificada, as teses que me foram inspiradas por um longo diálogo com as coisas. Procurarei resumi-las aqui, reduzindo-as a duas. HISTÓRIA SOCIAL DA CRIANÇA E DA FAMÍLIA

A primeira refere-se inicialmente à nossa velha sociedade tradicional Afirmei que essa sociedade via mal a criança, e pior ainda o adolescente. A duração...
tracking img