Trabalho de rh

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4285 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
Este trabalho busca levantar o conhecimento dos trabalhadores de saúde hospitalar quanto a sua própria saúde no desenvolvimento de suas atividades. A escolha da temática deu-se em função de que o trabalhador que presta assistência em saúde, direta ou indiretamente, demonstra preocupar-se muito com o cuidado do cliente e pouco com os riscos a que está exposto ao prestar estecuidado. A área escolhida foi a hospitalar, por apresentar maior variedade de riscos de acidentes e doenças ocupacionais, em relação as demais atividades de saúde. O campo de estudo foi um hospital geral, privado, de médio porte, com atividade terapêutica nas quatro clínicas básicas de atenção à saúde hospitalar e com exposição a diversos riscos ambientais, físicos e mentais, com serviço de medicinaocupacional funcionante. Buscamos neste ambiente saber o que os profissionais, que desenvolvem atividades no cotidiano do hospital, conhecem a respeito de precauções para evitar acidentes de trabalho e ou doenças ocupacionais, o que entendem por segurança e medicina do trabalho, às quais doenças ocupacionais pensam estarem sujeitos e a que tipos de acidentes de trabalho consideram-se expostos. Ocaminho percorrido no trabalho é a apresentação do objeto em estudo e a fundamentação teórica como forma de embasar a análise dos dados, colhidos através de um instrumento com quatro questões norteadoras, cujas respostas foram categorizadas em quatro grupos de interesse, com a finalidade de apreender o saber do trabalhador sobre a relação trabalho-saúde-doença. A instituição forneceu autorizaçãoformal para realização do estudo e dele participaram os entrevistados que concordaram em fazer parte do mesmo, após conhecerem o instrumento e o objetivo da pesquisa.
 
BREVE HISTÓRICO DA ATENÇÃO À SAÚDE DO TRABALHADOR
A doença ocupacional, embora ainda sem esta denominação, é descrita desde tempos remotos. Hipócrates descreveu o quadro clínico da intoxicação saturnina,Plínio, o aspecto dos trabalhadores expostos ao chumbo, ao mercúrio e a poeiras, Agrícola escreve sobre a "asma dos mineiros", hoje denominada silicose e Paracelso, a intoxicação pelo mercúrio. Quase dois séculos mais tarde, em 1700 foi publicado "De Morbis Artificum Distriba", escrito por Bernardino Ramazzini, conhecido como "Pai da Medicina do Trabalho", descrevendo doenças de aproximadamente 50ocupações (MENDES22).
A "Revolução Industrial" (1760 - 1850) teve papel de destaque na mudança das condições de vida social e de trabalho. As condições de trabalho eram péssimas, as doenças e os acidentes eram numerosos, não havia limites na jornada, ultrapassando dezesseis horas de trabalho por dia, o ambiente era fechado e as máquinas sem qualquer proteção. Além disso, disseminaram-setambém as doenças infecto-contagiosas (MENDES22).
Em 1831, uma comissão de inquérito chefiada por Michael Saddler, elaborou um relatório que chocou a opinião pública por suas conclusões. Em função do impacto deste relatório, em 1833, foi baixado o Factory Act - a primeira legislação realmente eficiente no campo da proteção ao trabalhador. No Brasil, a esse respeito, foram feitos estudospor RODRIGUES28; DEAN9; FAUSTO13, entre outros. Em 1919, foi aprovada a primeira lei sobre Acidentes do Trabalho (Decreto - legislativo nº 3.724, de 15 de janeiro de 1919), sem contudo ser votado, o Código do Trabalho, proposto em 1917 ao congresso.
Os organismos internacionais - Organização Internacional do Trabalho (OIT) e Organização Mundial da Saúde (OMS) - deram importante contribuiçãono fortalecimento da medicina do trabalho. De uma comissão mista destes dois organismos, nasce em 1950 a definição dos objetivos da medicina do trabalho e a Recomendação nº 112, do OIT (1959), definindo objetivos e funções dos serviços médicos nos estabelecimentos de trabalho. Com base nesta Recomendação, na década de 70, o governo brasileiro regulamenta a obrigatoriedade dos serviços de...
tracking img