Swot

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2732 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTUDO DE CASO: MERCADO DE CHÁS – Entro ou não

DISCIPLINA: MARKETING I

OBJETIVO: Ao final deste estudo de caso o aluno deve ser capaz de efetuar uma análise de mercado, macro ambiente e concorrência, visando orientar um cliente, que o contratou como consultor, a entrar ou não em um segmento de mercado.
NOTA IMPORTANTE: Este estudo de caso se destina exclusivamente ao uso e discussão emclasse, sendo proibida a sua utilização e/ou reprodução em qualquer outra forma. Direitos autorais reservados a ESAMC.

A EMPRESAS E SEU PORTFÓLIO A Refrigerantes Xereta, fundada em 1970 com capital totalmente brasileiro, foi criada a partir da tradição de seus fundadores na fabricação de refrigerante. A história da Xereta confunde-se com a saga de inúmeros imigrantes que vieram ao Brasil em buscade melhores oportunidades. Em 27 de julho de 1892, Caetano Schincariol solicitou na Itália autorização para emigrar ao Brasil com esposa e filhos. Ele tinha 50 anos e sua esposa Rosa Bottega, 39 anos. Devidamente autorizado como Registro número IX, Passaporte 424, a família deixou a Itália pela Linea Del Brasile, Via Pone Calvi 4 e 6 – Officio Passagieri. Com Caetano e Rosa vieram os filhosLúcia, 17 anos, Giuseppe, 16, Pietro, 15, Alba,13, Carolina, 12, Pierina, 10, Ana Maria, 8 e Giácomo, 3 anos. O último filho do casal, Antônio, nasceu na chegada ao Brasil.

Essa viagem ao Brasil foi conturbada. Segundo conta o advogado capivariano Dr. Orlando Schincariol, filho de Giácomo, seu avô Caetano vendeu as propriedades na Itália e com suas economias tinha intenção de explorar minérios noBrasil. O navio que os conduzia, VAPORE MONTEVIDEIO, desviou-se inexplicavelmente da rota e ficou por três meses preso na França. Época difícil e de muita miséria, o navio foi saqueado várias vezes e sem ter como se defender, a família Schincariol viu suas economias esvaindo-se aos poucos e o sonho da exploração de minérios no Brasil se reduziu a nada. A chegada dos Schincariol a Tietê: sem dinheiro,com as esperanças perdidas, mas com a cultura européia na bagagem, a família Schincariol chegou ao porto de Santos em 1893. De Santos rumaram para Tietê . Pouco depois mudaram-se para Rafard e Capivari. Mais tarde começou a saga da família vencendo na vida com o início da fabricação de bebidas. O terceiro filho do casal Caetano e Rosa, PIETRO, nascido na Itália em Conegliano em 19 de julho de1877, começou a se destacar no Brasil imediatamente. Aos 17 anos já era administrador de fazendas e respeitado pela sua cultura européia. Quando chegaram ao Brasil, os Schincariol tiveram passagem rápida por Tietê na Fazenda de Juca Alves. Em Capivari e Refard é que a família cresceu. Um dos filhos de Pietro, Amélio, morou com seu tio Giácomo, que tinha em Capivari uma fábrica de gasosa (refrigerantes e licores). Perto da fábrica ficava o ponto de ônibus que fazia a linha Capivari/Tietê. Sempre que podia, Amélio passava sua folga conversando com o motorista e sócio proprietário dos ônibus, Bepin Serafim, que sendo de Tietê contou a ele histórias da cidade, de sua gente e dos recursos que dispunha na época. Entusiasmado com Tietê, Amélio Schincariol, mudou-se para a cidade e montou umafábrica de refrigerantes. Época difícil e de poucos recursos, Amélio contava com o apoio de seu tio Giácomo que lhe comprou as máquinas de encher e tapar garrafas. Apresentado pelo dono do ônibus, Bepin Serafim, aos irmãos Otávio e Guilherme Dal Coleto, Amélio conseguiu comprar deles os primeiros barris de madeira para temperar e misturar xarope. Segundo consta, Amélio comprou fiado e quando foi pagarcomprou outro barril à vista. Segundo Edevar Schincariol, um dos filhos de Amélio, um fato que sempre emocionou seu pai foi a lembrança de que naquela época muita gente vinha do sítio para a cidade e deixava cavalos, carroças e charretes na fábrica de refrigerantes. Sem que pedisse, esses sitiantes o ajudavam gratuitamente na fábrica. "Era algo impressionante e isso me emocionava", dizia...
tracking img