Teste

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1571 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
PRÉ-PROJETO
REDE MUNICIPAL DE INFORMAÇÃO PÚBLICA

USP-UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
LIMC-LABORATÓRIO DE MARKETING E CULTURA
EMPRESA

Implantação de uma rede de informação de acesso público
integrando municípios
a partir de dados culturais e de interesse coletivo

O mundo em sua cidade
A sua cidade no mundo

RESUMO
O objetivo maior é indicar e/ou oferecer a cada município interessadoinstrumentos de informação pública por meio da Internet. Não se trata de integrar as cidades na web, passivamente, pois isso já vem ocorrendo. Buscam-se formas e procedimentos para que a cidade produza as suas próprias informações e as disponibilize para uso local e externo.
Como primeiro passo, estratégico, prevê-se a criação de um grande banco de dados culturais do qual os municípios poderãoparticipar, desde que enviem as informações necessárias a isso.

INFORMAÇÕES PRÉVIAS
A concepção de "informação pública" tem mudado constantemente nos últimos anos. Da velha biblioteca à Internet há um curto espaço de tempo, mas um longo percurso prático a ser desenvolvido com muito esforço. As bibliotecas são, ainda, o que podemos identificar como "espaço de informação", mesmo que precário. NoBrasil, até o momento, não existe uma rede de bibliotecas públicas integradas pelas novas tecnologias do campo da informática. São mais de 5.000 unidades, algumas delas de grande relevância. Para todas, o desafio da informatização encontra barreiras de difícil transposição. Isso ocorre, principalmente, pelo desconhecimento dos procedimentos básicos da informática. No entanto, existe um claro desejode atualização. Muitas vezes, esse desejo é manifestado pelos próprios prefeitos.
Como as ações isoladas nem sempre têm levado a bons resultados, alguns responsáveis por bibliotecas públicas tomaram a iniciativa de juntar esforços e procurar, em grupo, caminhos viáveis para resolver problemas de informação pública. Para o Brasil, esse esforço incide diretamente no campo das estratégias dedesenvolvimento social. Não é mais possível, no limiar do século XXI, pensar a sociedade sem sistemas de informação amplos, eficientes e a serviço da coletividade.
A primeira reunião dessas bibliotecas, sob a coordenação do LIMC, ocorreu no mês de abril de 97, reunindo treze municípios, incluindo a cidade de São Paulo. A segunda reunião contou com a participação de 23 municípios, o que demonstra ointeresse e a clara demanda existente. A terceira reunião teve a presença de 24 municípios.
Sabe-se que as bibliotecas, mesmo sendo as unidades culturais mais freqüentes no Brasil e um dos serviços públicos mais utilizados, não são vistas com essa dimensão. Este projeto de informatização pretende, em função disso, sensibilizar diretamente os prefeitos porque a eles cabem as decisões a respeito dosserviços que as municipalidades oferecem. Nesse sentido, e em termos de integração inicial das cidades no campo da web, foi delineada a formação de um grande banco de dados culturais a partir das informações de cada cidade. Esse banco de dados estará disponível pela Internet e cada prefeitura poderá participar sem nenhum ônus. Assim, cumpre-se a idéia: “a sua cidade no mundo”.
A criação dessegrande banco de dados culturais, tomando como unidade informativa os municípios, é um objetivo a ser alcançado porque propicia a integração mínima de cada município. Ao tornar disponíveis os seus dados históricos/culturais, cada cidade dá um primeiro passo para integrar-se numa rede maior de informação.
O passo seguinte será oferecer a idéia da instituição de provedores públicos ou associação comos já existentes nos municípios. A partir do banco de dados culturais, será possível a qualquer cidadão do planeta, por meio de link, obter informações detalhadas sobre o município. A população local obterá, via Internet, informações locais – do acervo da biblioteca pública às demais informações necessárias à população, inclusive, por meio de terminais públicos. Dessa forma, integra-se a...
tracking img