Sexologia forense

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1244 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Sexologia Forense

Sexologia Forense: É o ramo da medicina legal que se dedica ao estudo dos fenômenos relacionados com a reprodução humana, desde a concepção até o puerpério. A sexologia médico legal ou forense nada mais é que o ramo da medicinal legal que estuda a solução dos problemas jurídicos que o sexo pode suscitar.

Sexo genético:
Dentre as principais alterações genéticas ligadas aosexo temos as aneuploidias sexuais:
1. Síndrome de Turner: atinge pessoas do sexo feminino, embora os afetados não possuam cromatina sexual. É uma anomalia rara, atingindo uma a cada três mil mulheres normais. São mulheres geralmente estéreis, de ovários atrofiados, baixa estatura e que não desenvolvem os caracteres sexuais secundários por deficiência de estrógenos.
2. Síndrome de Klinefelter:ocorre em indevidos do sexo másculo. Fisicamente, são homes de estatura elevada, com mamas hiperatrofiadas e voz fina. O pênis é pouco desenvolvido e, muito embora consigam ter ereção e ejaculação, são normalmente estéreis por não produzir espermatozoides.
3. Polissomia dos cromossomos sexuais: mulheres triplo, tetra e penta X, caracterizadas por fenótipo normal, mas com graus crescente deretardamento mental e homens duplo Y, conhecidos como supermachos, que aparecem na frequência de um por mil nascimentos.
4. Aneuploidiais autossômicas: síndrome de Down, síndrome de Edwards e síndrome de Putau, embora de origem genética, não apresentam ligação com os cromossomos sexuais, atingindo os pares autossômicos.

Sexo endócrino: é determinado basicamente pelas gônadas ou glândulasreprodutoras e por outras glândulas, como a tireoide e a hipófise, que, em menor grau, também interferem nos fenômenos orgânicos relacionados com o sexo.

Sexo morfológico: compreende os genitais externos, os órgãos acessórios internos e as características sexuais secundárias. A partir do sexo cromossômico tem início o processo de desenvolvimento sexual, caracterizado por uma sequencia de eventos de queparticipam diversos genes, fatores transcricionais, hormônicos e receptores hormonais. Distúrbios ocorridos durante esse processo poderão levar à formação dos denominados estados intersexuais.

Sexo jurídico: é aquele constante do registro civil, normalmente baseado em declaração dos pais e testemunhas, podendo ocorrer erros provocados dolosamente ou mesmo em decorrência da presença de estadosintersexuais, por exemplo, o pseudo-hermafrodismo.

Transtornos do instinto sexual: englobam as disfunções sexuais, os transtornos da identidade de gênero e as parafilias.

1. Disfunções sexuais: perturbações do desejo sexual ou alterações psicofisiológicas do ciclo de resposta sexual que conduzem a uma total incapacidade ou a uma redução na qualidade do impulso sexual, levando a sofrimentoacentuado e a dificuldades no relacionamento interpessoal.
2. Transtornos da identidade de gênero: existe uma forte e persistente insatisfação com o próprio sexo, acompanhada de uma identificação com o gênero oposto. A homossexualidade não é mais aceita como desvio sexual ou anormalidade, antes correspondendo a um modo de expressão sexual anternativa.
3. Parafilias: desvios sexuais ou perversões,quando não há uma flexibilidade no desejo, quando a expressão, a satisfação e o prazer só podem ser obtidos mediante práticas especificas e determinadas, dirigidas a uma modalidade sexual atípica, objetos inanimados ou animais.

Gravidez: a fertilização do óvulo ocorre antes ou logo após a penetração na trompa de Falópio, formando o ovo. Cerca de três dias depois, o ovo se fixa à parede do útero(gravidez tópica), dando início ao ciclo gravídico, que se manterá até o parto. O diagnóstico da gestação pode ser clínico, instrumental ou laboratorial.

Nascimento: o parto corresponde ao conjunto de fenômenos mecânicos e fisiológicos que levam à expulsão do feto com vida e seus anexos do corpo da mãe.

Puerpério e estado puerperal: O período compreendido entre o parto e o retorno do útero...
tracking img