A arte da guerra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (899 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A ARTE DA GUERRA
O administrador deve inspirar seus subordinados a segui-lo, fazendo com que obedeçam de forma correta às suas ordens. Deve trabalhar de acordo com as informações do ambienteexterno, buscando informações que possam ser úteis e com isso direcionar seus objetivos com maior ou menor dificuldade.
A figura administrativa deve ser benevolente, sábia, sincera para poder inspirarconfiança. Deve conhecer toda a organização e todos os seus setores; saber aplicar a gratidão ou punir quando necessário.
Nas grandes ações de guerra deve-se analisar diversos fatores, um deles é aestrutura para se manter num mercado tão competitivo e que tem seus custos muito elevados. Além de armas e equipamentos, os seus colaboradores irão com certeza necessitar de formas adequadas e mantê-lossempre motivados e não com tempo de pensar na derrota e nem sentir demais as tensões ou stress. Caso o stress se apresente, deve ser retirado usando formas humanas para não perder um colaborador nem suasidéias.
Procure não hesitar por muito tempo na análise e nas propostas, dadas por seus colaboradores, pois os ânimos podem ser esfriados.
Lutar e vencer sempre é muito importante, mas os custos davitória podem diferenciar o verdadeiro vencedor. O melhor administrador é aquele que não perde seus importantes colaboradores para concorrência, pois a ausência de pessoas capazes ao seu lado, podelhe trazer problemas no futuro. Destruir a concorrência não é uma atitude inteligente, enfraqueça-o, conquiste seus melhores clientes e profissionais.
O bom administrador deve estar preparado paraenfrentar mudanças e saber tirar proveito delas. Uma tática bem preparada pode ser usada tanto na guerra como nos negócios. Devemos procurar conhecer bem o terreno em que estamos pisando e também aspessoas com quem estamos lidando, principalmente aquelas que consideramos uma ameaça em nosso caminho.
Os guerreiros de antigamente primeiro se colocavam fora da possibilidade de derrota e depois...
tracking img