Unicer

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1216 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice

● Introdução …………………………………………………. Pag. 2


● Desenvolvimento …………………………………………. Pags. 3
(Estudo da função Planeamento da Unicer)

Evolução histórica da empresa…………………................... Pag.3 – 4

Missão da Unicer ……………………………...................... Pag.6

Objetivos da Unicer………………………………………… Pag.7

Problemas na implementação dos objetivos ………………. Pag.8Analise Swot da empresa …………………………………... Pag.9





















INTRODUÇÃO


No âmbito da disciplina de Organização e Gestão de Empresas foi-nos solicitado a realização de um trabalho de grupo final, cujo tema por nós escolhido é o estudo da função Planeamento da Unicer Bebidas e refrigerantes S.A.























Evoluçãohistórica da empresa

A historia do Grupo Unicer iniciou a sete de Março de 1890, através da fusão de sete fábricas de cerveja, fundou-se a Companhia União Fabril Portuense das Fábricas de Cerveja e Bebidas Refrigerantes – Sociedade Anónima de Responsabilidade Limitada, que se popularizou através da sigla CUFP. A actividade desta tinha lugar à data da sua origem na Rua do Mello, cidade do Porto.

Oseu crescimento foi feito de forma sustentada e apesar das dificuldades sentidas pela empresa em determinados períodos da sua existência (devido a irregularidades climatéricas e à escassez de recursos chegou mesmo a ter de se abastecer de matéria-prima importada), esta registou um crescimento quase sempre positivo tanto em volume de litros vendidos quanto em termos de facturação, apostando tambémno lançamento de novos produtos.

Note-se, que na década de 30 e ainda sob os efeitos negativos que se fizeram sentir sobre a “Grande Depressão”, a CUFP lança a cerveja Super Bock, o produto da Unicer que ainda hoje detêm maior destaque junto do consumidor.

A década de 60 ficou assinalada pela mudança de instalações da CUFP para a fábrica de Leça do Balio (Matosinhos – Portugal), tendo acerimónia de apresentação e primeira visita oficial sido presididas pelo então Presidente da República, Marcelo Caetano.




TRANSIÇÃO …

A 1 de Junho de 1977 foi decidido pelo Conselho de Ministros a criação de duas empresas públicas para o sector cervejeiro.
No seguimento desta nacionalização, a CUPF, a Copeja (1972) e a Imperial (1973) sofreram um processo de fusão, tendo nascido a Unicer –União Cervejeira E.P., que se manteve com capital público até 28 de Junho de 1990, data em que foi totalmente entregue à iniciativa privada.
Uma empresa de capital maioritariamente português, detida em 56% pelo Grupo VIACER (Violas 46%, Arsopi 28% e Banco Português de Investimento 26%) e em 44% pelo grupo Carlsberg.
Em Janeiro de 2001, passa a designar-se por Unicer – Bebidas de Portugal, S.A.Uma mudança que pretende deixar para trás a ideia de uma empresa cervejeira com atividade complementar noutros segmentos do mercado das bebidas, para se afirmar, definitivamente, como empresa de bebidas.
Com a liderança da maior parte da quota de mercado da actividade em que opera, cresceram também as responsabilidades da Unicer perante a sociedade e no que respeita à forma sobre a qual estadesenvolvia a sua actividade.
Assim, e agindo de acordo com as expectativas geradas a sua volta, a Unicer tem presente nas suas acções a adopção de diversos procedimentos com vista á tão importante proteção do ambiente, do património e promoção de iniciativas ligadas à Cultura e ao Desporto.




A empresa possui uma grande variedade de marcas entre as quais destacam-se:

● Cervejas: SuperBock (Stout, Sem Álcool, Abadia Gourmet, Classic), Cheers, Carlsberg e Cristal.
● Águas: Vitalis, Vitalis Sabores, Caramulo, Aguas das pedras (Levíssima, Sabores) Vidago e Melgaço.
● Refrigerantes: Frutis Natura, Frutis, Frutea Ice Tea, Frisumo, Guaraná Brasil e Snappy.
● Vinhos: Quinta do Minho,Campo da Vinha, Porta Nova, Vinha das Garças, Vinha de Mazouco, Vinha de Mazouco Reserva, Planura,...
tracking img